Jeane Alves

Jeane Alves
Vitória de G 1 com Equitana

sábado, 16 de julho de 2011

Heracleon, História do Turfe



O nosso homenageado será o monstro sagrado da milha chamado Heracleon.

Recordista dos 1.400 metros da grama com 1´22”9 ( juntamente com Cambrinus), e dos 1.600 metros, grama ,com 1´35” 1, ambos em Cidade Jardim, Heracleon de criação e propriedade do sacrossanto Haras São José e Expedictus, foi o que todo o criador um dia sonha em ter nas pistas: um fenômeno.

O filho de Karabas e Artic Queen teve uma campanha singular no que diz respeito as suas maiúsculas vitórias nas milhas internacionais, pois em São Paulo veio a fazer dois segundos lugares nessa prova, uma em 1.988 e outra em 1.989.

Já no hipódromo da Gávea, o defensor do São José e Expedictus venceu esse GP em 1.987 e bisou em 1.988.

Vencer uma milha internacional já é motivo de muito orgulho para um criador e proprietário, agora vencer esses dois GP´s , fazer dois segundos, e ser recordista em duas distâncias em Cidade Jardim, convenhamos é ser algo digno dos insondáveis mistérios do turfe.

O Grande Prêmio abaixo é a milha internacional da Gávea de 1.987, onde numa tarde com “casa cheia”, Heracleon corrido com maestria pelo famoso bridão paulista, Albenzio Barroso, colocou-se no meio do pelotão na maior parte do percurso e nos 300 metros finais, avançou de forma fulminante para cima do Pallazi, cujo favoritismo no páreo era total, tendo esse inclusive vencido esse mesmo GP no ano anterior.

O Juvenal, montando Kew Gardens, mostrando toda sua categoria conseguira ultrapassar o Pallazi, mas não resistiu ao tropel de Heracleon e com este formou a dupla de um GP mais do que eletrizante.

Heracleon era treinado pela competência em pessoa, José Martins Alves (J.M Alves). Seguramente Heracleon tem seu nome gravado de forma indelével na história do turfe brasileiro

créditor Brasil Turfe

Grande Prêmio Brasil 2006 - Dono da Raia


Dono da Raia - Grande Prêmio Brasil 2006

MILAGRE e Certo Encantador de Cavalos


Milagre - com Nilton Pires ostentando a jaqueta “azul-celeste e vermelho em quadros, mangas azul-celeste” (Haras Coqueiral) - é recebido pelo criador e proprietário Miguel Simões (à esquerda), após a vitória no “Prêmio Jockeys Clubs do Interior” (19.12.1976), no Cristal.

No final de 1973, tive a oportunidade de conhecer um pequeno e modelar haras situado em Belém Novo (zona sul da capital gaúcha). Naquela época, muitos ali se estabeleciam e proliferavam frente aos campos férteis e planos, ideais para o criatório do PSI. Lá, fomos (meu avô paterno, meu pai e eu - perto dos 18 anos) recebidos pelo novel criador Miguel Simões.
Miguel Simões diferia de outros criadores que até então conhecera em minha juventude turfística. Semelhante a eles no gosto pelos cavalos, acrescentava um jeito muito especial de tratá-los. Em particular, cada um de seus poucos produtos atendia a seu chamado carinhoso e assim literalmente ficavam a sua mercê, como se meras ovelhas fossem. Pela pouca área disponível, seu Miguel não mantinha garanhões, utilizando cartas de monta do Haras Chapéu do Sol (Edgar de Araújo Franco). Desta maneira, a totalidade de seus nativos descendia de Guandú, Triangulum ou algum outro semental daquele estabelecimento. A recente geração era composta - entre outros - das potrancas Circunferência e Py (fruto de um parto de gêmeos, com um porte minúsculo, mas uma extraordinária vontade de viver) e um lindo potro alazão chamado Milagre. Todos nascidos naquela temporada e ainda não desmamados. Sem exceção, o pequeno criador dispensava-lhes desvelada atenção, sem vislumbre de um lucro futuro maior ou menor. Circunferência foi negociada com Delmar Biazoli Martins, Py não recordo se chegou a correr, enquanto Milagre tornou-se um dos melhores produtos gerados no Haras Coqueiral, representando suas sedas. A ele dedicaremos especial atenção técnica.
Milagre era um filho do tostado Guandú (Fort Napoléon e Vá-Lá) na alazão Miraculosa (Best e Missiva). Com físico invejável, nas pistas fez bonito. Preparado por Jary Motta, estreou no VII Prêmio Turfe Gaúcho (1975), tendo chegado em 2º para Djenane (700m - AL), numa das eliminatórias. Em um dos ternos de consolação, marcou seu primeiro êxito: 07.12.1975 - 700m (AL), em 42”, com Moacyr Silveira, sobre Al Balet, Miss Curvona, White Green, Gravatal, Ana Festa e Doraya. Em páreos oficiais, o alazão Milagre alcançou as seguintes vitórias no Cristal: 31.01.1976 – 700m (AL), em 42”2/5, com M.Silveira, sobre Horse, Acero, Siciliano, Valsador, Snow Tiger, Promsix e Abacan; 13.06.1976 – 1.400m (AL), em 1’27”1/5, com Nilton Pires, sobre Dá Lua, Valésio, Marataná, Ana Bala, Valciston, Elaneris, King’s Lady, Blue Só e Legalpo; 19.12.1976 – “Prêmio Jockeys Clubs do Interior” (1.609m - AL), em 1’40”3/5, com N.Pires, sobre Valbion, Valciston, Ijuhy, Juan Carlos, Ana Bala e Donelb; 02.04.1977 – 1.400m (AL), em 1’27”1/5, com N.Pires, sobre Valbion, Cam Light, Ijuhy, Lajoinie, Estrelado, Alado dos Pampas e Dercília; 17.10.1977 – Páreo Especial (1.300m - AL), em 1’19”3/5, com Moacyr Vaz, sobre Dejalo, Valdina, Half And Half, Remus, Kozuta, Tonch e Relva Azul.
Mais que suas próprias vitórias, significativas foram suas colocações no hipódromo local: 4º para Má Fé (G.P. Associação Gaúcha dos Criadores do Cavalo de Corrida - 1.200m - AL), 2º para Dustin (Clássico Assembléia Legislativa - 1.500m - AL), 2º à cabeça de Devilom (G.P. Taça de Cristal - 1.400m - AM), 2º para Devilom (G.P. Criadores Rio-Grandenses - Criterium de Potros - 1.609m - AL) e 2º para Alado dos Pampas (Prêmio Rodolfo Kley - 1.200m - AL), todas em 1976; 2º para Boena Luna (Prova Especial - 1.609m - AM), 5º para Paco Rabanne (G.P. Linneo de Paula Machado - 1ª Prova da Tríplice Coroa - 1.609m - AL), 2º para Test (Páreo Especial - 1.400m - AL), já em 1977.
Em 1978, Milagre passou a correr na Gávea, onde venceu mais uma prova: 24.07.1978 - 1.600m (areia).

por Marco A. de Oliveira

Eternamente Rio venderá todo o seu plantel em treinamento

O titular do Stud Eternamente Rio, Luis Felipe Brandão dos Santos, decidiu vender a totalidade dos seus animais em treinamento, atualmente instalados em Campinas.

O lote de animais em treinamento é composto de 21 animais, 2 de quatro anos e 19 de três anos.
Neste mesmo leilão, com data ainda a ser definida, os potros de 2 anos, com filiação régia e muito bem criados pelo Stud Eternamente Rio em Bagé, também irão à remate.

O importante Stud já vinha reduzindo, nos últimos meses, seu plantel. Segundo seu titular, o Eternamente Rio se manterá na atividade, por enquanto, apenas como criador, com seu Haras em Bagé abrigando 30 reprodutoras em atividade.

Much Better, o primeiro craque do Stud TNT


Nascido e criado no Haras J. B. Barros, Much Better aliava sua grande qualidade a sorte de um campeão. Pois era montado pela máquina de vitórias, Jorge Ricardo, teve um grande proprietário, titular do Stud TNT, Gonçalo Borges Torrealba e contou com o treinamento do já consagrado João Luis Maciel.

Much Better teve um início de campanha promissor em 1992, mas ainda sem mostrar todo seu potencial, já que venceu apenas uma carreira, um páreo comum, em suas seis primeiras atuações.

Em maio de 1993, foi o melhor no GP Antonio Joaquim Peixoto de Castro Junior (G2) e abriu carreira, sendo segundo no GP Brasil (G1), finalizando a focinho de Villach King (vencendo o seu segundo Brasil) e na frente do craque Sandpit, segundo também no GP Carlos Pellegrini (G1), onde encarou a nata do turfe argentino).

Filho do irlandês Baynoun (também pai de Sandpit) e Charming Doll (vencedora de oito carreiras), por Brac, o castanho venceu praticamente tudo em 1994. Tornou-se o melhor cavalo brasileiro da época, após suas conquistas nos GP São Paulo (G1) e GP Brasil (G1). Depois encarou os melhores animais da América do Sul e venceu o GP Associación Latinoamericana de Jockeys Clubs(G1), disputado em La Plata, na Argentina. E para fechar o ano com “chave de ouro”, foi o campeão do GP Carlos Pellegrini (G1). Isso sem contar a sua ida a Longchamp onde participou do famoso Arco do Triunfo (G1), chegando descolocado.

Em 1996, levantou pela segunda vez consecutiva o GP Associación Latinoamericana de Jockeys Clubs (G1), mas dessa vez aqui na Gávea, tornando-se um dos melhores brasileiros cavalos de todos os tempos. Foi ainda quarto no Brasil do um milhão de dólares, dominado pelo argentino El Sembrador.

Na reprodução, sua carreira foi curta, mas ainda produziu Hero’s Son, bi campeão do GP Bento Gonçalves (G1), e Istbestand, vencedor do GP ABCPCC – Matias Machline (G1). Much Better morreu precocemente em um incêndio ocorrido no haras, em Bagé.

No próximo domingo, dia 17, o craque do Stud TNT será homenageado em todos os páreos da programação carioca, incluindo uma listed race com o seu nome.

Ponta Porã apresentará bom lote em leilão

Ponta Porã apresentará bom lote em leilão

O Haras Ponta Porã, irá apresentar no “Leilão de Potros do Haras Kigrandi e Convidados”, um bom lote de produtos de sua criação. Serão 18 produtos, sendo 11 de DURBAN THUNDER (líder da estatística de garanhões de novos em Cidade jardim e o reprodutor com maior número de ganhadores nesta geração), 3 de REDATTORE, 2 de RED RUNNER, 1 de HOLZMEISTER e 1 de HINTON WELLS (1ª geração).

Dentre os produtos, destaque para os irmãos de: JET (GP Presidente da República – G1), NATIVO DE AMAMBAY (2° GP Linneo de Paula Machado-G3), LAURENCIANO (GP Pres. do Jockey Club – G2), SUCK OUT QUEEN (GP 25 de Janeiro – G2), THUNDERCLAP (2° GP Pres. José de Souza Queiróz – G2, 3° GP João Adhemar de Almeida Prado – G1), QUICK WIND (Clás. Emerson-L), ASAS DE ÍCARO (3° GP Consagração – G1), NHACUNDÁ (2° GP José Paulino Nogueira – G3) e MYLOPOTAS (3° GP Jockey Club de São Paulo – G1).

Os animais estarão à disposição dos interessados à partir do dia 18 no grupo 5 da Vila Hípica.

Fonte: APPS

Lula, 'Eu vou voltar a andar pelo país', diz Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira (15) que vai voltar "a andar pelo país". Com a declaração, Lula insinuou que vai voltar a fazer política.

"Faz meses que eu deixei a Presidência, e disse que ia entrar num processo de desencarnação, mas agora eu vou voltar a viajar pelo Brasil", afirmou ele, durante discurso no congresso da União Geral dos Trabalhadores, que acontece em São Paulo até sábado (16).

Lula usa encontro em GO para promover ministro Fernando Haddad
Em congresso da UNE, Lula fala em '1º mandato' de Dilma
Haddad ouve Lula e se move por candidatura

Além do discurso de hoje no congresso de sindicais em SP, Lula participou, na quinta (14) do congresso da UNE, em GO
Durante sua fala, que durou 25 minutos, o petista fez uma defesa da política econômica e social adotada nos oitos anos de seu governo, entre 2002 e 2010.

Lula afirmou que foi a combinação da política de abertura de crédito e dos programas sociais com medidas macroeconômicas que fizeram "com que 39 milhões de pessoas saíssem da pobreza".

"Os ricos não sabem o que significa '100 real' nas mãos de uma mulher pobre", disse o ex-presidente, que criticou ainda as classes mais abastadas que ficaram descontentes com suas políticas.

"Tem gente incomodada porque tem pobre andando de avião. Fui agora para a Argentina e estava cheio de pobre no avião indo pra Buenos Aires", afirmou.

SITE

Lula lançou, nesta sexta-feira, um site oficial para divulgar suas atividades políticas. O endereço é o mesmo do Instituto Cidadania, criado por ele em 2002 para discutir suas propostas eleitorais para a Presidência da República.

Segundo sua assessoria de imprensa, a página deve conter a íntegra dos discursos do petista, vídeos e fotos e notícias sobre a nova ONG do ex-presidente, ainda em fase de formulação, que foi batizada provisoriamente de Instituto Lula. O objetivo do petista com a ONG é realizar projetos sociais na África, inspirados em sua experiência à frente do Executivo.

O ex-presidente publicou no site uma mensagem de boas vindas ao internet. "[Vamos] tentar trabalhar a questão da integração, tentar trabalhar as experiências de políticas sociais bem-sucedidas. Não que a gente vá querer ensinar aos outros o que eles têm que fazer, porque isso não deu certo em lugar nenhum do mundo. O que queremos é mostrar como fizemos as coisas no Brasil e, quem sabe, adequando à realidade deles, com a vontade cultural deles, com a vontade política deles, isso possa ser aplicado em outros países", afirmou.


porDANIELA LIMA

Jockey Club do Paraná, será possível ??

Olá Rizzon,
Gostaria de comentar e talvez se possível receber algumas informações do JCPR por meio de seus “nobres dirigentes”:
Que tal “os meninos” ou os nobres dirigentes do JCPR convocarem uma reunião com proprietários, criadores, profissionais (treinadores, jóqueis, veterinários etc) e lógico os sócios da nobre entidade para informar-lhes sobre o atual andamento das obras dentro do clube, gesto esse que garanto seria de grande valor, pois o que se vê hoje é a demolição de diversas cocheiras e pelo que se comenta não há por parte dessa diretoria interesse em se construir novas cocheiras e sim pagar o mais rápido possível as que estão ainda em negociação.
Gostaria de saber também se há um projeto para construção de laboratórios, os quais hoje se encontram nas áreas a serem demolidas, a nobre diretoria também poderia esclarecer se há um projeto para tratamento dos resíduos biológicos dos animais alojados e no caso de animais que vierem a morrer onde seriam colocados esses, pois um shopping tem praça de alimentação e creio eu está sujeito a fiscalização por parte da saúde.
Quanto a questão de novas cocheiras o que observamos é que existe uma cuja reforma está a todo vapor, inclusive com a construção de um apartamento com vista privilegiada para a raia. Os outros proprietários de cocheiras também possuem o direito de construir esses apartamentos ou salões para festa com vista para a raia?
Na última reunião notei uma faixa de frente para a social na qual a diretoria agradece ao BUFFET BELONI pela doação de uma ambulância... será que a atual diretoria não se envergonha de receber doação, com toda essa grana que tem entrado no clube, será que a diretoria não deveria tomar a atitude e ela própria ter adquirido esse veículo ou será que ela não julga necessário uma ambulância nesse tipo de esporte no qual a segurança física e o risco de acidentes com jóqueis, seguradores, cavalariços pode-se deixar em segundo plano e esperar que alguém “doe” uma ambulância?
Por hoje é só, mas em outra oportunidade vou comentar a respeito de outros assuntos relacionados a multiplicação de patrimônio pessoal, tais como mansões no litoral, carrões importados etc, para se ter um comparativo o Palocci só estaria junto com eles no partidor!!! Grande abraço,

Mauro Mocelin

JT- Caro Mauro, lamento hoje a situação do JCP. Eu não estou frequentando-o e assim seguirei. É uma decisão minha (nada a ver com a minha proibição) já relatada na Carta Ao Leitor. Quanto ao último parágrafo, com dados pertinentes, publicaremos sim. Sds, MR

nota - Menssagem copiada do Jornal do Turfe de 14/07/2011

As matérias assinadas, transcritas, copiadas,de terceiros, não refletem e não configuram obrigatoriamente a responsabilidade e a opinião deste site.

Juvenal Machado da Silva, os cinco atos do recordista do GP Brasil


Juvenal Machado da Silva, alagoano de Delmiro Gouvêa, interior do estado, quase na divisa com a Bahia, pode ser considerado o maior herói da história do Grande Prêmio Brasil. Por cinco vezes, o extraordinário bridão levantou a prova mais importante do turfe nacional, e em todas elas, deixou sua marca característica, a genialidade. Intuitivo, técnico, enérgico e imprevisível, Juvenal marcou época no turfe carioca. As suas facanhas no dorso de Aporé, Gourmet, Grimaldi, Bowling e Flying Finn, ajudaram a escrever algumas das mais belas páginas do páreo mais famoso e tradicional do turfe brasileiro.

Em 1979, os Haras São José e Expedictus reinavam absolutos no turfe carioca e brasileiro com uma geracão de craques espetaculares. A famosa letra A, da família Paula Machado, teve o tríplice-coroado African Boy, a ganhadora do Diana, Apple Honey, o alazão Amazon, ganhador do GP Dezesseis de Julho, os também clássicos Aporema, Aragonais, e Aporé, ganhador do Grande Prêmio Brasil. Aporé tinha preferência absoluta pela raia leve. E sua presenca na competicão foi mantida em suspense até o limite oficial do código de corridas. A poderosa trinca da farda ouro com costuras azuis e boné ouro tinha também Amazon e Tibetano, ganhador do GP São Paulo.

A poucos minutos da largada foram confirmados Amazon, montado pelo jóquei chileno Gabriel Meneses, piloto oficial da coudelaria, e Aporé, com o campeão da estatística carioca, o jovem Juvenal. Os fãs do nordestino nem podiam imaginar que naquele momento comecaria a ser escrita a fantástica trajetória do alagoano na tradicional carreira. De ponta a ponta, sem dar a menor chance aos seus rivais, o filho de Egoismo e Luzon exibiu o primeiro ato do maravilhoso espetáculo de Juvenal no GP Brasil.

Gourmet, do Haras Ipiranga, seria o responsável, quatro anos depois, em 1982, por outra bela peca teatral de Juvenal Machado da Silva no contexto da prova. Mais uma vez de ponta a ponta, e com rateio acima de 10 po 1, o representante nacional calou a boca daqueles que afirmavam aos quatro cantos que o argentino New Dandy, o grande craque de San Isidro, era imbatível na América do Sul. Juvenal soube tirar proveito da condicão de azarão do seu pilotado. Fez questão de tomar a frente a qualquer custo e deixou que ele floreasse, sem ser incomodado até os últimos 800 metros. Fez uma partida inesperada e fugiu vários corpos. Nos 400 metros finais, quando New Dandy deu início a sua famosa atropelada, Gourmet estava inteiro e fugiu para o disco.

Em 1986, Juvenal Machado da Silva amargava o domínio absoluto de Jorge Ricardo na estatística dos últimos cinco anos. Mas apesar de reinar sem discussão nas vitórias, Ricardinho ainda não tinha escrito o seu nome na galeria de jóqueis vencedores do GP Brasil. A guerra de nervos nas entrevistas dos jornais foi grande. Juvenal afirmava que Ricardo não ganharia a prova enquanto ele montasse e que Grimaldi, de Delmar Biazoli Martins, seria o ganhador. E Ricardo, mais comedido, limitava-se a dizer que tinha enorme confinhanca no tordilho Bowling, do Haras Santa Ana do Rio Grande, ganhador do GP Dezesseis de Julho. O duelo dos dois lendários pilotos foi inesquecível. Entretanto, mais uma vez, Juvenal levou a melhor. Grimaldi correu atrás, no pelotão intermediário, e atropelou por dentro. Bowling ficou nos últimos postos, como era do seu agrado, e apareceu com forca nos 400 metros finais. Dominou o páreo com firmeza, mas o ponteiro do páreo, o chileno Poalco, saiu da cerca para o meio da pista. Juvenal imediatamente aproveitou a brecha junto a cerca e progrediu por ali, com Grimaldi. Bowling tinha vantagem de cabeca até os últimos 100 metros. Juvenal então, como último recurso, passou o chicote para a mão canhota. Grimaldi trocou de mão, reagiu e livrou pescoco. As tribunas vieram abaixo, com os torcedores de Juvenal em delírio.

Em 1987, o duelo entre os dois fantásticos jóqueis não se repetiria na pista e sim, antes do páreo, na hora de escolher a montaria. Jorge Ricardo era então jóquei contratado do Haras Santa Ana do Rio Grande. Tinha a sua disposicão o tordilho Bowling, segundo colocado no ano anterior, e o castanho Bat Masterson, que havia ganho disparado um clássico em 3.000 metros. Juvenal, nas entrevistas, recomecou a guerra de nervos. Dizia que o Ricardo poderia escolher a vontade. Segundo ele, qualquer que fosse a sua opcão, ele ganharia com o cavalo preterido. Ricardinho estava em dúvida. Bowling já tinha demonstrado ter classe, mas havia ganho o GP Dezesseis de Julho por desclassificacão, sem animar. Bat Masterson havia dado um show, mas em páreo fraco.

A opcão por Bat Masterson selou a má sorte de Joge Ricardo na maior prova do turfe nacional outra vez. Bat Masterson não evoluiu e Bowling melhorou demais o seu estado atlético depois da corida preparatória. Da Argentina veio o craque Larabee, que seria conduzido por Goncalino Feijó de Almeida, o Goncinha. Bat Masterson figurou na primeira parte do percurso, mas cansou e não deixou boa impressão. Bowling, corrido no último lugar por Juvenal Machado da Silva atropelou pelo meio da pista e de forma insofismável dominou o argentino Larabee, que ficou com a segunda posicão. Bowling conseguiu a sua forra da derrota sofrida no ano anterior para Grimaldi. Mas, desta vez, o seu jóquei foi Juvenal que o havia superado. Ricardo teve que amargar outra decepcão.

Flying Finn, do Stud Numy, e Falcon Jet, do Haras Santa Ana do Rio Grande, protagonizaram duelos inesquecíveis durante toda as suas campanhas nas pistas. Mas, em 1990, o quinto ato de Juvenal Machado da Silva no Grande Prêmio Brasil foi um confrontos mais eletrizantes. Falcon Jet era treinado no Vale do Cuiabá pelo saudoso João Luiz Maciel e Flying Finn, aqui na Gávea, por Venâncio Nahid. Voluntarioso, Flying Finn correu na segunda colocação até a entrada da reta quando então conseguiu preciosa passagem, por dentro, antes dos 400 metros finais. Facon Jet correu entre a sétima e a oitava colocacão e atropelou forte, mas não teve tempo de alcancar o temível oponente. Mais uma vez Juvenal. Pela quinta vez. Outro infortúnio para Jorge Ricardo. A revanche viria, dois anos depois. Mas esta é uma outra história...

Deu Bull Page Gais no IV Gp de Potros Irati


Deu Bull Page Gais no IV Gp de Potros de Irati em homenagem aos senhores Jorge Derbli (Irati Pr), Marco Hilgemberg, formaram apenas um bate com 03 animais, este belo potro é filho do Qais na Ultramontana (Jules) macho castanho criado pelo sr Gelso Luiz Cima, de propriedade do sr Sergio Paiva (Recife Pe) e defendeu as cores do Stud União a Vitória de Capitão Leonidas Marques Pr, Treinado por A de Campo (Baio) muntado pelo Guiga, e atendido pelo Dr Marçal Heron Silva que vem de 03 vitórias no país vizinho Bolivia.

Confiram a relação dos animais que participaram deste evento:

Bull Page Gais – Sergio Paiva e Stud Uniao a Vitoria
Dá-lhe Providência – Joarez Santin e Clemente Molleta
Lady Noca – Stud Mandrake.
A final foi excepcionalmente espetacular, os 03 animais numa briga constante, lindo de ver, logo mais estaremos postando as fotos deste evento, que tinha como premiação garantida de R$ 20.000,00 ao proprietário e uma moto 0 km ao treinador. Sob a direção do sr Gustavo Likes presidente deste Jockey Club

Total de Apostas R$ 70.000,00

fonte Sóretas

Lluvia Torrencial é tida como Barbada


preparada no Paraná por J Cesar e dirigida pelo Campeão Z M Rosa a veloz Lluvia Torrencial é o grande destaque do décimo e ultimo páreo de hoje em Cidade.

Cidade Jardim, Doutores do Turfe indicam para este sábado, 16/07/11

CIDADE JARDIM, 16 DE JULHO DE 2011

1°páreo: A parelha do Stud Patylippe pode decidir as coisas pois possuem boas atuações no hipódromo da Gávea. Bom Minério pode se firmar e levar o páreo. Ordem: 2-6.

2°páreo: Kaduco de Birigui perdeu carreira sem nome na última e mais aguerrido pode vencer. Cabidela pode lembrar suas primeiras atuações e chegar na briga. Ordem: 2-4

3 °páreo: Tiro no Vento apesar de ser inferior na areia, neste páreo, sem grandes adversários a sua categoria pode vencer. Footprint pode brigar pela dupla. Ordem: 1-4

4°páreo: Sobrasil vem correndo o que sabe, agora em páreo mais a jeito pode vencer. Quick Think na última não produziu o esperado, voltando a sua turma pode engrossar pra cima dos adversários. Ordem: 2-3

5°páreo: Ufergis voltou a correr o que sabe. Uma das cravas da reunião. Zidany di Job pode dar emoção nos metros finais. Ordem: 1-4

6°páreo: Luccica Fortuna vem do Paraná para tirar foto. Possui invejável retrospecto e tem tudo para vencer. A parelha do Haras Santa Maria de Araras corre na expectativa. Ordem: 4-7

7°páreo: Barbara Storm possui bom retrospecto. Voltando aos 1300 metros pode vencer. Lambança corre com chacne também, podendo ser assim a segunda vitória de M.Gosik na tarde. Vale lembrar que esta Lambança, era considerada pelos paranaenses como uma das melhores potrancas da geração. Ordem: 2-9

8°páreo: Retornando ao quilômetro gramado, Tataindy pode levar o Haras Ponta Porã para o “winner’s circle”. A invicta Brameira pode formar a dupla ou até mesmo vencer a nossa indicada. Ordem: 1-5

9°páreo: Atacama até agora só correu provas seletas. Caindo para a turma tem chance de vencer firme. Cuidado com Querer É Poder que pode surpreender nos metros finais nossa indicada. Ordem: 7-5

10°páreo: Lluvia Torrencial pode fechar com chave de ouro a sabatina para os paranaenses. Conselho de Ética em pista de grama sempre vem dando trabalho aos adversários, podendo dessa maneira ganhar o páreo. Ordem: 8-3

Um abraço a todos e boa sorte!!!

Brameira, invicta tem parada dura esta tarde em Cidade Jardim



o oitavo páreo desta tarde em Cidade Jardim conta com mais um animal que vem pronto do Tarumã, a invicta Brameira do Haras dos Girrasóis que vai ter correr muito para
derrotar Vaga Black e Tataindy

8º PÁREO - 1000 METROS - GRAMA - PRÊMIO QUI HAIL (66) Às 18h30m
1 TATAINDY 420 J Gulart
2 THUNDER BAY 464 NA Santos
3 AMORE THUNDER 444 I Santana
4 THUNDER ANGEL 480 V Leal
5 BRAMEIRA 468 V Rocha (pr)
6 MAGIC CAT 463 A Queiroz
7 VAGA BLACK 444 AC Silva
8 DOUBLE FLUKE 454 F Leandro
9 LING LING 457 M Ribeiro

GÁVEA, INDICAÇÕES DOS DRS DO TURFE PARA ESTE SÁBADO ,16 DE JULHO DE 2011

Doutores do Turfe - Indicações para este sábado, 16.07.2011
.............................................................
1 -Como todo o programa é páreo complicado, ZEST OF VICTORY brigou com os ponteiros e parou, agora mais aguerrido e com o Borges pode levar, ZEUS BOLT outro que deve melhorar é diferença certa. 6-1
2 -Pode ter chegado o dia de BOLA CHEIA, tudo a favor, tenho medo de VENÍ VOALÁ que ponteou na última . 5-7
3 -Pensamos que FRODO pode levar a melhor aqui, boas corridas, NEXT FLIGHT , perdeu as pernas seguindo o vencedor do páreo, pode ser a diferença. 4-1
4 -Vemos três nomes de respeito no páreo, VIVA-VOZ cuja estréia foi muito boa é o primeiro, SUPER GUTO é outro pois perdeu no final, finalmente FIO DE OURO que chegou bem mais perto e vai bem montado. 7-5-9
5 -Quem sabe aqui uma das cravas nos torneios, SWINGING RHAPSODY que já faz por merecer a sua segunda vitória. 1-2
6 -Prova especial para os potros, LE KINOPLEX promete ser uma das feras da geração, vemos no seu irmão paterno uma das diferenças DESEJADO TIDE 1-5
7 -Mesmo tipo de prova para as potrancas, muito complicado, LA FLEUR potranca de pequeno porte ,mas que correu muito na última, voava no final, JET QUEEN é uma das diferenças certas, UTTERLY CARINA e FUNNY HILL tem adeptos e devem ser igualmente respeitadas. 8-11-2-13
8 -TO FLIGHT é outra possível crava nos torneios, melhor que a turma,mas qualquer bobeada e o ligeiro FRACTAL leva. 2-6
9 -OLYMPIC IMMENSITY mais acostumada a estes tipos de distância nos parece que é o melhor nome aqui. 9 depois 2 e 3 como diferenças
10 -BLUE PHONE corria em páreos melhores em Sp, a estréia foi boa e o aumento da distância lhe é favorável. 2-7
11 -TOCA DISCOS vai leve, vamos acreditar novamente, duas boas diferenças MR JULIOS e IL CONTO. 8 depois 7 e 11
12 -Se tudo neste sábado é complicado, este páreo é o mais, RIO BRILHANTE representa o retrospecto da carreira, mas respeitamos DEAR EMPEROR, TCHECKOW e FLETAÇO . 11 depois 1-8-13.

Emerald Hill é a homenageada de hoje em Cidade Jardim



EMERALD HILL TRÍPLICE COROADA DO TURFE PAULISTA

CLÁSSICO EMERALD HILL É A ATRAÇÃO DA TARDE EM CIDADE JARDIM


LA FASCINANTE INVICTA E MUITO BEM PREPARADA

contando com a participação de o3 potrancas preparadas no Tarumã o Clássico Emerald Hill é a principal atração desta tarde em Cidade

1CLÁSSICO EMERALD HILL - 6º PÁREO - 1600 METROS - GRAMA

1 GLORFINDELL 472 W Blandi 56 1 Emerson Garcia (cp)
2 TINA PFEIFFER 444 A Queiroz 56 2 OM Nascimento
3 QUE BUENA 480 I Santana 56 3 PH Lobo (cp)
4 LUCCICA FORTUNA 472 V Rocha (pr) 56 4 MF Gusso (pr)
5 IN THE STARS 496 V Leal 56 5 AGS Correa (pf)
6 DANÇA DO VENTRE 453 AC Silva 56 6 AL Cintra (cp)
7 LA FASCINANTE(arg) 474 AM Souza 56 7 LR Feltran (pr)
" KISS ME DEAR(arg) 484 L Duarte (rj) 56 9 LR Feltran (pr)
8 SUL BLUE 418 F Leandro 56 8 O Jeronimo

Cidade Jardim, Indicações e Comentário de Ivan Jeronimo para estes sábado, 16.07.11


Luccica Fortuna terá a condução de Valmir Rocha

O Jockey Club de São Paulo traz mais uma semana agitada para os amigos apostadores. Com páreos bem seletos e equilibrados, a "sabatina" começa com 10 páreo programados, sendo o 1° às 14h30 e o último previsto para às 19h40. A grande atração da tarde está por conta do Clássico Emerald Hill na distância de 1600 metros no gramado paulista para potrancas de 3 anos.

A paranaense filha do americano Tiger Heart, Luccica Fortuna, de criação do Haras Santarém e pertencente ao Stud Avanti Tricolori, possui um retrospecto de dar inveja as demais competidoras. Levada em ótimo estado por seu treinador, vamos com ela para a ponta.

Sul Blue (Sulamani), de criação do Haras Kigrandi e pertencente ao Haras Fazenda Boa Vista, estreiou confirmando o favoritismo e pode surpreender no final a nossa preferida. A parelha do Haras Santa Maria de Araras, La Fascinante (Lode) e Kiss Me Dear (Bernstein), pode ser decisiva no final.

O simulcasting com a Gávea começa às 13 horas e 45 minutos.

A seguir, comentários e indicações. Boa sorte!

1º Páreo: A parelha carioca levra vantagem na enturmação. Really Speedy, mesmo "preterida" pelo piloto contratado da coudelaria, indo com peso "pluma" do aprendiz pode dar o batismo do treinador S.Macedo após seu reaparecimento. Yataghan não tem corrido o que sabe, não tarda a "passar na frente". Switcher a seguir.

2º Páreo: Voltando para a areia, Kaduco de Birigui aparenta ter pequeno destaque por aqui. Mário da Furia tem boas atuações e é su principal rival. Lieta tem bons trabalhos podendo até surpreender com boa pule.

3º Páreo: Seguindo a boa fase, a parelha Tiro no Vento e Vyborné, principalmente pelo segundo que tem trabalhos "fora do sério" a coudelaria de Claudio Miragaia deverá vencer novamente, não sendo surpresa até a "dobrada". Guilhermoso Wild, que sentiu´na última atuação, sabe mais. Coliseu para a trifeta.

4º Páreo: Despencando de turma e levando ampla vantagem no peso, Sobrasil surge como uma das melhores indicações da tarde. Hurry Ski correu "barbaries" em sua última vitória, repetindo, será um "cravo na ferradura" de nosso indicado. Quick Think, que reaparece, é a "tertius".

5º Páreo: Com a mudança da idade, Ufergis acabou sendo beneficiado e pega páreo fraco para seus recursos nesta oportunidade. New Olympic é outro que também acusou melhoras, podendo até mesmo, sagra-se vitorioso em caso de fracasso de nosso indicado. O atropelador Hard Core é muito perigoso.

7º Páreo: Páreo muito equilibrado entre Barbara Storm e Lambança, tendo maior destaque para a primeira, que prima por maior regularidade, porem, com certeza, sendo a exata melhor apostada. Venice Girl e Palm Spring, que teve estréia acidentada, em briga pela trifeta.

8º Páreo: Vaga Black, a única com 2 vitórias pegou páreo muito a jeito desta feita e pega ótima oportunidade de chegar a sua 3ª vitória. Tataindy anda muito comentada e, se "visitar" o "winner’s circle", não será nenhuma surpresa. Brameira e Amore Thunder vem depois.

9º Páreo: Defendendo o retrospecto, Atacama pegou ótima oportunidade para finalmente "abandonar" a turma de perdedoras. Loveliness, filha da clássica Elfishness, deve melhorar "horrores" em pista de grama, tendo conta si, somente o fato de encarar pela primeira vez as luzes artificiais. Double-Secret e Thunder Stone a seguir.

10º Páreo: O paranaense Lluvia Torrencial deve largar e "esfuziar" na frente, não devendo ser mais alcançado. Caso o "tanque" do nosso indicado "esvazie" antes da hora, o sempre confirmador Conselho de Ética, não se metendo em briga, e bem dosado, estará a postos. Hors Saison e Running Shu para as "quadras".

Indicações (Pista Programada)

1º Páreo: Really Speedy/Raiana(2) – Satwa Diamond/Yataghan (1) – Switcher (3)
2º Páreo: Kaduco de Birigui (2) – Mario da Furia (6) – Lieta (3)
3º Páreo: Tiro no Vento/Vyborné (1) – Guilhermoso Wild (6) – Coliseu (7)
4º Páreo: Sobrasil (2) – Hurry Sky (1) – Quick Think (3)
5º Páreo: Ufergis (1) – New Olympic (3) - Hard Core (2)
6º Páreo: Luccica Fortuna (4) – Sul Blue (8) – La Fascinante/Kiss Me Dear (7)
7º Páreo: Barbara Storm (2) – Lambança (9) – Estrela D’Água (4)
8º Páreo: Vaga Black (7) – Tataindy (1) – Thunder Angel (4)
9º Páreo: Atacama (7) – Loveliness (9) – Fruta Proibida (1)
10° Páreo: Lluvia Torrencial (8) - Conselho de Ética (3) - Hors Saison (10)

Indicações (Mudança de Pista)

1º Páreo: Really Speedy/Raiana(2) – Satwa Diamond/Yataghan (1) – Switcher (3)
2º Páreo: Kaduco de Birigui (2) – Mario da Furia (6) – Lieta (3)
3º Páreo: Tiro no Vento/Vyborné (1) – Guilhermoso Wild (6) – Coliseu (7)
4º Páreo: Sobrasil (2) – Hurry Sky (1) – Quick Think (3)
5º Páreo: Ufergis (1) – I Had A Dream (5) - New Olympic (3)
6º Páreo: La Fascinante/Kiss Me Dear (7) - Luccica Fortuna (4) – Sul Blue (8)
7º Páreo: Barbara Storm (2) – Lambança (9) – Estrela D’Água (4)
8º Páreo: Vaga Black (7) – Tataindy (1) – Thunder Angel (4)
9º Páreo: Atacama (7) – Fruta Proibida (1) - Glutine (5)
10° Páreo: Lluvia Torrencial (8) - Conselho de Ética (3) - Hors Saison (10)

por Ivan Jeronimo

Sata Diamond pode abrir o Pick 3 de Hoje em Cidade Jardim


preparada do Tarumã Satwa Diamond é uma das forças do primeiro páreo desta tarde em Cidade Jardim

1º PÁREO - PRÊMIO VALSINHA - 1000 Grama
---------------------------------------

1 SATWA DIAMOND 512 M Ribeiro 55 1 G Vogado (pr)
" YATAGHAN 437 G Ribeiro 3 58 2 AL Cintra (cp)
2 REALLY SPEEDY (L1) Est Fabio Silva 3 55 3 S Macedo
" RAIANA (L1) Est M Aurélio 55 7 S Macedo
3 SWITCHER (L) 506 F Larroque 55 4 JC Ávila
4 DREAM CATCHER 464 S Generoso 55 5 SS Leite
5 BOM MINERIO (*)(L) 467 F Leandro 54 6 M Gosik

Champion Stakes (G1) muda de palco e é a prova mais rica do turfe britânico


New Approach


Os famosíssimos 2.000m do Champion Stakes (G1), na linha reta de Newmarket e que, por exemplo, marcou a despedida das pistas do famoso tríplice coroado (aliás o último) inglês, Nijinsky (Northern Dancer e Flaming Page, por Bull Page), nascido no Canadá, mudam de palco este ano. Saem de Newmarket e vão para Ascot. Deixam de ser em linha reta e passam a ser disputados em curva.

O remanejamento tem como objetivo fazê-lo o ponto culminante do segundo semestre britânico. O dia? 15 de outubro. Neste mesmo dia, serão disputados mais cinco provas de grupo, sendo que duas de G1 e três de G2. E isso já está sendo chamado do Champion's Day.

Com esta mudança e a criação deste dia especial, além da transferência de hipódromo e pista, haverá a inclusão, adiando-o em três semanas, do Queen Elizabeth Stakes (G1), a final européia das grandes provas na milha. E que, agora, deverá ser corrido em linha reta.

Tudo isso está patrocinado pela companhia financeira do Qatar Qipco, entusiasmada pelos milionários do Qatar aos quais foram atribuídos a compra de Makfi (Dubawi e Dhelaal, por Green Desert), ganhador no ano passado dos 2000 Guineas Stakes (G1), prova em que Canford Cliffs foi terceiro, e, sobretudo, da milha, em linha reta, do Prix Jacques Le Marois (G1), em Deauvillle, quando teve como runner-up a fenomenal Goldikova (Anabaa e Born Gold, por Blushing Groom).

Além disso, o Champion Stakes (G1), passa este ano como a prova mais bem dotada do calendário britânico: 1.3 milhões de libras (perto de 1.48 milhões de euros), superando os 1.25 milhões de libras do Investec Derby Stakes (G1). E o Queen Elizabeth Stakes (G1), será a mais rica prova na milha da Europa: 1 milhão de libras. quase o dobro do Jacques Le Marois,

Finalmente, os ingleses limitaram a quatorze o número de concorrentes ao novo Champion Stakes (G1).

Alexandre destaque da "Mesa" deste sábado, 16/07/11 !

O treinador Alexandre Garcia Saldanha Correa conta com 4 animais inscritos na reunião deste sábado, dia 16, em Cidade Jardim e será a atração do programa Mesa do Turfe, onde irá analisar as chances de seus pupilos.

Com a apresentação de Jair Balla e comentários de Renato Barros e Lucas Menezes, a Mesa do Turfe é levada ao ar, ao vivo, aos sábados e domingos, a partir das 12:30 hs, pelo Canal 13 da Net digital, antenas parabólicas digitais e pelo site www.jockeysp.com.br.

Não perca !

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Grande Prêmio Brasil será transmitido pela TV Globo

Grande Prêmio Brasil será transmitido pela TV Globo
14/07/2011 - 11h03min


No domingo, dia 7 de Agosto, o Grande Prêmio Brasil será transmitido ao vivo em rede nacional pela TV Globo.

A Central Globo de Esportes será homenageada na segunda-feira, dia 8 de Agosto, através do Clássico Imprensa.

O Jockey Club Brasileiro também renova a parceria com a TV Globo no Projeto Social Criança Esperança.

da Redação

Risota, a maior reprodutora brasileira de todos os tempos!

Risota, a maior reprodutora brasileira de todos os tempos!

Considerada a maior reprodutora brasileira de todos os tempos e responsável pela maior família materna, Risota também será reverenciada na programação do próximo sábado, dia 16, com uma Prova Especial, destinada a potrancas de três anos, em 1600 metros na grama.

Criada pelo Haras Faxina, a castanha nascida em 1959 nem chegou a correr. Filha do clássico Jolly Jocker (também de criação e propriedade do Haras Faxina) e Duna, por Djebel, produziu como mãe os clássicos Clouet (também garanhão clássico), Drambuia (mãe do clássico Only Once – pai de Quinze Quilates, vencedor do GP Brasil, G1, de 1996) e Hello Riso (vencedora do GP Diana, G1, paulista e mãe dos clássicos Quebra Cabeça e Rabat, este seu último produto, um belo adeus porque foi ele o ganhador do GP Derby Paulista, G1, de sua fornada.


Além disso, através de sua filha Mignon, que também não correu, é avó dos irmãos próprios, Quintus Ferus, campeão do GP Ipiranga (G1), depois reprodutor clássico no Haras São Quirino, e Thignon Lafré, de criação e propriedade do Haras Malurica, para quem venceu os GPs São Paulo (G1), Derby Paulista (G1) e Jockey Club de São Paulo (G1). Ambos são filhos de Henri Le Balafré.


Thignon Lafré (foto) foi sindicalizado na reprodução e se tornou um dos melhores garanhões nacionais de todos os tempos, produzindo, entre outros, Roxinho, tríplice coroado em 2001; Thignon Boy, vencedor do GP Brasil (G1), GP ABCPCC - Matias Machline (G1) e GP Oswaldo Aranha (G1), todos em 2004; Estrela Anki, que levou o GP Zélia Gonzaga Peixoto de Castro (G1), em 2009; Ballxiza, campeão do GP Derby Paulista (G1), em 1998, e terceiro no GP Carlos Pellegrini (G1) no mesmo ano; Valiantness, vencedora do GP OSAF (G1), o São Paulo das éguas, em 2004; Lewis, que levou o GP Cruzeiro do Sul (G1), o Derby carioca, em 2010, e Estrela Cósmica, campeão do GP Linneo de Paula Machado (G1), o Grande Criterium da Gávea, também no ano de 2010.

Por Celson Afonso

Grande Prêmio Brasil - ADDED - Meeting

JOCKEY CLUB BRASILEIRO

BOLETIM OFICIAL Nº 06 de 14 de julho de 2011




RESOLUÇÃO DA COMISSÃO DE CORRIDAS

Em 14 de julho de 2011




ADDED para o Meeting do GP Brasil 2011



a) Lembrar que para:

Grande Prêmio Brasil – Grupo 1

O valor do ADDED a ser pago será R$ 18.000,00 (dezoito mil reais) por animal, nas respectivas datas:

22/ Julho - R$ 3.600,00 28/ Julho - R$ 14.400,00



b) Lembrar que para:

Grande Prêmio Roberto e Nelson Grimaldi Seabra Grupo 1

Grande Premio Major Suckow – Grupo 1

Grande Prêmio Presidente da República – Grupo 1

O valor do ADDED a ser pago será R$ 4.000,00 (quatro mil reais) por animal, nas respectivas datas:

22/ Julho - R$ 800,00 28/ Julho - R$ 3.200,00



c) Lembrar que para:

Grande Prêmio Associação Brasileira de Criadores e Proprietários de Cavalos de Corrida‑ Grupo 2

O valor do ADDED a ser pago será R$ 2.000,00 (dois mil reais) por animal, nas respectivas datas:

22/ Julho - R$ 400,00 28/ Julho - R$ 1.600,00



d) Lembrar que para:

Grande Prêmio João Adhemar e Nelson Almeida Prado– Grupo 3

Grande Prêmio José Paulino Nogueira – Grupo 3

O valor do ADDED a ser pago será de R$ 1.500,00 (Hum mil e quinhentos reais) por animal, nas respectivas datas:

22/ Julho - R$ 300,00 28/ Julho - R$ 1.200,00



Os pagamentos acima mencionados poderão ser alterados conforme reza a Resolução constante do Boletim Oficial nº 139, de 14 de Dezembro de 2009.

O pagamento deverá ser efetuado na conta bancária do Jockey Club Brasileiro no Banco Itaú (341) – Agência: 8390 ‑ Conta corrente nº: 01500‑9

Para o caso de pagamento por DOC, o CNPJ do Jockey Club Brasileiro é 33.621.756 / 0001‑07.

Uma cópia do depósito deverá ser imediatamente enviada por fax para (021) 2511.3938 / 3534.9205 ou 2274‑5247, indicando o proprietário, o nome do animal e a prova, sem o que, a inscrição do animal na prova não poderá ser considerada.

A confirmação do recebimento do fax poderá ser feita pelo telefone (021) 3534-9257.



A COMISSÃO DE CORRIDAS

AUTORIZA A DIVULGAÇÃO

EM 14/07/2011

Miguel Barreto, Entrevista com o jóquei Miguel Barreto

Entrevista com o jóquei Miguel Barreto
14/07/2011 - 12h02min

Juliano Barbosa



Miguel Barreto, líder da estatística em Pelotas
Ao observar o retrospecto das reuniões do Hipódromo da Tablada, certifica-se a presença constante do experiente jóquei M.Barreto no primeiro lugar dos páreos pelotenses.

Natural de Bagé/RS, Miguel Barreto aprendeu a montar nas retas do sul do país. Hoje com 40 anos de idade, Miguel tem 29 de profissão. A experiência lhe presenteou com a natural sensatez, fazendo de M.Barreto um profissional exemplar.

RL: Quando escolheu a profissão?

MB: Eu não escolhi. Vem de sangue! Vem do meu tio.

RL: Qual o melhor animal que montou até hoje?

MB: Ask Me Not. Sem dúvidas!

RL: E o primeiro?

MB: Imbiguda, ainda em Bagé.

RL: Qual a melhor égua que já montou?

MB: Hunka Hunka.

RL: Qual páreo ficou marcado pra você?

MB: Os 2.100 metros com o Ask Me Not em Porto Alegre foi emocionante, mas a minha vitória mais importante e mais prazerosa foi o Princesa 2011.

RL: Qual sua maior tristeza dentre todos estes anos de profissão?

MB: Uma queda que sofri em 2008. Na entrada da reta eu caí e me quebrei todo! Fiquei muito tempo parado.

RL: Qual seu maior sonho?

MB: Vencer um Protetora e um Bento Gonçalves. Mas não quero sair voando. Quero subir degrau por degrau e conquistar estes desejos merecidamente.

Mesmo diante da falta de estrutura que é apresentada pelos pequenos hipódromos brasileiros, Miguel não almeja montar nos hipódromos oficiais.

RL: Pretende sair de Pelotas e montar em algum dos hipódromos oficiais?

MB: Não. Já recebi convites para montar em Porto Alegre, mas não aceitei. Cheguei a montar lá enquanto o Tablada estava fechado, mas aqui é minha casa.

Viajando pelos pequenos hipódromos brasileiros temos o prazer de encontrar profissionais do turfe inteiramente apaixonados pelo que fazem e satisfeitos com o simples prazer de fazer parte de uma pequena engrenagem que faz o turfe brasileiro permanecer funcionando. Enquanto as grandes máquinas, tem seus softwares direcionados a outros interesses.

por Eluan Turino
colaboração: Juliano Barbosa

Jockey Club de Campo Grande, retorno breve

Jamil Name, 72 anos, apaixonado pelas corridas de cavalo - tanto da raça PSI como da Quarto de Milha, titular do vitorioso Haras Canguru, foi aclamado presidente do Jockey Club de Campo Grande na sexta-feira, 8 de julho.

A chapa nominada “Renascimento”, encabeçada pelo empresário e pecuarista, é composta, ao todo, por mais de quatro dezenas de nomes.

“Vou investir de forma prioritária na reforma do local, que tem 50 hectares de área, e apresenta péssimas condições”, disse Jamil.

Jamil Name acusa a atual administração do hipódromo, comandada por Antonio Trindade Neto, de má gestão. E pretende entregar o clube reformado e pronto para sediar corridas no dia 26 de agosto, como parte das comemorações do aniversário da cidade.

“Viajei o mundo inteiro e em todo lugar assisti a corridas de cavalos. Está no sangue. Você morre com isso”, afirma Name, que fará gastos do próprio bolso para recolocar o Jockey Club de Campo Grande no lugar que merece.

“O Jockey vai estar sempre cheio, com corridas sempre aos domingos. É um ambiente familiar e vai gerar empregos e diversão para a população”, diz empolgado Jamil.

Está aí, enfim, uma grande notícia para o turfe brasileiro.

Acompanhe a nominata da chapa Renascimento, eleita por aclamação na sexta-feira, 8, no Jockey Club de Campo Grande:

DIRETORIA EXECUTIVA

Presidente – Jamil Name

1º Vice-Presidente – Carim Name

2º Vice-Presidente – Benjamim Chaia

Secretário Geral – Alberto R. Azevedo Perez

Secretário – Arão Antonio Moraes

Tesoureiro Geral – Elias Razuk Jorge

Tesoureiro – Manoel Catarino Paes

Diretor Social – Márcio Name

Diretor de Patrimônio – Renê Abrão Possik

Diretor de Stud Book – Arany S. B. Sobrinho

Diretor de Hipódromo – Gandi Jamil Georges

Diretor do Departamento Jurídico – Felix Anastácio M. Daige

Diretor de Serviços Veterinários e Doping – Arnaldo de Oliveira


COMISSÃO DE CORRIDAS

Roberto Perez Filho

Mário José Xavier

Carlos Razuk

Atagides Alves da Rocha

Sérgio Jacinto Costa

José Antônio Brandão

Rodrigo H. Costa Júnior


DIRETOR ORADOR OFICIAL

Josephino Ujacow


SUPLENTES

Diretor Social – Araés El Daher

Diretor Patrimônio – Cláudio Antonio Orsi

Diretor Stud Book – Ademar Felix Rios

Diretor do Hipódromo – Dirio R. de Oliveira

Diretor do Departamento Jurídico – Jairo Fontoura Correia

Diretor de Serviços Veterinários e Doping – Dumas Torraca

Diretor Orador Oficial – Gilson Chaia


CONSELHO DELIBERATIVO

Diretores
Pedro Chaves dos Santos Filho

João Alex Monteiro Catan

Sérgio Dias Campos

Michel Chafic Ferzeli

Fernando Luiz Pereira da Silva

1º Suplente – Aloísio de Castro Corrêa

2º Suplente – Abrão José Neto


CONSELHO FISCAL

Diretores
Jerson Domingos

Mário Name

Celso Massachi Inouve

Rogelho Massud Júnior

Abdala Jallad

1º Suplente – Alaor Rodrigues Jacobina

2º Suplente – Antonio C. Ibrahim Elosta



Fonte: Marcos Rizzon(Jornal do TurfeJock

Paulo Nania, Entrevista com Paulo Nania

Engenheiro agrônomo responsável pela reforma e manutenção das pistas do Hipódromo da Gávea, Paulo Nania vem trabalhando intensamente com sua equipe para manter as raias no melhor estado possível para as corridas realizadas no Jockey Club Brasileiro.

Em entrevista ao nosso site, Paulo esclareceu algumas questões relacionadas à conservação da pista de grama.

Em que estágio a pista de grama se encontra?

PN: Por ser inverno, a grama recebe menos incidência de raios solares, devido os dias serem mais curtos neste período do ano, ela se desenvolve menos, por isso, tem menos cobertura vegetal. Normalmente no verão a grama cresce 3 cm por dia, já no inverno, se crescer 0,50 cm por dia é muito. Mas no geral a pista se encontra boa, segura.



Quais medidas vêm sendo tomadas para a conservação das raias?

PN: São muitas. Por exemplo, a gente faz reposição de nutriente via adubação com fertilizante granulado e foliar, hoje, dia 13, para se ter uma idéia, a gente está usando um adubo organomineral que veio da Espanha, e que é utilizado no campo do Barcelona. Utilizamos também um equipamento importado da Holanda, Verti Drain, que descompacta o solo e melhora a drenagem da pista. Utilizamos substrato (top soil) para pisoteio dos animais e rolo compactador para nivelamento da pista.



Em relação à meteorologia, como é usada para auxiliar o seu trabalho?

PN: É feito um acompanhamento em dois sites, o Somar Meteorologia, com o qual o Jockey tem um contrato, e o Climatempo. A gente utiliza como base a previsão de três dias, que é a mais segura. Dependendo da previsão decidimos irrigar ou não a raia.



Na Gávea, há muito tempo não temos corridas na pista leve, a que se deve esse fato?

PN: Pensamos principalmente na sanidade do cavalo, sua vida útil atlética. Tecnicamente pista macia é a mais confortável para os animais, que sofrem menos com claudicações, portanto é a pista recomendada para atividade de corridas de cavalo. Dependendo da meteorologia irrigamos a pista afim de atender essa condição. Na Europa, onde as corridas acontecem em sua maioria na pista de grama, raia macia é uma condição obrigatória nos hipódromos, que são fiscalizados por autoridades internacionais.



Mesmo com a raia macia vem “subindo” muitos torrões de terra e grama quando os cavalos passam. Isso é normal?

PN: No inverno é mais normal e, como disse anteriormente, a pista tem menos cobertura vegetal neste período do ano. Na parada da pista no começo do ano, aproveitamos para corrigir um pequeno desnível no centro da pista, com um material específico, então essa parte ainda não está totalmente consolidada. Quando temos cerca móvel a partir de 7 metros acontece mais. Mas, com o tempo, as coisas devem se normalizar nesse sentido.



Qual a medida aconselhável para desferrar um animal na grama?

PN: Minha preocupação é com a conservação da pista e com a sanidade dos cavalos. Usamos medidas internacionais na manutenção da pista, agora não esta na minha alçada se um treinador deve ou não desferrar um animal.



Você conseguiu normalizar a raia de areia, já que não temos mais o famoso “trilho” pela baliza um e nem mais aquelas diagonais na pista encharcada. Como fez e vem fazendo para conservar a raia boa para todas as balizas?

PN: Foi um grande desafio. Quando cheguei, tínhamos poucos equipamentos e, apesar de muitos funcionários, tínhamos pouca mão de obra especializada e treinada. Hoje temos equipamentos e material humano que possibilitam um melhor manejo da raia. Os problemas que existiam anteriormente, ainda existem, mas, hoje em dia, conseguimos resolver rapidamente, graças aos recursos que nos foram disponibilizados.



O que podemos esperar das pistas do hipódromo da Gávea nos próximos anos?

PN: Uma pista que proporcione maior segurança ao animal e um espetáculo justo e com credibilidade. Gostaria de aproveitar o espaço e fazer um agradecimento especial ao presidente do clube, que vem dando todo o suporte e confiança à equipe das pistas para realização do trabalho. Hoje temos materiais e recursos que não tínhamos antes e devemos isso a sua gestão. Entendemos que novos desafios estão por vir e esperamos estar preparados para enfrentá-los de forma justa e consciente.

Por Celson Afonso

Meandre fatura o Grand Prix de Paris


Meandre venceu com firmeza

Disputado nesta quinta-feira, em Longchamp, na França, o Grand Prix de Paris (gr.I), em 2.400 metros na grama, para produtos de 3 anos, contou com a vitória de Meandre, filho de Slickly e Penne (Sevres Rose), de criação e propriedade de Famille Rothschild.

Após serem pagos € 36 mil de taxa complementar para que Meandre pudesse participar da competição, o tordilho não decepcionou. Acionando em terceiro na maior parte do percurso, Meandre arrancou com força na reta de chegada, a tempo de superar o alemão Seville (ponteou o páreo durante boa parte de sua extensão) por 1 corpo e ½ no disco de chegada. Vencedor do Derby Francês e favorito do páreo, Reliable Man ficou com a terceira posição.

Treinado pelo ótimo Andre Fabre, Meandre conquistou a sua 3ª vitória em 9 saídas, com prêmios na casa dos € 600 mil. Tempo de 2:26.63.

por Victor Corrêa

Diane Crump

I GRANDE PRÊMIO PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO PARDO

RIO PARDO (RS) - Nos dias 30, 31 de julho e 1º de agosto, será corrido o I GP Prefeitura Municipal de Rio Pardo - Homenageado Especial Joni Lisboa da Rocha (Prefeito Municipal), reservado a Produtos PSI - Geração 2008 registrados no S.B.B., inéditos, perdedores e ganhadores de terno convidados, na distância de 500m. Pesos: Inéditos - Fêmeas - 48Kg e Machos - 50Kg, perdedores de terno aumentam 1Kg, e ganhadores de terno handicap de 0 a 6Kg. Inscrição: R$ 2 mil e Lance: 3 x R$ 1 mil. Premiação: R$ 20 mil ao proprietário vencedor (premiação garantida com qualquer número de animais confirmados); ao treinador vencedor R$ 5 mil, aos demais treinadores 4% do jogo em animal de sua responsabilidade. Obs.: Os organizadores reservam-se o direito de excluir o animal que vier a prejudicar o evento. Será permitido o uso de agarradeiras nos posteriores. Somente será pesado o que vai no lombo do animal. No sábado, 30, será realizado um leilão com Penca Fechada para 2012. Informações: (51) 9996-3030 com Ismar, (51) 9870-4289 com Edi e (55) 9909-8022 com Luciano.

XX GP Cidade de Lagesm 22,23,24 E 25 de Julho de 2011

* LAGES (SC) - Nos dias 22, 23, 24 e 25 de julho, o Jockey Club de Lages sediará o XX GP Cidade de Lages - Prefeito Renato Nunes de Oliveira, em 600m, reservado a produtos nacionais PSIs da Geração 2008, registrados no SBB, inéditos, ganhadores e perdedores de terno e ganhadores de penca. Pesos - Inéditos: Fêmeas - 48Kg e Machos - 50Kg, aos perdedores e ganhadores de terno e ganhadores de penca, sobrecarga de 0 a 10Kg. Inscrição: R$ 5 mil e Lance: 3 x R$ 3 mil. Premiação: R$ 50 mil ao 1º (prêmio garantido com qualquer número de inscrições); ao treinador vencedor R$ 15 mil, aos demais treinadores 5% das apostas em animal de sua responsabilidade. Acompanhe o handicap: Tayrusu e Trinca Ferro - 56Kg; Tiro Veloz - 55Kg; Ki Butui - 53Kg; Arte do Nitro, Bailarino Mig, Estrela do Iguassu, Just Mig e Tanto Mar - 52Kg; Esfera Brilliant, Exclusive More, Senhor Deputado e Thunder Machine - 51Kg; Edição de Ouro, Joe Berger, Joe Freemann, Mini Mig, Tender Breeze, Tujumirim, Tycoon Blade, Viper Dodge e Voando Ligeiro - 50Kg; Recuperada, Thesis Of Cabaret, Tupasy e Turbina Aérea - 49Kg. OBS.: A C.C. reserva o direito de excluir o animal que venha a prejudicar o evento. O GP será disputado de acordo com as normas do Código de Corridas deste Jockey Club. Informações: (49) 3223-6114, (49) 3225-2870, (49) 9900-3822 com Tom Costa e jockey-lages@bol.com.br.

Watar vence o Prix Maurice de Nieuil



No glorioso 14 de julho francês, há pouco foi corrido, em Longchamp, o Prix Maurice de Nieuil (G2), em 2.800m, para produtos de quatro anos e mais idade.

O defensor das cores do Sheik Hamdam Al Maktoum, treinado por Fredy Head e dirigido por Davy Bonilla, Watar, de quatro anos, um Marju e Ombrie, por Zafonic, criado pelo Haras de Mezeray, e que vinha de terceiro na milha e meia do Prix d'Hédouville (G3).

Bem próximo, cerca de meio pescoço atrás, chegou Times Up (Olden Times e Princess Genista, por Ile de Bourbon), dirigido por Ryan Moore, visitante britânico.

A representante das cores de Son Altesse Aga Khan, preparada por Alain de Royer Dupré e dirigida por Christophe-Patrick Lemaire, Shamanova (Danehill Dancer e Shamadara, por Kahyasi), foi terceira em final emocionante (foto Longchamp) agarrada (a cabeça de Times Up), este ano, segunda no Prix Allez France (G3), e, no ano passado, nos 3.000m do Prix de Lutèce (G3).

O tempo, em pista úmida, foi 3:06:04.

Breeder's Cup começa a mudar posição quanto a medicações

A diretoria da Breeder's Cup decidiu, em uma reunião ontem, dia 13 de julho, proibir o uso de qualquer medicação no dia das corridas dos World Championships reservada aos dois anos, a partir de 2012, e em todas as provas do evento a partir de 2013.



Os diretores disseram que esta mudança, ainda que não imediata, tornou-se mais do que necessária para alinhar as políticas da Breeder's Cup com aquelas de outros países em um momento de crescente participação internacional nos World Championships e programas relacionados.



A comunicade européia, que é violentamente contrária a esta prática, recebeu a medida como um primeiro passo para que todo o turfe norte-americano se adeque às políticas neste sentido que é praticamente a de todo o resto do mundo, em seus centros mais evoluídos e sérios.

Nos bastidores de Cidade Jardim

1- Com o cancelamento da reunião vicentina, a próxima data ainda não está definida. Segundo informações, possívelmente, sairá uma nova chamada para daqui 15 ou 21 dias.

2- O bom milheiro Kóbiri foi adquirido pela Coudelaria Barcelona e deverá se deslocar ao turfe carioca, com possibilidades de atuar na Milha Internacional no mês próximo, Hipódromo da Gávea.

3 - A alazã Ventana foi adquirida pelo Sr. André Luiz Guimarães (Stud Coral Gables), também podendo participar do "meeting" da semana máxima carioca.

4- Faço aqui um agradecimento especial ao amigo Eduardo Gosik Pugliese, mais conhecido como "Dudu", neto do treinador Eduardo Gosik e um dos escritores do site www.doutoresdoturfe.com.br, quem nos ajudou a confeccionar a entrevista com o treinador Mário Gosik e também nos ajuda diáriamente com várias notícias. Valeu amigo!

5- Muito contente com a carreira de sua pupila Lágrima Prevista, Silvio Cybulski adquiriu Desejo Infinito, 3 anos 1 vitória que também ficará aos cuidados do treinador Olavo Jerônimo.

6- O joquei José Aparecido já se encontra em solo argentino a fim de pilotar a máquina Mr.Nedawi no Clásico Chacabuco (Gr.II) no próximo sábado. Boa Sorte ao competente piloto!

7- O treinador J.C.Rocha, radicado em Porto Feliz infelizmente acabou sendo suspenso na repesagem de sua pupila Always Win. Quem deverá o substituir em suas funções será o experiente Sérgio Dorneles.

8- Animais vendidon no Claiming:

Brilhante Tricolor - Stud Rancho 3
Espártaco - Ivo Hasselman Marques
Ícone Best - Stud Alke
Duchess Drive - Sr. Roberto Magela

por Ivan Jeronimo

Leilão de Coberturas ACPCPSI: esclarecimentos e agradecimentos

A ACPCPSI vem por meio desta nota agradecer mais uma vez a todos os criadores que deram lances no seu Leilão Anual de Coberturas, e informar que já iniciou estudos para modificar o formato do mesmo a partir de 2012, visando aproveitar ao máximo os lances a serem dados nas coberturas.

O leilão do ano de 2011 recebeu nada um total de 48 lances entre às 20h40min e 20h59min, tornando impossível a atualização do site e a resposta de todos os e-mails como era feito até o ano de 2010. Esta Associação entende que esta situação deveu-se a enorme qualidade dos animais ofertados, bem como a vontade de muitos criadores em auxiliar a ACPCPSI, e diante de um novo cenário igual, esta associação fará um leilão em diferente formato, pois percebe que muitos criadores dispostos a dar um lance maior do que os vencedores, não o fizeram simplesmente por falta de tempo e da atualização dos valores em seus computadores.

Sendo assim, a ACPCPSI mais uma vez sente-se lisonjeada pelos criadores brasileiros em geral e especialmente aos doadores e compradores de coberturas, Stud Estrela Energia, Stud Guará do Sul, Haras Springfield, Stud Chesapeak, Stud Gaeta, Adriano Quadros, Thiago Batista, Luis Milton Della Giustina, Haras Valente, Haras Iposeiras, Haras Campestre, Haras Capela de Santana, Haras Guamiranga, Coudelaria Jéssica, Stud La Nave Va, Stud TNT, Haras Di Cellius, Sinval Domingues Araújo, Condomínios Holzmeister e Pounced, Coudelaria Frugarolo do Sul, Oscar Luiz Carvalho Colombo, Haras Santarém, Haras J.B. Barros, Mario Sparano Vitelli, Haras LLC, Stud Katilena, Stud Birigui, Haras Santa Ana do Rio Grande, Haras Embalagem, Stud Eternamente Rio, Heber Tomé Schineider, Haras dos Girassóis, Haras das Estrelas, Paulo Henrique Peter Vanier, João Boyadjian, Haras Campar, José Maria Pinto Oliveira, ACPCPR, Eduardo Guimarães, Haras Santa Maria de Araras, Haras Interlagos, Beverly Hills Stud, Stud Performance, Haras Balada, Haras Clarck Leite, Agência TBS, Tiago Tarragó, Haras Santa Rita da Serra, Stud Big Brothers, Priscila Beloch, Piter Jean Delabari Porto, e Diego M. Silva.

I PENCA DA MOTO, TRIUNFO - RS

TRIUNFO (RS) - Nos dias 30 e 31 de julho e 1º de agosto, a Hípica Ferreira sediará a Iª Penca da Moto, tendo como homenageados Maninho Moreira, Juju e Juarez Tavares, em 400m, reservado a Produtos PSI da Geração 2008 inéditos (convidados), devidamente registrados no S.B.B.. Pesos: Fêmeas - 48Kg e Machos - 50Kg. Premiação: Uma moto 0Km ao proprietário do vencedor e uma TV Plasma 20 polegadas + comissão ao treinador do ganhador. Informações: (51) 9762-7514 (Claudio); (51) 8424-3965 (Claudio Azevedo) e (51) 9615-6866 (Julio).

Manduro, Refuse To Bend e Shirocco já estão no Brasil

Chegaram nesta madrugada, por volta das cinco da manhã, ao Brasil, mais exatamente no Aeroporto de Viracopos, os sementais Manduro (Monsun e Mandellicht, por Be My Guest), Refuse to Bend (Sadler's Wells e Market Slide, por Gulch) e Shirocco (Monsun e So Sedulous, por The Minstrel, que servirão (os dois últimos pela segundo ano consecutivo), na atual estação de monta brasileira,.

Os três já foram embarcados, via caminhão, para seus destinos: Manduro, trazido por um sindicato, para o Haras Santa Ana do Rio Grande, em Bagé, onde ficará sediado, Refuse To Bend, novamente para o Haras São Quirino, em Campinas, e Shirocco, agora importado por outro sindicato, para o Haras Santa Rita da Serra, em Tijucas do Sul.

Tarumã, programas e montarias para 22 de Julho no Tarumã


MARY LOU


1º PÁREO - 1.100 METROS

R$ 1.700,00 - 510,00 - 340,00 - 170,00 - 85,00

ÀS 16h45 - (T-02)

PICK 3 INICIAL

1 - QUARTO SENTIDO - Não Corre - 1-56

2 - DISTINTO - V.Rocha - 2-56

3 - BLACK PALOMA - M.Beatriz - 3-54

4 - NEW BOLT - R.Araujo - 4-56

5 - GOOD TIGER - L.Chimenes - 5-56

2º PÁREO - 1.100 METROS

R$ 1.700,00 - 510,00 - 340,00 - 170,00 - 85,00

ÀS 17h15 - (T-01A) - TRIFETA - QUADRIFETA

PICK 3 INICIAL

1 - DITADURA (P1) - R.Araujo - 1-56

2 - DACOTA (P1) - R.Araujo - 2-56

3 - VITORIOSAMENTE - U.Duarte - 3-56

4 - EUFORIA KRAQUE - B.Ardiles - 4-56

5 - BLASY DI REDATORE - E.P.Santos - 5-56

6 - PETITE NICOLLE - L.C.Santos Jr. - 6-56

7 - LUCKY HEART - S.P.Santos - 7-56

8 - LOVE FOREVER - V.Rocha - 8-56


3º PÁREO - 1.100 METROS

R$ 1.700,00 - 510,00 - 340,00 - 170,00 - 85,00

ÀS 17h45 - (T-01) - TRIFETA

1 - DA-LHE IMPERADOR - U.Duarte - 1-56

2 - CODIGO MORSE - R.Araujo - 2-56

3 - THINKA’S BOY - B.Ardiles - 3-56

4 - FAST GAIS - L.C.Santos Jr. - 4-56

5 - GANGSTER - E.P.Santos - 5-56

6 - EVER SPEED - V.Rocha - 6-56

4º PÁREO - 1.100 METROS

R$ 1.700,00 - 510,00 - 340,00 - 170,00 - 85,00

ÀS 18h20 - (T-08) - TRIFETA - QUADRIFETA

BIG EXATA - 2º PICK 3

1 - GRAN DODGE (L-A) (P1) - B.Marques 3k - 1-58

2 - EL NEGRO (L-A) - B.Ardiles - 2-58

3 - ITACUÃ (L-A) (P1) - L.Chimenes - 3-54

4 - SANSEI (A) (P2) - D.Santana 3k - 4-57

5 - ASSALTADA (L) - V.Rocha - 5-55

6 - SENTIMENTAL TEAR (L-A) - M.C.Santos 4k - 6-56

7 - SEREIA (A) (P2) - R.Araujo - 7-55

8 - CHORUMELA (A) - M.Beatriz - 8-55

5º PÁREO - 1.100 METROS

R$ 1.700,00 - 510,00 - 340,00 - 170,00 - 85,00

ÀS 18h50 - (T-04) - TRIFETA - QUADRIFETA

BIG EXATA - 2º PICK 3

1 - ALIANCE DI DAISY (A) - B.Ardiles - 1-55

2 - SENHOR GENTIL (A) - D.Santana 3k - 2-57

3 - DÁ-LHE UNIVERSO (L-A) - S.P.Santos - 3-55

4 - CICLISTA (A) - M.C.Santos 4k - 4-55

5 - BOM VIVI (L-A) - L.C.Santos Jr. - 5-55/6

6 - MADEIRA NOBRE (A) - V.Rocha - 6-57

7 - CERTA VEZ - B.Marques 3k - 7-55

8 - JESSY (A) - L.Chimenes - 8-55

6º PÁREO - 1.600 METROS

R$ 2.500,00 - 750,00 - 500,00 - 250,00 - 125,00

ÀS 19h20 - TRIFETA

PROVA ESPECIAL “DINO BERTOLDI”

1 - MARY LOU - Z.M.Rosa - 1-60

2 - SERRA PELADA (L) - V.Rocha - 2-59

3 - FEATURE - B.Ardiles - 3-59

4 - FADING WAVE - L.Chimenes - 4-52/3

5 - JURERÊ - M.Beatriz - 5-59

7º PÁREO - 1.600 METROS

R$ 1.700,00 - 510,00 - 340,00 - 170,00 - 85,00

ÀS 19h55 - (T-01) - TRIFETA

PRÊMIO “ANGELO GRECCA”

1 - LINHA DOIS - L.Chimenes - 1-54

2 - NOBRE DO PAMPA - M.Beatriz - 2-56

3 - WHITE GREEN - A.M.Ribeiro - 3-56

4 - CATALYST - R.Araujo - 4-56

5 - DOURADO - L.C.Santos Jr. - 5-56

6 - COLOSSUS - V.Rocha - 6-56

8º PÁREO - 1.400 METROS

R$ 1.700,00 - 510,00 - 340,00 - 170,00 - 85,00

ÀS 20h30 - (T-07) - TRIFETA - QUADRIFETA

OPEN BETTING - PICK 3 FINAL

1 - BARBARIAN RUNNER (L-A) (P1) - R.Araujo - 1-58

2 - Á FLOR DA PELE (L-A) - G.Macedo - 2-58

3 - CASUAL LIFE (A) - L.C.Santos Jr. - 3-55/6

4 - PARDAL FIGHTER (A) - M.Beatriz - 4-57

5 - JOGO DE OSSO (L-A) (P1) - R.Araujo - 5-58

6 - DOUBLE GATE (L-A) - B.Marques 3k - 6-58

7 - LONDRINITA (ARG) (A) - E.P.Santos - 7-52/4

8 - BARRA FUNDA (L-A) - D.Santana 3k - 8-56


9º PÁREO - 1.400 METROS

R$ 1.700,00 - 510,00 - 340,00 - 170,00 - 85,00

ÀS 21h - (T-01) - TRIFETA - QUADRIFETA

1 - SELO EMPIRE (P1) - L.C.Santos Jr. - 1-56

2 - DISSIMULADO - D.Santana 3k - 2-56

3 - DOM VALDO - S.P.Santos - 3-56

4 - BAUME MERCIER - V.Rocha - 4-56

5 - WELL ROUGE - R.Araujo - 5-56

6 - LINENSE - E.P.Santos - 6-56

7 - BUN DI BUN AN - B.Ardiles - 7-56

8 - CRAZY LIFE (P1) - L.C.Santos Jr. - 8-54/6

9 - LADY GRACE - M.Beatriz - 9-54

10º PÁREO - 1.400 METROS

R$ 1.700,00 - 510,00 - 340,00 - 170,00 - 85,00

ÀS 21h30 - (T-08) - SUPER QUADRIFETA R$ 7.000,00

1 - LORD CAPTAIN (L-A) - B.Ardiles - 1-56

2 - EMPOLI (L-A) - V.Rocha - 2-57

3 - BARDOSO FIGHTER (A) (P1) - B.Marques 3k - 3-57

4 - PAULO DE LORENA (L1-A1) - D.Santana 3k - 4-56

5 - MADRILEÑO (A) (P1) - M.C.Santos 4k - 5-58

6 - MY BEST WAY (L-A) - L.C.Santos Jr. - 6-56

7 - PREGA FOGO (L-A) - R.Araujo - 7-58

8 - JUDGE (A) - G.Macedo - 8-57

9 - BOÊMIO ALEGRE (A) - M.Beatriz - 9-57

….

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Jockey Club de Campo Grande, carreiras estão próximas

Jamil Name, 72 anos, apaixonado pelas corridas de cavalo - tanto da raça PSI como da Quarto de Milha, titular do vitorioso Haras Canguru, foi aclamado presidente do Jockey Club de Campo Grande na sexta-feira, 8 de julho.

A chapa nominada “Renascimento”, encabeçada pelo empresário e pecuarista, é composta, ao todo, por mais de quatro dezenas de nomes.

“Vou investir de forma prioritária na reforma do local, que tem 50 hectares de área, e apresenta péssimas condições”, disse Jamil.

Jamil Name acusa a atual administração do hipódromo, comandada por Antonio Trindade Neto, de má gestão. E pretende entregar o clube reformado e pronto para sediar corridas no dia 26 de agosto, como parte das comemorações do aniversário da cidade.

“Viajei o mundo inteiro e em todo lugar assisti a corridas de cavalos. Está no sangue. Você morre com isso”, afirma Name, que fará gastos do próprio bolso para recolocar o Jockey Club de Campo Grande no lugar que merece.

“O Jockey vai estar sempre cheio, com corridas sempre aos domingos. É um ambiente familiar e vai gerar empregos e diversão para a população”, diz empolgado Jamil.

Está aí, enfim, uma grande notícia para o turfe brasileiro.

Acompanhe a nominata da chapa Renascimento, eleita por aclamação na sexta-feira, 8, no Jockey Club de Campo Grande:

DIRETORIA EXECUTIVA

Presidente – Jamil Name

1º Vice-Presidente – Carim Name

2º Vice-Presidente – Benjamim Chaia

Secretário Geral – Alberto R. Azevedo Perez

Secretário – Arão Antonio Moraes

Tesoureiro Geral – Elias Razuk Jorge

Tesoureiro – Manoel Catarino Paes

Diretor Social – Márcio Name

Diretor de Patrimônio – Renê Abrão Possik

Diretor de Stud Book – Arany S. B. Sobrinho

Diretor de Hipódromo – Gandi Jamil Georges

Diretor do Departamento Jurídico – Felix Anastácio M. Daige

Diretor de Serviços Veterinários e Doping – Arnaldo de Oliveira


COMISSÃO DE CORRIDAS

Roberto Perez Filho

Mário José Xavier

Carlos Razuk

Atagides Alves da Rocha

Sérgio Jacinto Costa

José Antônio Brandão

Rodrigo H. Costa Júnior


DIRETOR ORADOR OFICIAL

Josephino Ujacow


SUPLENTES

Diretor Social – Araés El Daher

Diretor Patrimônio – Cláudio Antonio Orsi

Diretor Stud Book – Ademar Felix Rios

Diretor do Hipódromo – Dirio R. de Oliveira

Diretor do Departamento Jurídico – Jairo Fontoura Correia

Diretor de Serviços Veterinários e Doping – Dumas Torraca

Diretor Orador Oficial – Gilson Chaia


CONSELHO DELIBERATIVO

Diretores
Pedro Chaves dos Santos Filho

João Alex Monteiro Catan

Sérgio Dias Campos

Michel Chafic Ferzeli

Fernando Luiz Pereira da Silva

1º Suplente – Aloísio de Castro Corrêa

2º Suplente – Abrão José Neto


CONSELHO FISCAL

Diretores
Jerson Domingos

Mário Name

Celso Massachi Inouve

Rogelho Massud Júnior

Abdala Jallad

1º Suplente – Alaor Rodrigues Jacobina

2º Suplente – Antonio C. Ibrahim Elosta



Fonte: Marcos Rizzon(Jornal do Turfe)

Lagoinha: Programa oficial - 2ª reunião da temporada

No próximo sábado, dia 16 de julho, será realizada a 2ª reunião da temporada 2011/2012. Com 4 páreos, o primeiro páreo está marcado para as 15h.

Abaixo, o informativo completo da reunião.

1º páreo - às 15h - 1200m - Prêmio: R$1.000,00

1- Habalá / J.Divino / JO.Custódio / Stud Anhanguera
2- Talisman Lark / J.Gonçalves / JO.Custódio / Stud Anhanguera
3- Danny / SM.Silva / VB.Santos / Stud BBC
4- Ziazan / M.Macedo / SP.Silva / Stud Teixeira e Gomes
5- Old Draco / E.Vieira / JE.Rosa / Amarildo Reino de Lima
6- Hopscotch / JE.Rosa / JE.Rosa / Amarildo Reino de Lima
7- Informante / AN.Santos / E.Santos / Stud Laranja Mecânica

2º Páreo - às 15:50min - 1300m - Prêmio: R$650,00

1- Blessed Nick / G.Gouveia / AL.Moraes / Stud Tião
2- Early Special / AN.Santos / E.Santos / Stud Laranja Mecânica
3- Top Hit / M.Macedo / W.Natal / Stud Rancho 3
4- Dancer Dragon / J.Gonçalves / A.Antonio Filho / Sinval Domingues de Araújo
5- Democratique / J.Divino / J.Fernando / Haras El Dourado
6- Indian Fritz / JE.Rosa / JE.Rosa / Amarildo Reino de Lima
7- New Pleasure / E.Vieira / AL.Moraes / Stud NG
8- Pontocom Pontobr / - / AL.Moraes / Stud NG

3º Páreo - às 16:20min - 1200m - Prêmio: R$1.000,00

1- Rockin Bear / W.Natal / W.Natal / Stud Rancho 3
2- Outubro / E.Vieira / E.Santos / Stud Marco Antonio
3- New Eagle / G.Gouveia / AL.Moraes / Stud Tião
4- Dubai Fronteira / M.Macedo / J.Fernando / Stud Tião
5- Amore di Job / J.Divino / E.Santos / Stud Laranja Mecânica
6- Hora Caiçada / AN.Santos / A.Gonçalves / Cacildo Gouveia Damasceno
7- Da-lhe Giant / J.Gonçalves / D.Brandão / Stud Morato
8- Good Force / SM.Silva / A.Gonçalves / Stud São Pedro
9- Jacarta Rubia / JE.Rosa / JE.Rosa / Amarildo Reino de Lima

4º Páreo - às 17h - 1200m - Prêmio: R$930,00

1- Príncipe Marcos / J.Divino / J.Fernando / Haras El Dourado
2- Funny Guy / G.Gouveia / R.Lima / Haras El Dourado
3- Araça Cotton / E.Vieira / VB.Santos / Stud Mano a Mano Goiás
4- Prime Hall / AN.Santos / A.Antonio Filho / Stud Ponta Kayana
5- Cafeigue / M.Macedo / SP.Silva / Stud Lualça

por Eluan Turino

Leilão com TV e desfile de modas agrada sobremaneira

Coroado de êxito o 1º Leilão Mixed Sales Pro Horse realizado ontem em Cidade Jardim. O evento movimentou R$ 586.500,00 em 15 parcelas, com várias aquisições pela TV e Internet e apenas 5 defesas no total, a preços baixos, e bom e bonito público compareceu prestigiando também o Desfile de Modas da Griffe Telma Monteiro realizado minutos antes.

Os Potros foram adquiridos pelo St Nova Republica, St Magela, St Zink, Rash Stud, Luis Meneses, Greco, JIFE, 13 de Recife, Carolina Augusta, Coração de Leão, No Ficar, Ivan Jerônimo, Los Tendões e Vitorio Fornazaro este o mais valioso, R$ 25.500,00 pelo Nedawi Rose Bowl do Old Friends e optando por 12 parcelas.

Das 12 Reprodutoras apresentadas todas foram vendidas, e a mais disputada foi a 32 Incancellabile por R$ 37.500,00 para o Haras Dilema.

Dos animais em treinamento com 3 defesas, os mais caros foram Ventana-irmã da líder R$ 30.000,00 ao Coral Gables e R$ 25.500,00 Kobiri a Coudelaria Barcelona. Idôneo apesar de muitos interessados raspou os R$ 2.700,00 de parcela pedidos pelo vendedor, mas poderá ser vendido hoje.

Os próximos leilões Pro Turfe são o Virtual de Potros do Haras Palmerini (adquiriu 2 ótimas matrizes ontem, orientado pelo expert José Maria) em andamento e o Tradicional Leilão de Treinamento do Sábado antes das corridas do GP Brasil - já com 10 animais Clássicos e em SPaulo novamente Mixed no meio de agosto, ambos com inscrições se encerrando.

Fonte: Pro Turfe

Jockey Club de São Paulo, Escola de Preparação para Jóqueis abre novas vagas

A Escola de Preparação para Jóqueis do Jockey Club de São Paulo abrirá inscrições para novos candidatos entre os dias 18/07/2011 e 18/08/2011. Os interessados deverão atender aos seguintes requisitos:

a) Idade: de 16 anos completos a 18 anos incompletos;
b) Peso máximo: 47 quilos;
c) Altura máxima: 1m58cm.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS:

Cédula de Identidade, Certidão de Nascimento, CPF, Certidão Escolar, autorização do Pai, Mãe ou Responsável (com firma reconhecida) e 3 fotos 3x4.

As inscrições poderão ser feitas pelo e-mail: escola@jockeysp.com.br ou pelo FAX: 2161-8406.

Maiores esclarecimentos pelo telefone 2161-8362, com o Sr. Helio, de 2ª à 6ª feira, das 14:00 às 17:00 horas.

JCSP

Mr.Nedawi vai encarar 6 adversários em grupo II no sábado, 16/07/11

O Clasico Chacabuco (gr.II), para produtos de 4 e mais anos, em 2.500 metros, areia, prova central deste sábado, dia 16, em Palermo, recebeu 7 inscrições.

Pupilo de João Gabriel Costa, o cavalo brasileiro Mr. Nedawi (Nedawi), Haras Old Friends / Stud Hole In One , cujo piloto José Aparecido deslocará 58,5 kgs, terá pela frente Expressive Halo (57), Juli Point (57), Lingote de oro (58,5), Calidoscópio (58,5), Mustang Force (57) e Domingo Soleado (58,5).

O páreo tem largada prevista para às 17:30 hs.


fonte JCSP

Bate Bola com o treinador Mário Gosik

O competente treinador Mario Gosik nos concede esta entrevista para aprofundarmos um pouco mais em sua vida particular. Ele que já faturou muitas provas de grupo, inclusive o Grande Prêmio São Paulo, em duas ocasioes, uma com Ás de Pique e outra com Jex, e relatou ainda o apoio de toda sua equipe envolta deste trabalho, neste caso citou seu pai, o excelente treinador E.Gosik, popular "mestre", além de seus filhos e sobrinho que sempre lhe dão força e incentivo.

Disse também do carinho dos amigos que sempre o parabenizam quando ganha uma carreira e em especial os amigos do nordeste o qual tem grande carinho e admiração.

Nome: Mario Jorge Gosik

Idade: 49 anos

Natural: Curitiba

Estado Civil: Desquitado

Cor: Azul

Medo: Dos falsos

Filme: Rocky Balboa

Programa de TV: Jornal Nacional

Time: Palmeiras

Ídolo: Meu pai

Cantor: Michael Jackson

Cantora: Tina Turner

Ator: Tarcisio Meira

Atriz: Glória Menezes

Hobby: Ver filmes

Sonho na profissão: Ver o turfe chegar onde ele deveria estar a muito tempo

Maior alegria no Turfe: Tirar a 1ª foto da vitória com os filhos e sobrinho

Melhor cavalo que treinou: Giruá

Treinador: E.Gosik

Jóquei: A.Barroso

Melhor cavalo do Brasil na atualidade: Too Friendly

Melhor égua do Brasil na atualidade: Una Beleza

Frase: "Se todos seus esforços forem vistos com indiferença, não se zangue e nem desanime, porque também o sol, ao nascer, da um espetáculo todo especial, e no entanto, a maioria da platéia continua dormindo."

Palavra Final: Queria deixar um grande abraço aos meus amigos e salientar o trabalho da equipe do site Raia Leve, pois o turfe precisa de renovações para um futuro melhor.

por Ivan Jeronimo

Una Beleza confirmada para o Grande Prêmio Brasil 2011

Ainda que houvesse uma possibilidade da sua participação ocorrer no GP Roberto e Nelson Grimaldi Seabra (gr.I), Una Beleza (Signal Tap), 4 anos, do Haras Santa Maria de Araras, irá mesmo competir no GP Brasil (gr.I) do próximo dia 7 de Agosto.

Ganhadora de 4 provas de grupo em Cidade Jardim, sendo duas delas em corridas de graduação máxima, Una Beleza é treinada no Hipódromo do Tarumã, em Curitiba, por Beto Feltran. A informação foi confirmada à nossa reportagem, na tarde de ontem, pelo próprio profissional.

por Victor Corrêa

No More com Aderlandia Alves devem participar do Major Suckow

- No More ganhou linda carreira em São Paulo, e deverá correr o Major Suckow, pois baixou de 55 s no quilometro, será mais um paulista na prova. Ótimo preparo de C.M.SIilva, e detalhe, Aderlândia Alves deverá dirigir o animal, assim sendo, será mais uma novidade na semana máxima

Anakin deve correr o Grande Prêmio Brasil 2011

Anakin carimbou o passaporte para o GP Brasil após vencer o favorito Sal Grosso numa brilhante direção de Jorge Leme, que soube dosar o animal, e a trifeta de Venâncio Nahid.

Saúde Equina, por Tony Gusso

IMPORTÂNCIA DA VACINAÇÃO

Como sempre abordamos em nossas matérias, a prevenção é a melhor e mais econômica forma de manter a saúde do seu animal. Por isso, hoje falaremos sobre vacinação.

A vacina é a maneira mais eficaz de se prevenir várias doenças, como o tétano, encefalomielite equina, rinopneumonite equina, influenza equina, leptospirose e raiva.

Ao se vacinar, seu animal passa a ter proteção (anticorpo) e torna-se imunizado e protegido. Mas uma grande preocupação com a forma de aplicação e como este produto estava armazenado deve estar presente para proprietário e o médico veterinário. As vacinas, em sua maioria, devem estar acondicionadas resfriadas, longe do sol direto, calor e luminosidade intensa. Quando isso não acontece podemos ter uma vacina sem eficácia, sendo sua aplicação sem nenhum efeito, ou seja, não protegendo seu animal.

As vacinas são feitas de substâncias como proteínas, toxinas, partes de bactérias ou vírus, bactérias ou vírus inteiros, atenuados ou mortos. Quando injetado, forma uma reação semelhante à que ocorreria no caso de uma infecção pelo agente que estamos combatendo, levando a produção de anticorpos tornando o animal imune e formando uma memória imunológica, que torna mais rápido e fácil o reconhecimento do agente em futuras infecções.

Em determinados momentos como em doenças agudas com febre, diarreia, tratamento com antibiótico, reação prévia à vacina com vermelhidão, edema local, dor local e febre moderada, prenhez (para algumas vacinas), amamentação e desnutrição, não devemos fazer a aplicação da vacina, pois, precisamos de saúde plena com um sistema imunológico pronto a responder a substância usada.

Ao proprietário devemos deixar claro que a vacinação minimiza em muito o risco do desenvolvimento de uma doença, não podendo afirmar que esta patologia nunca aparecerá. Existem muitas condições que podem fazer a vacinação não ser eficaz, desde a condição de saúde do animal até a qualidade da própria vacina no momento de sua aplicação.

Consulte sempre seu médico veterinário, somente ele poderá tirar suas dúvidas e ter certeza da qualidade dos medicamentos, vacinas e saúde do seu cavalo.

Jocley Club do Paraná, será possível ??

Olá Rizzon,
Gostaria de comentar e talvez se possível receber algumas informações do JCPR por meio de seus “nobres dirigentes”:
Que tal “os meninos” ou os nobres dirigentes do JCPR convocarem uma reunião com proprietários, criadores, profissionais (treinadores, jóqueis, veterinários etc) e lógico os sócios da nobre entidade para informar-lhes sobre o atual andamento das obras dentro do clube, gesto esse que garanto seria de grande valor, pois o que se vê hoje é a demolição de diversas cocheiras e pelo que se comenta não há por parte dessa diretoria interesse em se construir novas cocheiras e sim pagar o mais rápido possível as que estão ainda em negociação.
Gostaria de saber também se há um projeto para construção de laboratórios, os quais hoje se encontram nas áreas a serem demolidas, a nobre diretoria também poderia esclarecer se há um projeto para tratamento dos resíduos biológicos dos animais alojados e no caso de animais que vierem a morrer onde seriam colocados esses, pois um shopping tem praça de alimentação e creio eu está sujeito a fiscalização por parte da saúde.
Quanto a questão de novas cocheiras o que observamos é que existe uma cuja reforma está a todo vapor, inclusive com a construção de um apartamento com vista privilegiada para a raia. Os outros proprietários de cocheiras também possuem o direito de construir esses apartamentos ou salões para festa com vista para a raia?
Na última reunião notei uma faixa de frente para a social na qual a diretoria agradece ao BUFFET BELONI pela doação de uma ambulância... será que a atual diretoria não se envergonha de receber doação, com toda essa grana que tem entrado no clube, será que a diretoria não deveria tomar a atitude e ela própria ter adquirido esse veículo ou será que ela não julga necessário uma ambulância nesse tipo de esporte no qual a segurança física e o risco de acidentes com jóqueis, seguradores, cavalariços pode-se deixar em segundo plano e esperar que alguém “doe” uma ambulância?
Por hoje é só, mas em outra oportunidade vou comentar a respeito de outros assuntos relacionados a multiplicação de patrimônio pessoal, tais como mansões no litoral, carrões importados etc, para se ter um comparativo o Palocci só estaria junto com eles no partidor!!! Grande abraço,

Mauro Mocelin

JT- Caro Mauro, lamento hoje a situação do JCP. Eu não estou frequentando-o e assim seguirei. É uma decisão minha (nada a ver com a minha proibição) já relatada na Carta Ao Leitor. Quanto ao último parágrafo, com dados pertinentes, publicaremos sim. Sds, MR

nota - Menssagem copiada do Jornal do Turfe de 14/07/2011

As matérias assinadas, transcritas, copiadas,de terceiros, não refletem e não configuram obrigatoriamente a responsabilidade e a opinião deste site.

Porque ??? Doutores do Turfe

PORQUE????
Publicado em 14/07/2011 por drlacerda
Porque uma sexta feira sem corridas, já teve até briga por este dia e agora?
Porque continua a diferença de retrospecto entre SP e RJ ? No primeiro vem tudo na linha, a= atraso, p= prejudicado e isto fica , independente de ser a última corrida ou não, na Gávea nada, é tão complicado arrumar ???????
Porque 99,99 % dos turfistas duvidam de turfe único?
Porque o Dudu só entrou agora nos Doutores? Seus comentários são ótimos e a troca está dando o que falar( estou falando de troca de selin).
Porque na Gávea se já sabem que tal piloto não monta já não colocam os substitutos no site oficial ?
Porque com a TV fechada com canais de esporte 24 horas não temos nem 15 minutos de turfe?????
Porque o turfista desconfia tanto dos resultados da Gávea, principalmente na sexta e segunda. Pergunto sobre a comissão de corridas e se partem de rir.
Porque o Ceará (A M SOUZA) monta tão pouco?
Porque embora com programas com bom número de animais faz muito tempo que não vemos um cavalo sair do Cristal e vencer Clássicos na Gávea ou Cidade Jardim????
Porque eu continuo perdendo meu tempo e pedindo para a TV Turfe respeitar o turfista. Por exemplo, corre do outro hipódromo e nem termina direito o páreo e já mudam para a Gávea. Final da reunião, já tem as retiradas do dia seguinte , é tão complicado pegar e anunciar , fala sr André????
Porque estão todos com medo do tipo de cobertura da TV Turfe no GP Brasil? Está certo que no ano passado vimos mais a grama que os cavalos, mas este ano não creio que vão fazer o mesmo. Não é ????????
Estes PORQUES são de total responsabilidade do DOUTOR L -RODRIGO LACERDA

Ping pong com Jorge Antônio Ricardo

O fenômeno Ricardinho

Idade - 49 anos

Natural - Rio de Janeiro

Estado civil - Casado

Cor - Vermelho

Time - Botafogo

Melhor ator - Tarcisio Meira

Melhor atriz - Fernanda Montenegro

Melhor cantor - Roberto Carlos

Melhor cantora - Elba Ramalho

Programa de TV - ESPN da Argentina, Turfe com Marcelo Duran

Filme preferido - Ghost, do outro lado da vida

Maior emoção na profissão - Vitória de Falcon Jet no GP Brasil de 1992

Sonho na profissão - recuperar o recorde mundial de vitórias

Melhor jóquei - Antônio Ricardo, o meu pai

Melhor treinador - João Luiz Maciel, Alcides Morales, Alberto Nahid e Venâncio Nahid, entre outros.

Melhor cavalo que montou - Much Better

por Paulo Gama
www;raialeve.com.br

O turfe paranaense está sendo judicialmente morto.

No dia 1° de março de 2011, realizaram-se eleições no Jockey Club do Paraná. Estatutariamente tinham direito a votar os sócios com mais, ou menos, de um ano de filiação, mas a então situação fez no último ano, até as vésperas de 1° de março, uma campanha para novos sócios, inclusive sem custos para os interessados, e acenando com o irregular direito de votar. A então oposição recorreu à justiça, que determinou que uma urna especial receberia os votos daqueles que não tinham pelo menos um ano de sócios. A então oposição procurou alguns desses novos sócios, e constatou que eles haviam sido procurados pela então Situação, e que alguns receberam em casa os títulos de sócios sem sequer assinarem qualquer documento. Com a interferência da justiça, foram colocadas quatro urnas para o recebimento dos votos, três para os regulares e uma para os irregulares. Foi uma forma de viabilizar as eleições, pois se elas não se realizassem naquela data haveria automática prorrogação do mandato da Diretoria vigente, o que não seria aceitável pela oposição.

O esquema era simples. Apurados os votos regulares, se a inclusão dos irregulares não alterasse o resultado das três urnas regulares, confirmava-se o resultado, se houvesse alteração o caso iria para a Justiça.

Apuradas as três urnas regulares, a Oposição recebeu 515 votos contra 356 da Situação, mas na urna irregular a Oposição recebeu 10 votos e a Situação 240. É claro que o caso foi para a Justiça decidir. Como a eleição ocorreu em uma terça-feira e no sábado iniciava-se o carnaval, o assunto ficou postergado, enquanto advogados agiam.

Absurdamente, os meses foram se passando sem uma definitiva determinação judicial, no sentido da imediata entrega da Diretoria perdedora à vencedora, passados 4 meses, veio enfim uma palavra da Justiça, no sentido de ser mantida a antiga diretoria na administração do Clube até posterior solução. Em termos claros, os perdedores, que já estão devidamente no comando do Clube por 4 meses, tiveram prorrogados pela inJustiça paranaense os seus mandatos. No andar da carruagem, no mínimo essa vergonha vai se arrastar, e pode-se até admitir que, quando do término do mandato de 2 anos, a chapa vencedora não assumirá o seu legítimo mandato, que será indevidamente exercido pela chapa perdedora.

É incrível que as autoridades judiciárias do Paraná não entendam, ou se neguem a entender, um Estatuto claro do Jockey Club do Paraná, que diz em outras palavras, que “só tem direito a voto os sócios com pelo menos um ano de filiação”. Quaisquer interpretações diferentes do óbvio podem até dar margem a entendimentos quem sabe absurdos, tendo em vista transações imobiliárias em curso. É uma hipótese extrema, absurda, e que não pode nem deve ser levada em consideração, mas é equivocadamente absurdo procedimento das autoridades judiciais que dá margem a todos os tipos de especulações.

Estender o prazo do mandato por mais 6 meses, e validá-lo até nova decisão, equivale a dizer que a Diretoria perdedora terá mandato de 4 anos em lugar de 2, a chapa vencedora não poderá exercer o seu legítimo mandato. E se houver novas eleições depois dos 4 anos, o que será que ainda poderá ocorrer?

Tudo isso teria sido evitado se a Justiça, logo que chamada a se pronunciar, tivesse determinado logo o que era certo, só valeriam os votos conforme os estatutos, isto é, só daqueles que tivessem pelo menos um ano de filiação.

O turfe paranaense está sendo judicialmente morto.

por Milton Lodi

Jockey Club do Paraná, Eleições

No dia 1° de março, a então oposição venceu limpamente e com sobras a eleição no Jockey Club do Paraná, só que a diretoria antiga, a derrotada, negou-se desde logo a entregar o clube aos novos dirigentes. Naturalmente o caso foi para a Justiça, e isso se arrasta até hoje, passados cerca de 4 meses. Não há o que ser discutido, um direito legítimo obstaculado por pelo menos absurdas vaidades.

È absolutamente sem sentido, sem defesa, sem nexo essa inusitada e equivocada posição da antiga diretoria, que está se apoiando na inJustiça paranaense. Coisas desse tipo são comuns no turfe do Paraná, interesses pessoais se sobrepondo aos da coletividade, impedindo, bloqueando um legítimo processo democrático. O turfe paranaense está sendo morto.

por Milton Lodi
www.raialeve.com.br

Cristal, Cometário e Indicações para as Carreiras de Hoje

Ask Me Not tenta a invencibilidade no Cristal
O Clássico Ministro da Agricultura, em 2.100 metros, pista de areia, para produtos de 3 anos e mais idade, é a principal atração da jornada de dez páreos, desta quinta-feira, no Hipódromo do Cristal. A primeira prova na capital gaúcha está marcada para as 15 horas. As apostas serão captadas pelos Sistema JCB e JCSP.

Destaque para Ask Me Not (Araçaí), 6 anos, crioulo do Haras Alto da Serra e de propriedade de Antonio C.V.dos Santos, é ligeiro e na última deu show ganhando com extrema facilidade, está tinindo e tem tudo a favor para repetir. O neto de Choctaw Ridge terá a condução de M.S.Barreto.

Boy Cott (Fahim), 4 anos, Haras Palmerini/Delbio Marques, gosta da distância, tem um apronto animador, e com boa aceleração final, é candidato à vitória. Good Feeling (Roi Normand), 5 anos, Haras Doce Vale/ Ricardo Duro Dias, tem atropelada forte, se o ritmo da corrida for mexido na frente, pode arrancar na reta e chegar a tempo no espelho.

A seguir, comentários e indicações. Boa sorte!

1º Páreo: Tirano Fly deu uma descansada, e retorna bem movido e cercado de grandes esperanças, é corredor. Gold Seal na ultima confirmou as expectativas e venceu fácil, se confirmar pode repetir. Key Carter vem de chegar colocado em prova clássica, na turma tem boas chances. Hecho A La Mano, tentou cartada difícil na passada, aqui pode ser a surpresa.

2º Páreo: Norma Legal vem fazendo boas corridas na esfera nobre, se correr o que sabe pode ir para a foto da vitória nesta parceria. Flor Púrpura vem de fazer boa apresentação, chegou em 2º perdendo para bom tempo, é rival. Tiranny fez estréia de encher os olhos, largou e acabou, tem animado nos treinos, é tida em boa conta. Indiana do Ipê é atropeladora se o ritmo sair brigado na frente pode chegar a tempo no disco. Thunder Honey venceu com firmeza, esta progressos, não deve ser esquecida.

3º Páreo: Ih Cacilda vem de tentar prova clássica indigesta, nesta enturmação vem atuando com realce, é força. Sereia de Itapuã estava falada no debut e correu abaixo do esperado, tem tudo para ir a reabilitação. Nutrida é atropeladora e desta feita esta bem colocada na distância, pode levar a melhor no espelho. Vamp Girl não é de confirmar, mas tem velocidade, se galopar e folgar, pode não ser alcançada. Chris Buck foi jogada na estréia, agora aguerrida, pode surpreender as mais visadas.

4º Páreo: Ton Lua, começa por aqui trazendo no cartel vitoria em Cidade Jardim e Gávea, volta de quase um ano sem atuar, mas anda em um estadão nas matinais, tem categoria de sobra para retornar vencendo. Dois Esquerdos vem confirmando e fazendo boas apresentações e aqui não deve ser diferente, fica para a dupla. Ricrut Famous reaparece vindo da Gávea onde nas ultimas não vinha animando, mas aqui a parceria não assusta é a diferença dos indicados. Self Controll subiu de turma e chegou colocado, pode ser o dividendo compensador. Dom Axe é sempre falado, nas matinais anima, mas na corrida fica devendo, olho vivo com ele. Cédula Verde fica para os azaristas.

5º Páreo: Blessed Nugget estréia bem falado e esta sendo levado no dedo, tem ficha que agrada, é dos principais nomes. Sorte Forte deu boa despencada de turma, deve conferir a posição de honra aqui. Virgilio Danz também esta bem colocado na parceria, na ultima tem um livro nas ocorrências, e não chegou muito longe, pode bolachar. Selo Escarlate vem de ganhar bonita corrida, esta tinindo, é artigo de fé. Serrano Brilhante tem dias que corre bastante e vai com a descarga do aprendiz, pode ser a bomba.

6º Páreo: Clímaco vem da Gávea, estreando em turma que agrada, tem chance de ferro. All Much anda correndo em páreos mais reforçados, aqui esta bem colocado, pode ganhar. Opportunity Knocks é outro que estréia, em Cidade Jardim andou correndo em time mais encorpado que este, pode vencer na primeira. Uragano Danz vem ameaçando, na ultima tem declaração no livro e ocorrência veterinária, não deve ser esquecido, para quem gosta de de pule gorda é boa sugestão. Juiz da Luz com a descarga do aprendiz vai leve, pode surpreender nos metros finais, cuidado.

7º Páreo: Deu Certo é a força do retrospecto, vem de dar pinta de vencedor e formou a dupla, pode ter chegado seu dia. Cuari Bravo Junior vem de Cidade Jardim a ficha indica começar com boa chance de êxito, é inimigo. Dell’arca vai com peso pluma e isso pode ser determinante, vai a raia com boas possibilidades. O cancheiro Abbiati estréia em turma que pode medir forças, e pode levar a melhor no disco, não deve ser esquecido. Kleist anda correndo pouco, mas sabe mais, tem boa oportunidade para reabilitar-se com dividendo alto. Domaine Du Sud mesmo misturada com os machos, pode ganhar.

8º Páreo: Big Hardy vem repetindo suas atuações, na ultima perdeu páreo sem nome em bom tempo para a enturmção, confirmando tem chance de ferro. Luzido tem de Pelotas repinicando, onde andou fazendo boas corridas, é artigo de fé, vai lutar pela vitória. Charlie Chan anda correndo muito pouco em relação a seu potencial, numa dessas pode se reencontrar, pela categoria deve ser lembrado. Olympic Feltran é de altos e baixos, mas já correu com realce em parceria mais forte, se for o primeiro no disco não será surpresa. Fon pode ser a explosão.

10º Páreo: Atrevido desde que reapareceu é falado e apostado, mas tem corrido menos do que se espera, tem boa oportunidade para recuperar-se, tem chance de vulto para fechar a reunião. Sublime Blue nas duas ultimas mostrou boas melhoras, se continuar assim, vai brigar pela posição de honra. Vikinco esta em fase de progresso, na ultima foi terceiro em boa atropelada, desta vez pode chegar a tempo, pode ser o desengate. Explosive Shot foi muito comentado no debut, jogaram de pá, e pouco mostrou, costuma animar no treinos, agora aguerrido pode vencer sem susto. Top Ilusão na estréia não foi bem, tem choro no livro, pode ser a pule gorda de salvação.

INDICAÇÕES:

1º Páreo: Tirano Fly (6) – Gold Seal (1) – Key Carter (5)
2º Páreo: Norma Legal (1) – Flor Púrpura (3) – Tiranny (2)
3º Páreo: Ih Cacilda (4) – Sereia de Itapuã (3) – Nutrida (5)
4º Páreo: Ton Lua (6) – Dois Esquerdos (4) – Ricrut Famous (5)
5º Páreo: Blessed Nugget (7) – Sorte Forte (8) – Virgilio Danz (6)
6º Páreo: Clímaco (7) – All Much (4) – Opportunity Knocks (3)
7º Páreo: Deu Certo (2) – Cuari Bravo Junior (1) – Dell’arca (5)
8º Páreo: Big Hardy (7) – Luzido (1) – Charlie Chan (9)
9º Páreo: Ask Me Not (6) – Boy Cott (5) – Good Feeling (3)
10º Páreo: Atrevido (3) – Sublime Blue (7) – Vikinco (4)

abertura: Rodrigo Pereira
comentários e indicações: Marcelo Santana