Jeane Alves

Jeane Alves
Vitória de G 1 com Equitana

sábado, 10 de setembro de 2011

Ask Me Not, o herói do GP Protetora do Turfe


Ask Me Not, o herói do GP Protetora do Turfe

Ask Me Not foi absoluto no Protetora 2011
Ask Me Not (Araçaí e Assai Bella, por Chotcaw Ridge), 6 anos, criação do Haras Alto da Serra e propriedade do Sr. Antônio C.V. dos Santos, ganhou o GP Protetora do Turfe (Grupo III), disputado na ultima sexta feira , em 2.200 metros, na pista de areia úmida do Hipódromo do Cristal.

Em uma belissima atropelada na entrada da reta final, e ótima direção de Ivaldo Santana, Ask Me Not passou três corpos na frente Cântatus, que se manteve firme na segunda posição. Príncipe dos Mares terminou no terceiro posto. Completaram o marcador, na ordem, Boa Praça e Good Feeling.

Conduzido por Ivaldo Santana e sob a responsabilidade de J.Rodrigues, Ask Me Not obteve a décima vitória de sua campanha (quatro no Cristal e seis em Cidade Jardim), a terceira clássica, em 26 saídas, completando o percurso em 2.18.7/10.

por Rodrigo Pereira
foto Traudy Trotta

Big Halo, o campeão da milha


Big Halo venceu belíssima carreira


Big Halo (Surreal e Ouricana, por Irish Fighter), 4 anos, criação e propriedade do Haras Bigão, ganhou com firmeza o Clássico Oscar Canteiro, em 1.609 metros, na pista de areia úmida, a milha do Protetora.

Em uma ótima direção de Lucas Conceição, Big Halo deixou Gold Seal, no segundo posto, livrando boa vantagem no disco de chegada. Conde Vic, um dos favoritos e muito guerreado na ponta, finalizou na terceira posição. Olympic Gatsby e Ptgualicho completaram o marcador.

Muito bem preparado por P.Monteiro e contando com precisa direção de Lucas Conceição, Big Halo obteve sua quinta vitória, segunda clássica, em 10 apresentações, assinalando a boa marca de 1min38s3/10.

por Rodrigo Pereira



08/09/2011 - 20h55min

Traudy Trotta



Big Halo venceu belíssima carreira
Big Halo (Surreal e Ouricana, por Irish Fighter), 4 anos, criação e propriedade do Haras Bigão, ganhou com firmeza o Clássico Oscar Canteiro, em 1.609 metros, na pista de areia úmida, a milha do Protetora.

Em uma ótima direção de Lucas Conceição, Big Halo deixou Gold Seal, no segundo posto, livrando boa vantagem no disco de chegada. Conde Vic, um dos favoritos e muito guerreado na ponta, finalizou na terceira posição. Olympic Gatsby e Ptgualicho completaram o marcador.

Muito bem preparado por P.Monteiro e contando com precisa direção de Lucas Conceição, Big Halo obteve sua quinta vitória, segunda clássica, em 10 apresentações, assinalando a boa marca de 1min38s3/10.

por Rodrigo Pereira
foto Traudy Trotta

Eu Te Amo levanta o clássico das éguas


Eu Te Amo venceu com muita firmeza


Eu Te Amo (Top Size e Flávia Bela, por Roi Normand), de criação do Haras Sayão Lobato, este bicampeão da prova com Canta Pra mim em 2010, e propriedade do Stud Kid, venceu o Clássico Presidente Getúlio Vargas, em 1.500 metros, na pista de areia úmida.

Mantida por Cristiano Machado sempre entre as ponteiras grande parte do percurso, Eu Te Amo entrou na reta mandando no páreo, e foi para o disco abrindo boa vantagem sobre Cedula Verde, que bastante aberta, ficou com a segunda colocação. Conta Corrente finalizou no terceiro posto. All Or Nothing e Early Action, na ordem, completaram o marcador.

Mantida em grande forma por A.Vasconcelos e conduzida com tranquilidade por Cristiano Machado, Eu Te Amo, obteve sua quarta vitória, sendo a segunda clássica, em 15 apresentações, assinalando a marca de 1min33s0/10.

por Rodrigo Pereira
foto Traudy Trotta

El Crispi o Grande destaque das povas do Protetora

El Crispi (Mastro Lorenzo e Paola Crispi, por Choctaw Ridge), 4 anos, criação do Haras Di Cellius e propriedade da Coudelaria Santo Augusto da Boa Vista, venceu de ponta a ponta o Clássico Francisco Dall’Igna, em 1.200 metros, na pista de areia úmida, a prova de velocidade da festa do Protetora 2010, e manteve a sua invencibilidade.

Mantendo a segunda posição, a única fêmea da prova Viola de Prata, cruzou o disco vários corpos atrás do vencedor. Double Punk, atropelando forte no final, teve que se contentar com o terceiro lugar. Completaram o marcador Universal Gipsy e Quatro-Cantos. Uniboy di Job não foi apresentado.

Muito bem apresentado por I.J.Ferreira, El Crispi, conquistou a quarta vitória de sua campanha, sendo a primeira clássica, no mesmo número de apresentações, registrando o bom tempo de 1min11s5/10.

História doi Turfe - Grande Prêmio Ponta Grossa 1979

Grande Prêmio Paraná 2011, ADDEDS E DOTAÇÕES

Addeds e as dotações para as provas que compoem o festival do Grande Prêmio Paraná 2011, programdo para o início de outubro.

GRANDE PRÊMIO “PARANÁ” – G.1
Em 09 de Outubro de 2011
Distancia: 2.000 metros.
Dotações: R$ 35.000,00 – 10.500,00 – 7.000,00 – 3.500,00 – 1.750,00.
INSCRIÇÃO: R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais), sendo: R$ 2.000,00 em pules de vencedor e R$ 1.500,00 em bolsa ao proprietário do vencedor.
Classe; Produtos de 3 e mais anos.
Pesos: Tabela II (3=52 – 4+=59).

CLÁSSICO “GOVERNADOR DO ESTADO” (L)
Em 09 de Outubro de 2011.
Distancia: 1.600 metros.
Dotações: R$ 10.000,00 – 3.000,00 – 2.000,00 – 1.000,00 – 500,00.
INSCRIÇÃO: R$ 1.000,00 (Hum mil reais), sendo: R$ 500,00 em pules de vencedor e R$ 500,00 em bolsa ao proprietário do vencedor..
Classe: Produtos de 3 e mais anos.
Pesos: Tabela II (3=53 – 4+=60).

CLÁSSICO “PREFEITO MUNICIPAL DE CURITIBA” (L)
Em 09 de Outubro de 2011.
Distancia: 1.200 metros.
Dotações: R$ 10.000,00 – 3.000,00 – 2.000,00 – 1.000,00 – 500,00.
INSCRIÇÃO: R$ 1.000,00 (Hum mil reais), sendo: R$ 500,00 em pules de vencedor e R$ 500,00 em bolsa ao proprietário do vencedor.
Classe: Produtos de 3 e mais anos.
Pesos: Tabela II (3=54 – 4+=60).

CLÁSSICO “ PRIMAVERA” – (L)
Em 09 de Outubro de 2011.
Distancia: 1.600 metros.
Dotações: R$ 10.000,00 – 3.000,00 – 2.000,00 – 1.000,00 – 500,00.
INSCRIÇÃO: R$ 1.000,00 (Hum mil reais), sendo: R$ 500,00 em pules de vencedor e R$ 500,00 em bolsa ao proprietário do vencedor.
Classe: Éguas de 3 e mais anos.
Pesos: Tabela II (3=53 – 4+=60).

PROVA ESPECIAL "CIRO FRARE"
Em 09 de Outubro de 2011
Distancia: 1.400 metros.
Dotações: R$ 2.500,00 – 750,00 – 500,00 – 250,00 – 125,00.
INSCRIÇÃO: R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais), em pules de vencedor.
Classe: Produtos de 3 anos.
Pesos: Tabela I.
***

Obs.: As inscrições para as provas da SEMANA DO G.P. “PARANÁ” G.1, serão encerradas dia 29/09/11, Quinta-feira, às 10:00 horas e os compromissos de montarias dia 30/09/11, Sexta-feira, até às 10:00 horas. Nesta ocasião deverão ser recolhidos os valores correspondentes a INSCRIÇÃO. Esses pagamentos deverão ser feitos em dinheiro ou cheque de emissão do proprietário ou treinador, na Comissão de Corridas ou em nome do JCP, (Banco Bradesco AG.1705-1 c/c-2400-7).

(*) Em caso de parelha, haverá um desconto de 50% sobre o valor da inscrição do segundo animal.

Informações e inscrições, na Comissão de Turfe, fone (41) 3075-2121 - 3075-2110 - 3075-2108 ou 3075-2109.

Três japoneses neste domingo em Longchamp

Três corredores do Japão estarão correndo neste domingo em Longchamp, sendo que dois no Prix Foy (G2), para produtos de quatro anos e mais idade, e um no Prix Niel(G2), para produtos de três anos, dois trials para o Prix de l'Arc de Triomphe (G1).

Neste, estará (foto) Nakayama Knight (Stay Gold e Fiji Girl, por Cacoethes), recente quarto no Tokyo Yushun (G1), o derby japonês, de propriedade de Shinichi Izumi

No Foy, teremos o cinco anos Nakayama Festa (Stay Gold e Dear Wink, por Tight Spot), também de Shinichi Izumi, que, no ano passado, foi segundo nesta mesma prova (dominada por Duncan, um Dalakhani e Dolores, por Danehill), e no Prix de l'Arc de Triomphe (G1), de Workforce (King's Best e Soviet Moon, por Sadler's Wells), e o quatro anos Hiruno d'Amour (Manhattan Café e Share Elegance, por Lamtarra), que venceu este ano a Tenno Sho (G1), de Mazafumi Hirukawa.

Mar Aberto, do Old Friends, ganha a 12ª na África do Sul

O cavalo brasileiro Mar Aberto, 7 anos, filho de Golden Voyager e Candy Face (Royal Academy), de criação do Haras Old Friends e propriedade de Mr H C J Myburgh, venceu na ultima segunda feira, 05/09,em Flamingo Park, na África do Sul, no The Soccer Pinnacle Stakes, R 59,000 de bolsa, sua 12ª vitória em 41 apresentações.

Com Randall Simons no comando das rédeas, Mar Aberto, que é treinado por Johan Myburgh, cruzou o espelho com folga de 9 3/4 corpos sobre Sir Lowry, no tempo de 2:29.60 para os 2.200 metros da pista de areia.

O 8 anos Lawful Leader (Roi Normand), também crioulo do Haras Old Friends, que conta com 17 vitórias em solo sul africano, arrematou na 4ª posição.

NOSSO CAVALO ESTÁ LITERALMENTE PELADO

NOSSO CAVALO ESTÁ LITERALMENTE PELADO

* Futebol, tênis, natação, vôlei, basquete, futsal, briga de galo etc, tá sempre na mídia.

* Uma natural divulgação feita por duplo interesse da televisão e dos patrocinadores.

* E a própria televisão ainda paga milhões de reais a terceiros, pelos direitos de imagem.

* Direitos que os atletas também têm participação generosa. Menos os cavalos, claro.

* Infelizmente o turfe, no bico do corvo, sequer é lembrado fora da mídia especializada.

* E não adianta insistir, pois há muito que os cavalos deixaram de ser notícia no Brasil.

* Má vontade da imprensa ou falta de público mesmo? O que você acha?

* Rio, São Paulo e Porto Alegre, juntos somam 8 reuniões semanais. De bom tamanho.

* Nem por isso despertam qualquer atenção da mídia em geral, salvo nos Grandes Prêmios.

* O Tarumã com apenas duas reuniões mensais, há anos foi esquecido na telinha.

* Dos quatro principais hipódromos, é o de menor atividade. Quase parando.

* Só não fecha, por teimosia dos dirigentes que ainda se esforçam “fabricando” cavalos.

* Hoje nossa Vila Hípica, mesmo com as cocheiras destruídas, está com leitos vagos...

* Diferente inclusive do Cristal, que promove regularmente corridas todas as semanas.

* No Tarumã é impossível e pior será se dois ou três studs se mudarem para outros ares...

* Pois além de cavalos, os criadores, jóqueis, treinadores também estão encolhendo...

* Estão seguindo o mesmo exemplo do patrimônio leiloado. E o tombado que se cuide...

* Não se trata, propriamente, de uma crítica, mas de uma pura e lamentável realidade.

* Nem mesmo os maiorais do eixo Rio-São Paulo, podem mais se gabar de grandeza.

* Essa realidade não é inerente apenas ao Tarumã, mas ao dilapidado turfe brasileiro.

* É triste ver os cavalos correndo, quase sem uma viva alma nas arquibancadas. Natural?

* Uma situação difícil, mas que com boa vontade única nacional poderia ser revertida.

* Mas tem sido impossível pela falta de união do eixo, cada vez mais politicamente mentiroso.

* Gastam dinheiro da sociedade em reuniões, pró-reativação do turfe, só pra inglês ver.

* O cinismo, a irresponsabilidade, a falta de vontade têm sido um denominador comum.

* Tarumã e Cristal participam também, mas pouco “apitam” nas decisões. Quais?

* Quais? Uma boa pergunta, pois há anos as decisões são sempre as mesmas: nenhuma.

* Decisões a nível nacional, pois as regionais, como comércio, vão de vento em popa.

* Tomara que apareça um presidente de Jockey Club, com culhões, para provar o contrário.

Luiz Renato Ribas

DÁ-LHE REQUEBRA é a melhor na preparatória das éguas


DÁ-LHE REQUEBRA é a melhor na preparatória das éguas

Dá-lhe Requebra, com apresentação espetacular, dominou toda a prova. Da largada até a primeira curva, ela disputava a primeira colocação com Serra Pelada. Ao fazer a diagonal, Dá-lhe Requebra abriu vantagem, preservando-a até a curva oposta, quando Fight For Love aproximou-se, na segunda posição. Na reta de chegada, Dá-lhe Requebra abriu ampla vantagem, não dando chance às demais competidoras.

O proprietário da vencedora, Clemente Moletta, estava emocionado com a vitória de sua égua: “Estou mais alegre hoje do que quando ganhei o Paraná, em 2004. Dá-lhe Requebra é filha, de primeira geração, do meu É do Sul. Ela venceu, hoje, éguas com quatro vitórias”.

Dá-lhe Requebra é de propriedade e criação do Haras Clemente Moletta, foi conduzida por L. Chimenes e é treinada por M. V. Lanza.

A ordem de chegada foi: Dá-lhe Requebra (07) - Cantabrigensis (04) - Jurerê (03) - Serra Pelada (01) - Fight For Love (02) - Opulence (06) - Storm Glory (05). Os 1.600 metros foram percorridos em 1,40”2.


JCP

Tablada programa para o próximo domingo

No próximo domingo, dia 11 de Setembro, o Hipódromo da Tablada realizará a 7ª reunião da temporada 2011/2012. Com 5 páreos, a reunião terá início às 13:45min.

Segue abaixo o informativo da reunião em Pelotas. Boa sorte a todos.

1º Páreo - às 13:45min - 1.800m

Animal / Jóquei / Treinador / Proprietário

1- Comandante Sulista / M.Barreto / M.Rodrigues / Stud Sol do Oriente
2- Better Way / L.Amaral / J.Gonçalves / Stud Los Hermanos
3- Cabloco Pretolin / F.Gonçalves / Stud Todos Juntos
4- Reyjavik / V.Montes / A.Saizer / Adão Saizer
5- Quartiere Italiano / J.Mattos / JP.Correa / Stud Magu
6- Under Sun / J.Mattos / JP.Correa / Stud Magu

2º Páreo - às 14:45min - 1.400m

1- Super Galop / M.Barreto / M.Petrechel / Stud 531
2- Polakinho / V.Ferreira / J.Ribeiro / Stud Mecânica Oliveira
3- Principe Dubai / V.Montes / A.Saizer / Adão Saizer
4- Netuno / H.Demarco / P.Ribeiro / Jefferson E. Garcia
5- Mestre Beleza / F.Gonçalves / V.Quintana / Stud Amigos do Comendador
6- Deu Certo / G.Ferreira / P.Ribeiro / Jefferson E. Garcia
7- Victor Rei / J.Mattos / CA.Garcia / Stud Gugu

3º Páreo - às 15:45min - 1.100m

1- Consumidor / H.Demarco / A.Silva / Stud Cavalo Branco
2- Mão Branca / J.Mattos / JP.Correa / Stud Pepeu
3- Harley Davidson / V.Montes / A.Ribeiro / Anwar Georges Saliby
4- Chairman / G.Ferreira / P.Ribeiro / Jefferson Garcia
5- Quioza Dutchamn / L.Amaral / J.Gonçalves / Stud JC
6- Alto Taquari / V.Ferreira / V.Quintana / Stud Colorado
7- Serrano Brilhante / F.Gonçalves /JP.Correa / Stud Magu

4º Páreo - às 16:45min - 1.600m

1- New Royale / V.Montes / JP.Correa / Stud Magu
2- Selo Escarlate / J.Mattos / JP.Correa / Stud JS.Gás
3- Tamborim / M.Barreto / M.Petrechel / Stud Braguinha
4- Quadriveloz / F.Gonçalves / CA.Garcia / José Antonio Wasilieski
5- Noteiro / V.Ferreira / J.Ribeiro / Stud Mecânica Oliveira
6- Faceiro / G.Ferreira / P.Ribeiro / Stud Irmãos Vanier

5º Páreo - às 17:45min - 500m

1- Pike Gregoriana / F.Gonçalves / D.Neves / Stud Alles Blau
2- Machado Corunilha / G.Ferreira / J.Rodrigues / Eduardo Fonseca
3- Forte / V.Ferreira / R.Teixeira / Stud Paulinho Loterias
4- Quality Princess / J.Mattos / JP.Correa / Stud Quality Turfe
5- Fritz do Rosa / L.Amaral / J.Gonçalves / Breno Jaeckel
6- Wild Tiger / V.Montes / J.Pereira / Valter Oliveira

por Eluan Turino

Amorim, Programa Oficial para este domingo

No próximo domingo, dia 11 de Setembro, o Jockey Club de Cachoeira do Sul realizará a 6ª reunião da temporada 2011/2012. Com 3 páreos, a reunião terá início às 14:30min.

Segue abaixo o informativo da reunião no Hipódromo do Amorim. Boa sorte a todos.

1º Páreo - às 14:30min - 1.400m

Animal / Jóquei / Treinador / Proprietário

1- Matajáchampion / AR.Marques / JC.Vieira / Stud Farrapos
2- Bardosa Baby / J.Correia / M.Santos / Stud Pé Esquerdo
3- Valledurpar / JA.Rodrigues / L.Flacsh / Lauri Flasch
4- Hot Very Hot / - / JC.Vieira / Stud Farrapos

2º Páreo - às 15:30min - 1.200m

1- Juiz da Luz / MD.Oliveira / C.Vargas / Stud 4 Amigos
2- Shintori / JA.Rodrigues / M.Santos / Stud Carol & Cauane
3- Pataleio / - / JC.Vieira / Stud Lost Star
4- Amigo Gudbem / J.Correia / F.Loureiro / Flávio Loureiro
5- Hug / - / VB.Oliveira / Stud Irmãos Oliveira
6- Xwife / - / O.Domingues / Stud Ferragus
7- Torrential Kid / AR.Marques / V.Dias / Luciane Machado

3º Páreo - às 16:30min - 1.200m

1- Loagan / J.Correia / C.Vargas / Stud Churrasco & Cerveja
2- Urban Anki / JA.Rodrigues / L.Loureiro / Lauri Loureiro
3- Alarme Falso / AR.Marques / I.Escobar / Stud Pachuca
4- Metamorfose / - / F.Loureiro / Eduardo Rodrigues
5- Mirage da Luz / - / JC.Vieira / Stud Lost Star
6- Diatibaia / - / G.Rodrigues / Stud AP

por Eluan Turino

Joquetas promessa de carreira sensacional

O Jockey Club Brasileiro irá realizar na próxima semana, mais precisamente no sexto páreo de domingo, dia 11 de setembro, uma prova com a participação de oito das principais joquetas brasileiras.

A carreira contará com o patrocínio do Top Fashion Bazar, que sorteará R$1.000,00 em vales compras. A partir de quarta-feira, o cliente que comprar o ingresso, receberá um cupom para colocar na urna que estará localizada na entrada do bazar. O sorteio acontecerá logo após o 6º páreo e a presença dos sorteados na hora da prova será fundamental, pois os vales só serão entregues mediante a presença dos mesmos, tendo até 5 minutos de tolerância.

Participarão do páreo as joquetas:

Mariane Cortes Beatriz (M. Beatriz) – 19 anos, gaúcha de Carazinho e hoje atuando no Jockey Club do Paraná, após ter entrado no turfe pela Escolinha de Aprendizes de Cidade Jardim.

Aderlândia Alves Ferreira (Ad. Alves) – 33 anos, cearense de Acopiara. A mais experiente do grupo e também a com o maior número de vitórias, cerca de 300.

Jacqueline Cabral da Silva (Jacqueline Cabral) – 19 anos, gaúcha de Carazinho e montando no Hipódromo de Cidade Jardim.

Halytheia Carolina de Oliveira Cordova (H. Cordova) – 21 anos, paulista de São Vicente, montando no Hipódromo de Cidade Jardim e casada com o jóquei Vagner Leal.

Barbara Melo (B. Melo) - 22 anos, gaúcha de Itaqui, radicada no turfe paranaense, começou participando de provas de obstáculo, mas quando se mudou para Curitiba e visitou o Jockey pela primeira vez, se apaixonou pelo esporte.

Josiane Gulart Gonçalves (J. Gulart), 26 anos, nascida em Carazinho, no Rio Grande do Sul, começou sua carreira no Hipódromo da Gávea, sendo a recordista de vitórias da Escolinha de Aprendizes antes de se transferir para o turfe paulista.

Maylan Studart – (M. Studart), 22 anos, nascida no Rio de Janeiro, começou sua carreira na Gávea, venceu dois torneios para joquetas, um no Cristal e outro em São Vicente. Transferiu-se para o turfe norte americano e monta nos Hipódromos de Belmont Park, Gulfstream Park, Aqueduct, Calder, entre outros.

Marcelle Marques Martins (Marcelle Martins), 17 anos, nascida no Rio de Janeiro, filha do ex-jóquei Carlos Alberto Martins. Aprendiz de 3ª e uma das revelações do turfe carioca.

JCB

CC do JCB instaura inquérito sobre o 9º páreo de segunda-feira

SECRETARIA DA COMISSÃO DE CORRIDAS
JOCKEY CLUB BRASILEIRO
BOLETIM OFICIAL Nº 26 de 8 de SETEMBRO de 2011
RESOLUÇÕES DA COMISSÃO DE CORRIDAS

Em 8 de SETEMBRO de 2011

A Comissão de Corridas, com base no artigo 10, IV, no código nacional de corridas, resolve instaurar inquérito para apurar ocorrências no 9º páreo da reunião nº 78 no dia 05 de setembro último, designando como membros da comissão de inquérito: Benedito Caeté Ferreira Filho, Roberval Baeta Neves, Mayra Nouer Frederico.

Fonte: JCB

Nos bastidores do Madalena

O Governador de Pernambuco, Dr. Eduardo Campos, se fará presente no próximo domingo no Hipódromo da Madalena, quando o Jockey Club fará sua costumeira homenagem ao representante máximo da classe política do Estado. Como em todos os anos, desde que iniciou seu primeiro mandato, se fará acompanhar de diversos Secretários e de seus familiares.

O recapeamento asfáltico da área de entrada e estacionamento do hipódromo, alem da recuperação viária de todas as ruas da Vila Hípica, está sendo realizado e tudo estará em ordem para a festa do Governador, que contará ainda com a inauguração do starting-gate para os pôneis, em prova cujo homenageado é o jovem José Henrique Andrade Lima Campos, filho caçula do governador e apaixonado pelo esporte.

A programação turfística se realizará com entrada franca e portões abertos numa iniciativa da Diretoria do Jockey Club de Pernambuco.

No GP Governador do Estado, 2000 metros, é grande a expectativa dos turfistas. Tango Arrabalero (5.Wondertross), que vem de duas vitórias clássicas consecutivas vai enfrentar novamente o arenático clássico Tatamovich (5.Vision and Verse), que estreiou fazendo segundo muito perto, no GP Manoel Medeiros.

Verano (6.Invitato Mio), fácil ganhador ao estreiar em 1900 metros no GP Roberto Sá, é outro forte concorrente, além do consagrado Jujuy (6.First American) que vem recuperando sua melhor forma, e ainda Public State (7.Public Purse) outro arenático clássico, que deve chegar na briga.

No campo da prova ainda Deuzeito (5.Crimson Tide) e Sentimento (6.Astor Place) que ostentam ótima forma e mais o Charmant (4.Burooj), o mais novo da prova, que obteve 3 vitórias aos 3 anos em Cidade Jardim, na pista de areia.

O Stud Big Boss, de Joaquim Moreira lidera as estatísticas de Proprietários temporada 2011/2012 com 3 vitórias. O Haras Bongy, José Hailton de Arruda e os Studs São José dos Bastiões, Sampaio, Entre amigos e Remar, vem a seguir com 2 vitórias.

Alan Maciel (A. MACIEL) aprendiz de 3ª categoria, e o veterano J. Julio, ambos com 5 vitórias lideram entre os jóqueis, com o aprendiz de 2ª Anderson Paiva (A. PAIVA) a seguir, com 4 vitórias.

Entre os Treinadores a liderança é de João Barros (J. A. BARROS) com 5 vitórias, seguido de Rico Gomes (R. GOMES) e Paulinho Nascimento (P. NASCIMENTO) com 3 vitórias cada.

Sentimento (6.Astor Place) do Stud Entre Amigos é o único cavalo a ter vencido 2 provas na atual temporada.

Astor Place (IRE) e Torrential (USA) ambos com 3 vitórias cada, lideram entre os Reprodutores na Madalena e o Haras Xará/Mineral Park é o líder entre os Criadores, também com 3 vitórias de seus crioulos na atual temporada.

Por Bento Magalhães

TARUMÃ, NOTÍCIAS DA COMISSÃO DE TURFE

NOTÍCIAS DA COMISSÃO DE TURFE - Suspender... por 90 (noventa) dias, a partir do dia 13/9/11, cada, os treinadores Julio Cesar de Moura Rosa (Free Julia) e Olívio Zantedeschi (Selo Empire), ganhadores do 2º e 8º páreos, respectivamente, da reunião nº. 504, de 12/8/11, por infração do Art. 163 do CNC (ministrar substância proibida enquadrada no Grupo II a que se refere o Art. 163 § 4º do CNC, conforme exame do material colhido). Desclassificar... o animal Free Julia, ganhador do 2º páreo da 504ª reunião, de 12/8/11, para 8º (último) lugar, sem direito a qualquer prêmio, classificando: 1º Tchau Girl, 2º Petite Nicole, 3º Flippers Gais, 4º Vitoriosamente, 5º Bulova, 6º Ditadura e 7º Aroeira. O animal... Selo Empire, ganhador do 8º páreo da 504ª reunião, de 12/8/11, para 9º (último) lugar, sem direito a qualquer prêmio, classificando: 1º Visible Wind, 2º Triunfo, 3º Angico, 4º Durango, 5º White Green, 6º Vow Vow, 7º By Brazil e 8º Dourado. O animal... Desclassificar Tchau Girl, ganhador do 10º páreo da 505ª reunião, de 26/8/11, para 8º (último) lugar, sem direito a qualquer prêmio, classificando: 1º Lance Genial, 2º Dá-lhe Porto Belo, 3º Lesto Di Gambe, 4º Ditadura, 5º Flight To Dubai 6º Fast Gais, 7º Vida Buena. (Conforme o Art. 176 § único do CNC). O animal... Visible Wind, ganhador do 7º páreo da 505ª reunião, de 26/8/11, para 6º (último) lugar, sem direito a qualquer prêmio, classificando: 1º Bistro Di Silver, 2º Doctor Stoke, 3º Durango, 4º Gangster, 5º Dissimulado (conforme o Art. 176 § único do CNC). Multar... em R$ 170,00, cada, os treinadores J.Cesar (Free Julia) e O.Zantedeschi (Selo Empire), por infração do Artigo 163 § 5º do CNC. Determinar... conforme enquete feita, junto aos treinadores, que fica prevalecendo a raia externa fechada as segundas-feiras. Fica autorizado... que os Produtos da Geração 2009 poderão realizar trabalhos fortes na pista externa. Requerimento... deferido para o treinador Ivo Poncio de Oliveira, para trabalho.

por Dalton Mehl Andrusko

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Anne P Smith

Brasileiros já estão em Dubai

Brasileiros já estão em Dubai

Campeã de pencas e ganhadora de 8 em 9 atuações em 4 hipódromos diferentes, a alazã She Wants, criação Araras, já está naquele emirado, onde deverá atuar no "Challenge" a partir de Novembro. Junto com a ex-pupila do Dr. Adriano Quadros chegou o inédito Key Man, preço-record de leilões de "yearlings" no Paraná, arrematado por US$120,000.

Os 2 pertencem à filha do Sheikh Mohammed al Maktoum, "ruler" de Dubai

Estes animais foram adquiridos no Paraná através da TBS, sendo She Wants vendida diretamente e Key Man, crioulo do Haras Santarém, por telefone durante o Leilão Internacional de 2010.

fonte: TBS

9 de setembro, dia do Veterinário

Os cascos, cujo eco dá vida às vilas hípicas e pistas de corridas do Brasil à fora, por menor que seja o seu tamanho em comparação a outras partes do animal, são os responsáveis pela sustentação de um arranjo físico extremamente complexo. São músculos, ossos, veias, tecidos fibrosos, enfim, uma série de estruturas que dão corpo, literalmente, a esta paixão – comum a todos nós – que é o cavalo. Tudo parece funcionar de maneira tão certeira, e há tanta força armazenada naquelas curvas e articulações, que muitas vezes pensamos ser o animal uma verdadeira máquina.

E quando toda essa perfeição vem a falhar? Seja pela falta de sensatez humana, seja pelas mais do que naturais fragilidades dos organismos, fato é que o eqüino, independentemente da sua raça ou estado, também pede por ajuda. E é nessas horas que os troféus, dinheiro, poder e os nomes constantes nos programas saem de cena, deixando recair a responsabilidade do cuidado nas mãos de um Veterinário.

São anos e anos de estudo visando aperfeiçoar uma vocação que, na maioria das vezes, já se manifesta desde a infância do referido profissional. As noites trocadas pelos livros se misturam com uma experiência continua, angariada no dia-a-dia, e que contempla esta tão incrível profissão. Findos os esforços acadêmicos, chega a hora de se colocar todo o conhecimento até ali adquirido em prática, e, no caso do Veterinário, com um adicional no tocante aos desafios: não obstante as dificuldades e exigências postas frente a um profissional da saúde, o Veterinário tratará de “pacientes” mais do que especiais, e que, pasmem, não dizem uma palavra sequer.

Portanto, não basta apenas a habilidade clínica, o entendimento na hora de se analisar uma radiografia, por parte do Veterinário. Suas convicções e entendimentos precisam ser emergidas numa boa dose de feeling, para que o contato homem-animal seja o mais produtivo possível. E é tão marcante a figura do Veterinário, que, tomemos como exemplo o nosso meio, o mundo do turfe: será ele que estará puxando os anteriores do potro na hora do parto, assim como lhe caberá a ingrata missão de aplicar a injeção letal no corredor seriamente lesionado, que precisa ser sacrificado.

Quantos são os “craques” que só puderam desfrutar da glória das vitórias por intervenções bem sucedidas de um Veterinário? Aliás, com o avanço da tecnologia e um consequente maior poder de alcance da medicina, o bom Veterinário é indispensável a uma equipe que vise galgar bons resultados no turfe, de Norte a Sul, de Leste a Oeste. A sua (positiva) interferência é cada vez maior, e hoje, contrariando um quadro que se via há algumas décadas atrás, não se trata apenas de um luxo contar com um qualificado Veterinário amparando todo o trabalho de uma cocheira ou de um haras. Eis uma real necessidade, haja vista os males que podem ser evitados, e as melhoras possíveis de serem conseguidas, pelas mãos de pessoas assim.

Quando “os competidores cruzam a linha de chegada”, as emoções do turfista refletem as comemorações do jóquei, à vibração do treinador, ao troféu erguido pelo proprietário no púlpito de premiação. Injustamente, o Veterinário muitas vezes passa despercebido neste processo, pois o mesmo “não joga para a torcida”, atuando muito mais nos bastidores, do que perante as câmeras e aplausos. Contudo, isso nunca será motivo para que se deixe em segundo plano indivíduos tão fundamentais para toda uma atividade, e que têm no amor pelo animal o seio do seu profissionalismo.

Hoje, 9 de Setembro, Dia do Veterinário, o Raia Leve cumprimenta e, presta uma singela homenagem, a esta formidável classe profissional.

Parabéns a todos os Veterinários, em especial aos que se dedicam ao turfe.
Nosso muito obrigado.

Diretoria da ACPCPSI

Tarumã indicaçõe de Roberto Micka

INDICAÇÕES: Roberto Micka
1º Páreo: Como o Haras Rio Iguassu está em grande fase, para abrir a reunião vamos com Esperta Do Iguassu (7), que larga pela melhor baliza. Como principal rival outra estreante, Joinville Couer (4). Euforia Kraque (3) depois.

Esperta Do Iguassu (7) - Joinvulle Couer (4) - Euforia Kraque (3)

2º Páreo: Contrato De Risco (7) estreou com carreira razoável e agora pode vencer. Seu grande adversário é Ever Speed (10), que tem duas boas atuações.

Contrato De Risco (7) - Ever Speed (10) - Video Station (5)

3º Páreo: Carreira difícil entre Tiger Woods (3), que sempre é levado em alta conta, Shoot Star (2) que está em grande forma e Chevalier (1) , que correu nada menos que o “Major Sucow”, prova de velocidade do GP Brasil.

Tiger Woods (3) - Shoot Star (2) - Chevallier (1)

4º Páreo: Espártaco (4), que fez segundo em turma superior a esta, pode conquistar seu primeiro triunfo no Tarumã. Zé Bala (8) está sendo levado na certa e fica como rival de nosso indicado.

Espártaco (4) - Zé Bala (8) - Joy Joy (4)

5º Páreo: Lord Captain (5) teve forte hemorragia na última mas volta recuperado. Se falhar o nosso favorito, a vitória será de Prega Fogo (4), que sempre chega entre os ponteiros.. Barra Funda (6) e Paulo De Lorena (3) disputam o terceiro posto.

Lord Captain (5) - Prega Fogo (4) - Barra Funda (6)

6º Páreo: Prova equilibradíssima. Mimoso (2) voltou da Gávea com carreira razoável e poderá vencer desta feita. Itacuã (4) venceu bem e pode repetir. Cuidado com Grand Dodge (3), que caiu para o claiming, e Peak Famous (5), que está melhor para esta carreira.

Mimoso (2) - Itacuã (4) - Grand Dodge (3)

7º Páreo: Dá-Lhe Requebra (7) foi preparada especialmente para esta carreira e leva o nosso voto . Serra Pelada (1), que secundou a excelente corredora Usibelli, é grande rival. Cantabrigensis (4) que correu páreo com os machos em Cidade Jardim, não pode ser desprezada.

Dá-lhe Requebra (7) - Serra Pelada (1) - Cantabrigensis (4)

8º Páreo: O ligeiro Dá-Lhe Santarém (1), larga bem balizado e pode vencer de “bandeira a bandeira”. Uribia (2) chegou chegou perto na última e agora pode passar na frente. This And That (4), Aforada (6) e El Negro (5) podem chegar bem colocados.

Dá-Lhe Santarém (1) - Uribia (2) - This And That (4)

9º Páreo: Time To Love (6) corre esta preparatória ao “GP Paraná” como força da carreira, mas tem que se cuidar com Valet Park (2), que está bem trabalhado, e Scrittore (1), que correu provas encorpadas na Gávea.

Time To Love (6) - Valet Park (2) - Scrittore (1)

10º Páreo: Full Pocket (10) e Well Rouge (6), que perderam para “recorde” na última, devem decidir esta carreira. Muita atenção em Joe Manager (8) foi apostadíssimo em sua estréia e fracassou, e deve voltar melhor agora.

Full Pocket (10) - Well Rouge (6) - Joe Manager (8)

11º Páreo: Vidiz (2), apesar de corridas fraquíssimas, pegou páreo desfalcado e por isso será o nosso indicado. Se o nosso indicado falhar, a vitória deve ficar entre Sol Y Noche (8), que agora está mais aguerrido, o ligeiro Bon Bini (9), que fez bom segundo parando no finalzinho, e Londrinita (10), que será melhor conduzida agora.

Vidiz (2) - Sol Y Noche (8) - Bon Bini (9)

San Isidro com cara bem Brasileira


Principal disputa no ultimo domingo no turfe argentino – San Isidro – o Clasico Ecuador (gr.II), em 1.600 metros na grama, para produtos de 4 e mais anos, foi marcado por um desfecho com uma cara bem brasileira.

Em final bastante disputado, prevaleceu Curioso Slam (Grand Slam), de criação do Haras Firmamento e propriedade da Caballeriza La Pampita, que recebeu condução impecável de Altair Domingos. A pescoço, na segunda colocação, arrematou My Golan, do Haras Moema, que teve em seu dorso Jorge Ricardo. Pick Out completou a trifeta.

Pablo Sahagian é o treinador de Curioso Slam, que parou os cronômetros na marca de 1:34.42.

por Victor Corrêa

Tarumã, indicações de Arthur de Almeida

INDICAÇÕES: Arthur de Almeida
1º Páreo - Páreo para potrancas sendo quatro delas estreantes. Vamos com uma das estreantes, sendo ela Top Emotion, do treinador Ivo Oliveira (Toco) que ganhou penca na Fazenda Rio Grande. Dizem as “más línguas”, que é só a joqueta se segurar em cima, para não cair, que ela ganha sozinha. Diferenças, Joinville Couer que estreia comentadíssima e Esperta do Iguassu que larga em uma pedra ótima.

Indicação: Top Emotion(2), Joinville Couer(4), Esperta do Iguassu(7).



2º Páreo - Páreo dos mais difíceis da reunião. Vamos de Contrato de Risco (filho do Amigoni), pupilo do competente e vencedor treinador Júlio César de Moura Rosa (J.Cesar), crioulo do Springfield da família Soifer, que estreou com um quinto, é levado agora com muita esperança, ainda mais filho de Amigoni na pesada. Diferenças Ever Speed , que vem de duas ótimas carreiras (2º e 3º) e Lassú, que pelos trabalhos não corre só aquilo que apresentou na estreia, olho.

Indicação: Contrato de Risco(7),Ever Speed(10), Lassú(11).



3º Páreo - Prova Especial Policia Militar do Paraná, em 1200 metros, preparatória do Velocidade da semana maior do Turfe Paranaense. Páreo equilibradíssimo, que deve ser decidido por Shoot Star, Chevalier (se apertar em cima, tem que vir o “trator rebocar” nos 200 finais) e Tiger Woods(levado de barbada, trabalho da semana não animou) e Senhor Tufão (vai pesado), animais da mais alta qualidade quando se fala em velocidade. O melhor percurso ganha o páreo. No Pick 3 inicial, se jogar, tem de colocar os quatro. Por questão de peso, fica a ordem.

Indicação : Shoot Star (2), Chevalier(1), Tiger Woods(3),Senhor Tufão(4).



4º Páreo - Na última corrida, voltando após 11 meses de parado, Zé Bala fez um bom segundo e agora com mais aguerrimento deve decidir a vitória com Joy Joy, com quatro vitórias vem do RJ, é uma semana melhor que a turma, já que o páreo misturou e vai com 4 quilos do aprendiz a menos. Cuidado. Outras diferenças, Dá-lhe Universo sempre se chegando e indo leve pode assustar. Espártaco é outro que pode chegar brigando e o Treinador M.V. Lanza acha muito boa carreira.

Indicação : Zé Bala(8),Joy Joy(4), Dá-lhe Universo(1), Espártaco(5).



5º Páreo - Abertura do Pick 7.

Esse páreo, o turfista que acompanha as carreiras do Tarumã sabe de cor e salteado que, quem leva é Lord Captain e faz segundo Prega Fogo. Essa dupla já deu várias vezes, e no nosso entendimento é “morta”. Terceiro nome Paulo de Lorena.

Indicação: Lord Captain(5), Prega Fogo(4), Paulo de Lorena(3).



6º Páreo - Páreo de Claiming na distancia de 1300 metros. Indicaremos Gran Dodge, muito comentado nos bastidores, pode levar. Itacuã que pela última vitória nesse mesmo Claiming, não pode ser desprezada. Como terceiro nome o sempre esperado Mimoso.

Indicação: Gran Dodge(3), Itacuã(4), Mimoso(2).



7º Páreo - Prova Especial Francisco Castellano Neto, na distância de 1600 metros. Vamos de Storm Glory, com boa campanha na Gávea e já frequentou turmas bem mais encorpadas, já contando com 4 vitórias. Como diferenças Serra Pelada e Dá-lhe Requebra. Turma é turma e tem que respeitar.

Indicação: Storm Glory(5), Serra Pelada(1),Dá-lhe Requebra(7).



8º Páreo - Páreo equilibrado, seria uma boa indicação o animal Dá-lhe Santarém, porém volta de recuperação e o páreo vai sair muito ligeiro pra ele, motivo pelo qual vamos de Aforada com bom rateio para o Pick 7. Segundo nome, indicamos This and That, deixando Dá-lhe Santarém como terceiro nome.

Indicação: Aforada(6), This and That(4), Dá-lhe Santarém (1).



9º Páreo - ABERTURA DO OPPEN BETTING (R$4.000,00)

Vamos indicar um poule boa nesse páreo, Scrittore que vem do RJ com boa campanha deve levar, pois é um dos poucos que vem correndo distância similar a essa de 2000 metros, constantemente. Diferenças, Time to Love, que já ganhou pesos especiais na distância. É animal de categoria, não pode ser esquecido em hipótese alguma e Bistrô di Silver, que só correu uma e ganhou na milha e vai caprichado pelo Márcio Gusso e pilotado pelo V.Rocha, campeão da ultima estatística, não pode ser esquecido.

Indicação: Scrittore(1), Time to Love(6),Bistrô di Silver(3).



10º Páreo - Full Pocket vai largar bem por fora e no fim da reta oposta, vai fazer a diagonal, assumir a ponta e levar esse 10º páreo. Diferenças Colossus, sempre faturador e Gangster, sempre comentado e nunca confirma. Pode ser agora, olho.

Indicação: Full Pocket(10), Colossus(4), Gangster(1).



11º Páreo - QUADRIFETA COM GARANTIA DE R$ 7.000,00.

Páreo duro, dois animais devem decidir, Londrinita e Vidiz. Vamos insistir em indicar Londrinita, que na última fez um terceiro lugar, apesar de estar com honras de favorita, matando bolo de muita gente. Desta vez no rigor do Pires (E.P.Santos) e bota rigor nisso, pode “tomar juízo”. Diferenças, Vidiz que tem mais de 10 vitórias, já correu Brasil afor a, ganhando até GP em Goias. Depois, Sol Y Noche e Double Gate. O apostador que puder tem que carregar nas indicações e na quadrifeta, sair de 10 e 2.

Indicação: Londrinita(10), Vidiz(2), Sol Y Noche(8) Double Gate(1).

Na Gávea, oito provas abrem o conjunto de reuniões

Apresentando oito páreos, o Jockey Club Brasileiro realiza sua reunião de sexta-feira, com o início marcado para as 17 horas. Uma das provas de melhor nível técnico da reunião é a segunda, para produtos de 6 anos e mais idade com até oito vitórias, em 1.300 metros, pista de areia.

Nixon In China (First American), criação do Haras Tributo À Ópera e propriedade de Sinval Domingues de Araújo, vem sendo mantido em ótima forma, conta com bom reforço do Just Let Me Pass e pode voltar a vencer na direção do C.Lavor. Apresentação de V.Paim.

Crepúsculo (Wondertross), criação do Agro Pastoril Tibagi Ltda e propriedade do Stud Tutuca, deve ficar na expectativa por dentro e na reta deve entrar na disputa pelas primeiras posições. Azul Marinho (Choctaw Ridge), animal de boa categoria, mesmo reaparecendo deve ser respeitado.

O simulcasting com o Hipódromo do Tarumã (11 páreos), começa um pouco mais cedo, às 16 horas.

A seguir, comentários e indicações. Boa sorte!

1º Páreo – Mais ambientado à distância, Quero Alegria pode engrenar a tempo de levar a melhor. O americano do Haras Anderson Alfa Master deve ser respeitado e olhado com atenção no cânter. Visionário, reaparecendo, e Lateral esquerdo, a seguir.

3º Páreo – Mesmo com a presença de éguas ligeiras, Hoje Infinitamente surge como a força da prova, pois vinha encarando provas mais encorpadas e pode encostar aos poucos por aqui. Homing Missile pode atropelar para formar a dupla. A estreante Reatret Famous, a seguir.

4º Páreo – Vem Nessa contou com a preferência do Correa e pode acompanhar de perto a ligeira Vision Negra e na reta tentar levar a melhor. A parelha do Haras Nacional surge como principal inimiga da nossa indicada. Vision Negra, aliviada no peso e bem balizada, também é rival.

5º Páreo – Log Out, contando com boa descarga, pode superar seus problemas locomotores e levar a melhor. Legge tem tudo para voltar a atuar com destaque dessa vez, sendo grande rival. Xarinha e King Leonardo, a seguir.

6º Páreo – O ligeiro Ultimate Power pode fugir na primeira parte do percurso como de costume e não ser mais alcançado dessa vez. El Gran Chacal, apesar de seus problemas, tem categoria para brigar pela vitória. A seguir, Foguete Mineiro.

7º Páreo – De lasix pela primeira vez, Bonjour pode engrenar a tempo de levar a melhor. Aliviado no peso, Bizonte pode tomar a ponta e endurecer a parada. Don Talk, vindo de boas atuações, e Black Dragon, mantido em boa forma, também ameaçam.

8º Páreo – Igloo, vindo de boas atuações, leva nosso voto. Muchacho Mio, melhor enturmado dessa vez, pode atropelar a tempo de brigar pela vitória. Amico Violin e o estreante Inquebravel também ameaçam.

Indicações:

1º Páreo - Quero Alegria (2) – Alfa Master (4) – Visionário (3)
2 º Páreo - Nixon In China (4) – Crepúsculo (1) – Azul Marinho (2)
3 º Páreo - Hoje Infinitamente (6) – Homing Missile (2) – Reatret Famous (4)
4 º Páreo - Vem Nessa (4) – Flynn (3) – Vision Negra (1)
5 º Páreo - Log Out (6) – Legge (2) – Xarinha (3)
6 º Páreo - Ultimate Power (3) – El Gran Chacal (6) – Foguete Mineiro (7)
7 º Páreo - Bonjour (4) – Bizonte (6) – Don Talk (5)
8 º Páreo - Igloo (7) – Muchacho Mio (6) – Amico Violin (4)

por Thiago Fernandes

Itapoá , II Grnade Prêmio Porto de Itapoá

ITAPOÁ (SC) - Tem nova data - 23, 24 e 25 de setembro - o II GP Porto Itapoá, em 500m (trilhos individuais), reservado a Produtos PSI registrados no Stud Book de origem, Geração 2008, inéditos, perdedores e ganhadores de terno e ganhadores de penca. Pesos: Inéditos - Fêmeas/50Kg e Machos/52Kg, os já corridos perdedores, ganhadores de terno ou penca, sobrecarga de 0 a 10Kg, a critério da C.C.. Inscrição: R$ 3 mil (chave com dois animais, R$ 4,5 mil), Lance de Obrigação: R$ 3 mil. Premiação: R$ 30 mil ao proprietário ganhador, R$ 15 mil ao treinador vencedor, aos demais 5% das apostas em animal de sua responsabilidade. Programação: Enfrene - 5ª Feira (15/9); Apresentação - 6ª Feira (16/9) - 16h - Apresentação dos participantes do GP; 20h - Início dos remates. OBS.: Prova patrocinada pelo Porto Itapoá, com apoio do Real Park Invest. A C.C. reserva-se o direito de excluir qualquer animal que venha a prejudicar o evento. Informações: (41) 9982-8787.

Uvaranas renascendo para as carreiras



Uvaranas renasce para as carreiras
Parabéns

Missa de Almiro Paim será no sábado, dia 10

A missa de 7º dia em memória do treinador Almiro Paim Filho, será no próximo sábado, dia 10 de setembro.

A cerimônia está marcada para as 11 horas na Igreja da Providência, que fica na Rua Lopes Quintas, Jardim Botâncio, Rio de Janeiro.

Sr. Almiro faleceu no dia 4 de setembro, aos 82 anos, no Rio de Janeiro.

GRANDE PRÊMIO GOVERNADOR DO ESTADO DE PERNAMBUCO TERÁ 9 CONCORRENTES

O GP Governador do Estado de Pernambuco, tradicional e importante prova do calendário turfístico do Jockey Club de Pernambuco, na versão 2011, reuniu 9 inscrições sendo o maior atrativo da reunião do domingo, 11 de setembro. Estarão envolvidos na disputa alguns dos melhores fundistas do Nordeste, servido de teste efetivo para os Grandes Prêmios Edísio Pereira e Bento Magalhães, a serem disputados, respectivamente, nos dias 23 de outubro e 27 de novembro próximos.

Foram 37 animais PSI inscritos e mais 6 pôneis, divididos em 7 provas que prometem levantar o público no Hipódromo da Madalena. Serão dois os estreantes: o potro Vivano, ganhador clássico no Hipódromo do Tarumã, e Udaloi do Faxina, vencedor em duas oportunidades no Hipódromo de São Vicente/SP.

As provas terão início mais cedo, às 13:50, e término programado para as 17:10. Venha e traga a sua família para mais esta tarde turfística de grandes emoções, pois Domingo é dia de Jockey e o Turfe é a sua melhor diversão. Desta feita, a pedido do Governo do Estado, a entrada será gratuita e, portanto, a Geral estará fechada.

A seguir, os prognósticos de cada páreo. Boa sorte!

TEMPORADA 2011/2012
PROGRAMA DA 6ª CORRIDA
DOMINGO, 11/09/2011


1° Pareo – 1000 Mts – 13:50 hs.
1ª PROVA TRÍPLICE COROA -PRÊMIO MOSSORÓ
1 – PERSONALIDADE 53 1
2 – ANGEL LUX DEPIGUA 53 2
3 – ZUCCO 55 3
4 – CABO DE AÇO 55 4
Indicações: Zucco – Personalidade (3-1)

Páreo vazio, mas reunindo os expoentes da geração 2008, onde Zucco tem destaque. Animal que venceu algumas provas e evoluiu bastante, tendo enfrentado bons corredores mais velhos, ficando com a nossa indicação firme para a ponta. Para a dupla, optaremos por Personalidade, cria do Haras Depiguá , grande e justo homenageado nas provas da Tríplice Coroa pernambucana. Porém cuidado com o belo Cabo de Aço, que produziu boa apresentação na estreia e tem tudo para melhorar, podendo ser a surpresa do páreo.

2° Pareo – 1300 Mts – 14:20 hs.
1 – NUNCA NESTE PAIS 52 1
2 – ILMAR 55 2
3 – DUPLA SORTE 55 3
4 – BIZÃO NEGRO 58 4
5 – CAMPUS DRIVE 55 5
Indicações: Ilmar – Bizão Negro (2-4)

Páreo em que dois animais se destacam, sendo difícil definir a ordem: Ilmar, animal de bons recursos, mas que, apesar da vitória, produziu uma apresentação aquém do esperado; e Bizão Negro, que na estreia secundou a Rincho e, na sequência, derrotou Vôo Solo. Ficaremos com a ordem descrita. Dos demais: Nunca Neste País trabalhou bem na estreia, mas não confirmou, esperando-se melhor atuação desta feita; Dupla Sorte vinha de uma longa inatividade, mas chegou próximo de Bizão Negro e Vôo Solo, podendo ser a surpresa; Campus Drive retornou de cura correndo bem menos, por isso, vamos conferir.

3° Pareo – 1400 Mts – 15:00 hs.
1 – DAUNTLESS EMBLEM 55 1
2 – MILWALKER 55 2
3 – ALTO PARANA 55 3
4 – SEASON THUNDER 52 4
5 – BURILADO 55 5
6 – FONTECCHIO 55 6
Indicações: Alto Paraná – Dauntless Emblem (3-1)

Alto Paraná vem de perder duas corridas incríveis contra Senhor Kirov e Ilmar, animais que seriam forças aqui, por isso, terá a nossa indicação para a ponta, mas longe de ser barbada, sobretudo pelo aumento da distância. Terá em Dauntless Emblem seu mais temível rival. Dos demais: Fontecchio volta de parado após baixa de turma, podendo surpreender; Milwalker está muito aquém de seus melhores dias em Cidade Jardim. Sabe muito mais, por isso, vamos ver se deslancha agora.

4° Pareo – 1600 Mts – 15:40 hs.
1 – UNDER ATLANTIC 58 1
2 – FILHO DO SUCESSO 55 2
3 – RINCHO 55 3
4 – DIA SONHADO 55 4
5 – MENOTTI 55 5
Indicações: Under Atlantic – Rincho (1-3)

Páreo vazio, mas de difícil prognóstico, onde todos os animais têm reais chances de vitória. Under Atlantic, pela categoria e pela estreia, irá com a nossa indicação para a ponta, mas o páreo endureceu bastante. Para a dupla, Richo, que vem de boa vitória ante a Bizão Negro. Filho do Sucesso deu um vareio na turma e tentou o Clássico Roberto Sá com relativo sucesso. Menotti enfim correu o que sabia, atuando mais próximo e derrotando animais de boa categoria. Dia Sonhado melhorou muito e, se recuperar a velha forma, será osso duro de roer aqui.

5° Pareo – 1600 Mts – 16:20 hs.
1 – UNTAL 55 1
2 – UDALOI DO FAXINA 55 2 EST
3 – VALET DI JOSEFINE 55 3
4 – VIVANO 55 4 EST
5 – UP HILL KING 55 5
6 – PAUL GARDEN 55 6
7 – KEY BOARD 55 7
8 – URUTAGO 52 8
Indicações: Vivano – Up Hill King (4-5)

Autêntico “clássico” da 10ª.e 11ª. Turmas, onde o estreante Vivano, ganhador clássico no Tarumã/PR tem destaque. Recém-chegado, se correr o que sabe, é uma autêntica barbada. Para a dupla, ficaremos com Up Hill King, que estreou marcando 96s e fração para os 1.500 metros, o que não é para qualquer um. Dos demais: Untal venceu bem em sua segunda apresentação, marcando tempo semelhante ao de Ilmar; Valet di Josefine foi atrapalhado na última e desceu de turma. Aqui é inimigo temível; Udaloi do Faxina tem duas boas vitórias em São Vicente/SP e mais duas vitórias de claiming em Cidade Jardim. Trabalhou bem e pode surpreender; Key Board, de boa estreia, pode ser outro a pregar uma peça nos mais visado; Paul Garden e Urutugo, se lembrassem o que corriam na Gávea/RJ, esta seria a dupla favorita do páreo, mas, pelo que estão correndo, não animam.

6° Pareo – 2000 Mts 17:00 hs.
Grande Prêmio Governador do Estado de Pernambuco
1 – DEUZEITO 56 1
2 – VERANO 57 2
3 – RECIFE 55 3
4 – TATAMOVITCH 56 4
5 – CHARMANT 56 5
6 – JUJUY 56 8
7 – TANGO ARRABALERO 55 6
8 – SENTIMENTO 56 7
9 – PUBLIC STATE 55 9
Indicações: Tatamovitch – Tango Arrabalero (4-7)

Grande Prêmio Governador do Estado de Pernambuco repleto de atrações em sua versão 2011, a começar pela quantidade e qualidade dos animais envolvidos na disputa. Tatamovitch, longe das emoções da estreia, pode levar de vencida a principal prova da domingueira. Terá no pequeno valente Tango Arrabalero, seu mais temível rival. Verano venceu o Clássico Roberto Sá de bandeira-a-bandeira. Acreditamos que, desta feita, não terá a mesma “sopa” na frente. De toda sorte, dentre estes deve sair o vencedor e a dupla. Deuzeito formou a dupla para Verano, desatando carreira, sendo um bom azar. O potro Recife parece ter encontrado seu limite e está em distância algo contrária. Charmant e Jujuy correram pouco em suas últimas atuações, mas têm categoria para se reabilitarem. Sentimento tenta uma “prova de fogo”. Public State, um dos animais de melhor categoria no páreo, mostrou, pela última, que ainda não superou os contratempos ou a inatividade. Parece ser cedo para este.

PAREO EXTRA – PÔNEI 250 MTS- 17:10 HS.
1 – BATON 40 1
2 – ROBINHO 40 2
3 – BRED PIT 40 3
4 – CHANKAR 40 4
5 – MAÇÃ 40 5
6 -FOME ZERO 40 6

Aqui fica para o mestre Chico Mendonça indicar, mas a torcida para Fome Zero, do Stud F.M. continua.

Dicas do Dr.Marcação:
A Barbada do Programa: 1º.P: Zucco (3)
A Melhor Dupla: 4º.P: Under Atlantic – Rincho (1-3)
As Melhores Alternativas: 1º.P: Cabo de Acço (4); 2º.P: Bizão Negro (4); 3º.P: Dauntless Emblem (1); 4º.P: Menotti (5); 5º.P: Vivano (4); 6º.P: Verano (2)
A Acumulada Combinada: 1º.P: Zucco (3); 2º.P: Ilmar (2); 4º.P: Under Atlantic (1)


por Fabio Camara

Tarumã, J. César fala sobre suas inscrições do dia 09 de Setembro

Júlio César de Moura Rosa (J. César) já foi jóquei por nove anos em São Paulo. Há quase dez anos ele se dedica ao turfe de outra maneira: como treinador no Tarumã.

Para a próxima sexta-feira, ele possui inscrição nos três páreos preparatórios: Velocidade, no terceiro, páreo das éguas, no sétimo e Grande Prêmio Paraná 2011, no nono.

Confira, a seguir, a opinião dele sobre cada inscrição:

No segundo páreo você inscreveu CONTRATO DE RISCO. Boas chances?

Deve chegar entre os quatro primeiros, com chance de vencer.

No terceiro páreo, preparatório para a prova Velocidade, sua inscrição é SHOOT STAR. Acredita na vitória?

É muito difícil, pois o páreo é bem equilibrado. Mas deverá chegar entre as primeiras colocações.

E com PAULO DE LORENA, no quinto páreo?

Também é difícil. Deve fazer terceiro ou quarto lugar.

No sexto páreo sua inscrição foi MIMOSO. Qual a sua opinião?

Deve ficar com o segundo ou terceiro lugar. Mas, não descarto a chance de vencer.

No sétimo páreo, preparatório para o páreo das éguas, você inscreveu CANTABRIGENSIS. Boas chances?

Está reaparecendo. Deve apenas se colocar.

No nono páreo, preparatório para o Grande Prêmio Paraná 2011, você inscreveu SCRITTORE. Acredita na vitória?

Ele vai chegar brigando pela primeira colocação.

JCP

GRANDE PRÊMIO GOVERNADOR DO ESTADO DE PERNAMBUCO TERÁ 9 CONCORRENTES

O GP Governador do Estado de Pernambuco, tradicional e importante prova do calendário turfístico do Jockey Club de Pernambuco, na versão 2011, reuniu 9 inscrições sendo o maior atrativo da reunião do domingo, 11 de setembro. Estarão envolvidos na disputa alguns dos melhores fundistas do Nordeste, servido de teste efetivo para os Grandes Prêmios Edísio Pereira e Bento Magalhães, a serem disputados, respectivamente, nos dias 23 de outubro e 27 de novembro próximos.

Foram 37 animais PSI inscritos e mais 6 pôneis, divididos em 7 provas que prometem levantar o público no Hipódromo da Madalena. Serão dois os estreantes: o potro Vivano, ganhador clássico no Hipódromo do Tarumã, e Udaloi do Faxina, vencedor em duas oportunidades no Hipódromo de São Vicente/SP.

As provas terão início mais cedo, às 13:50, e término programado para as 17:10. Venha e traga a sua família para mais esta tarde turfística de grandes emoções, pois Domingo é dia de Jockey e o Turfe é a sua melhor diversão. Desta feita, a pedido do Governo do Estado, a entrada será gratuita e, portanto, a Geral estará fechada.

A seguir, os prognósticos de cada páreo. Boa sorte!

TEMPORADA 2011/2012
PROGRAMA DA 6ª CORRIDA
DOMINGO, 11/09/2011


1° Pareo – 1000 Mts – 13:50 hs.
1ª PROVA TRÍPLICE COROA -PRÊMIO MOSSORÓ
1 – PERSONALIDADE 53 1
2 – ANGEL LUX DEPIGUA 53 2
3 – ZUCCO 55 3
4 – CABO DE AÇO 55 4
Indicações: Zucco – Personalidade (3-1)

Páreo vazio, mas reunindo os expoentes da geração 2008, onde Zucco tem destaque. Animal que venceu algumas provas e evoluiu bastante, tendo enfrentado bons corredores mais velhos, ficando com a nossa indicação firme para a ponta. Para a dupla, optaremos por Personalidade, cria do Haras Depiguá , grande e justo homenageado nas provas da Tríplice Coroa pernambucana. Porém cuidado com o belo Cabo de Aço, que produziu boa apresentação na estreia e tem tudo para melhorar, podendo ser a surpresa do páreo.

2° Pareo – 1300 Mts – 14:20 hs.
1 – NUNCA NESTE PAIS 52 1
2 – ILMAR 55 2
3 – DUPLA SORTE 55 3
4 – BIZÃO NEGRO 58 4
5 – CAMPUS DRIVE 55 5
Indicações: Ilmar – Bizão Negro (2-4)

Páreo em que dois animais se destacam, sendo difícil definir a ordem: Ilmar, animal de bons recursos, mas que, apesar da vitória, produziu uma apresentação aquém do esperado; e Bizão Negro, que na estreia secundou a Rincho e, na sequência, derrotou Vôo Solo. Ficaremos com a ordem descrita. Dos demais: Nunca Neste País trabalhou bem na estreia, mas não confirmou, esperando-se melhor atuação desta feita; Dupla Sorte vinha de uma longa inatividade, mas chegou próximo de Bizão Negro e Vôo Solo, podendo ser a surpresa; Campus Drive retornou de cura correndo bem menos, por isso, vamos conferir.

3° Pareo – 1400 Mts – 15:00 hs.
1 – DAUNTLESS EMBLEM 55 1
2 – MILWALKER 55 2
3 – ALTO PARANA 55 3
4 – SEASON THUNDER 52 4
5 – BURILADO 55 5
6 – FONTECCHIO 55 6
Indicações: Alto Paraná – Dauntless Emblem (3-1)

Alto Paraná vem de perder duas corridas incríveis contra Senhor Kirov e Ilmar, animais que seriam forças aqui, por isso, terá a nossa indicação para a ponta, mas longe de ser barbada, sobretudo pelo aumento da distância. Terá em Dauntless Emblem seu mais temível rival. Dos demais: Fontecchio volta de parado após baixa de turma, podendo surpreender; Milwalker está muito aquém de seus melhores dias em Cidade Jardim. Sabe muito mais, por isso, vamos ver se deslancha agora.

4° Pareo – 1600 Mts – 15:40 hs.
1 – UNDER ATLANTIC 58 1
2 – FILHO DO SUCESSO 55 2
3 – RINCHO 55 3
4 – DIA SONHADO 55 4
5 – MENOTTI 55 5
Indicações: Under Atlantic – Rincho (1-3)

Páreo vazio, mas de difícil prognóstico, onde todos os animais têm reais chances de vitória. Under Atlantic, pela categoria e pela estreia, irá com a nossa indicação para a ponta, mas o páreo endureceu bastante. Para a dupla, Richo, que vem de boa vitória ante a Bizão Negro. Filho do Sucesso deu um vareio na turma e tentou o Clássico Roberto Sá com relativo sucesso. Menotti enfim correu o que sabia, atuando mais próximo e derrotando animais de boa categoria. Dia Sonhado melhorou muito e, se recuperar a velha forma, será osso duro de roer aqui.

5° Pareo – 1600 Mts – 16:20 hs.
1 – UNTAL 55 1
2 – UDALOI DO FAXINA 55 2 EST
3 – VALET DI JOSEFINE 55 3
4 – VIVANO 55 4 EST
5 – UP HILL KING 55 5
6 – PAUL GARDEN 55 6
7 – KEY BOARD 55 7
8 – URUTAGO 52 8
Indicações: Vivano – Up Hill King (4-5)

Autêntico “clássico” da 10ª.e 11ª. Turmas, onde o estreante Vivano, ganhador clássico no Tarumã/PR tem destaque. Recém-chegado, se correr o que sabe, é uma autêntica barbada. Para a dupla, ficaremos com Up Hill King, que estreou marcando 96s e fração para os 1.500 metros, o que não é para qualquer um. Dos demais: Untal venceu bem em sua segunda apresentação, marcando tempo semelhante ao de Ilmar; Valet di Josefine foi atrapalhado na última e desceu de turma. Aqui é inimigo temível; Udaloi do Faxina tem duas boas vitórias em São Vicente/SP e mais duas vitórias de claiming em Cidade Jardim. Trabalhou bem e pode surpreender; Key Board, de boa estreia, pode ser outro a pregar uma peça nos mais visado; Paul Garden e Urutugo, se lembrassem o que corriam na Gávea/RJ, esta seria a dupla favorita do páreo, mas, pelo que estão correndo, não animam.

6° Pareo – 2000 Mts 17:00 hs.
Grande Prêmio Governador do Estado de Pernambuco
1 – DEUZEITO 56 1
2 – VERANO 57 2
3 – RECIFE 55 3
4 – TATAMOVITCH 56 4
5 – CHARMANT 56 5
6 – JUJUY 56 8
7 – TANGO ARRABALERO 55 6
8 – SENTIMENTO 56 7
9 – PUBLIC STATE 55 9
Indicações: Tatamovitch – Tango Arrabalero (4-7)

Grande Prêmio Governador do Estado de Pernambuco repleto de atrações em sua versão 2011, a começar pela quantidade e qualidade dos animais envolvidos na disputa. Tatamovitch, longe das emoções da estreia, pode levar de vencida a principal prova da domingueira. Terá no pequeno valente Tango Arrabalero, seu mais temível rival. Verano venceu o Clássico Roberto Sá de bandeira-a-bandeira. Acreditamos que, desta feita, não terá a mesma “sopa” na frente. De toda sorte, dentre estes deve sair o vencedor e a dupla. Deuzeito formou a dupla para Verano, desatando carreira, sendo um bom azar. O potro Recife parece ter encontrado seu limite e está em distância algo contrária. Charmant e Jujuy correram pouco em suas últimas atuações, mas têm categoria para se reabilitarem. Sentimento tenta uma “prova de fogo”. Public State, um dos animais de melhor categoria no páreo, mostrou, pela última, que ainda não superou os contratempos ou a inatividade. Parece ser cedo para este.

PAREO EXTRA – PÔNEI 250 MTS- 17:10 HS.
1 – BATON 40 1
2 – ROBINHO 40 2
3 – BRED PIT 40 3
4 – CHANKAR 40 4
5 – MAÇÃ 40 5
6 -FOME ZERO 40 6

Aqui fica para o mestre Chico Mendonça indicar, mas a torcida para Fome Zero, do Stud F.M. continua.

Dicas do Dr.Marcação:
A Barbada do Programa: 1º.P: Zucco (3)
A Melhor Dupla: 4º.P: Under Atlantic – Rincho (1-3)
As Melhores Alternativas: 1º.P: Cabo de Acço (4); 2º.P: Bizão Negro (4); 3º.P: Dauntless Emblem (1); 4º.P: Menotti (5); 5º.P: Vivano (4); 6º.P: Verano (2)
A Acumulada Combinada: 1º.P: Zucco (3); 2º.P: Ilmar (2); 4º.P: Under Atlantic (1)


por Fabio Camara

Tarumã, J. César fala sobre suas inscrições do dia 09 de Setembro

Júlio César de Moura Rosa (J. César) já foi jóquei por nove anos em São Paulo. Há quase dez anos ele se dedica ao turfe de outra maneira: como treinador no Tarumã.

Para a próxima sexta-feira, ele possui inscrição nos três páreos preparatórios: Velocidade, no terceiro, páreo das éguas, no sétimo e Grande Prêmio Paraná 2011, no nono.

Confira, a seguir, a opinião dele sobre cada inscrição:

No segundo páreo você inscreveu CONTRATO DE RISCO. Boas chances?

Deve chegar entre os quatro primeiros, com chance de vencer.

No terceiro páreo, preparatório para a prova Velocidade, sua inscrição é SHOOT STAR. Acredita na vitória?

É muito difícil, pois o páreo é bem equilibrado. Mas deverá chegar entre as primeiras colocações.

E com PAULO DE LORENA, no quinto páreo?

Também é difícil. Deve fazer terceiro ou quarto lugar.

No sexto páreo sua inscrição foi MIMOSO. Qual a sua opinião?

Deve ficar com o segundo ou terceiro lugar. Mas, não descarto a chance de vencer.

No sétimo páreo, preparatório para o páreo das éguas, você inscreveu CANTABRIGENSIS. Boas chances?

Está reaparecendo. Deve apenas se colocar.

No nono páreo, preparatório para o Grande Prêmio Paraná 2011, você inscreveu SCRITTORE. Acredita na vitória?

Ele vai chegar brigando pela primeira colocação.

JCP

Entrevista com o veterinário Dr. Tony Gusso

No próximo dia 9 de setembro, será comemorado o dia do veterinário.

Este profissional que está sempre ao lado dos animais, decifrando-os, trabalhando muitas vezes sob condições adversas, e em busca de dar as melhores condições aos animais, quer seja na cura de doenças quer seja na melhora da performance para as corridas.

A eles, em que muitas das vezes não recebem o nosso reconhecimento, o nosso muito obrigado, por zelar e cuidar dos animais de que tanto gostamos.

O Raia Leve aproveitando a oportunidade, conseguiu uma entrevista o veterinário Tony Gusso, que atende os animais alojados no hipódromo de Cidade Jardim, e que semanalmente nos brinda com sua coluna “Saúde Equina” com seus artigos, todos de temas atualizados e presentes no do dia a dia dos animais, escritos de forma clara, em linguagem bastante acessível para os nossos leitores.

Nascido no berço de uma das famílias mais tradicionais do turf nacional, o veterinário Dr. Tony Gusso, neto do saudoso treinador Elidio Pierres Gusso e filho do treinador radicado em São Paulo Elidio Pereira Gusso (Dengo), começou sua vida profissional logo após sua formação, fazendo especialização e residência de 2 anos em clínica e cirurgia de equinos.

Em 2006 iniciou seu trabalho no Jockey Club de São Paulo em medicina esportiva, atendendo importantes criadores e proprietários do país. Atualmente responsável técnico das principais agências de leilões que atuam com PSI e de algumas associações ligadas ao cavalo de corrida, também é colunista do site RAIA LEVE, escrevendo semanalmente sobre SAÚDE EQUINA, abordando assuntos sobre o dia a dia do veterinário e as mais comuns e principais doenças que acometem os equinos.

RL: Como foi sua escolha pela profissão de médico veterinário? Houve influência familiar?

TG: Sem dúvida nascer e viver no meio turfístico influenciou minha escolha por esta profissão. Ver meu avô, meus tios e prima, a primeira treinadora do Brasil, trabalhando com tanta dedicação, me mostraram como é gratificante cuidar e acompanhar os cavalos de corridas.

RL: Como foi o início da sua carreira de veterinário no JCSP?

TG: Comecei trabalhando com meu pai em suas cocheiras em São Paulo. Apesar de achar que o início seria um pouco complicado devido ao preconceito e receio de outros treinadores em achar que poderia influenciar a saída e mudança de seus proprietários para o meu pai, esta foi uma situação que nunca ocorreu. Não houve nenhum tipo de desconfiança por parte de ninguém e em dois meses já estava atendendo duas outras cocheiras, começando a ser reconhecido mais como o veterinário Tony Gusso e menos como o filho do E.P. Gusso. Comecei assim a adquirir minha própria identidade no meio.

RL: O nome da família ajudou ou atrapalhou em algum momento sua carreira?

TG: Nunca atrapalhou. Sempre tive orgulho deste sobrenome e o que ele representa no turf. Tenho certeza que o exemplo de trabalho, moral e bons costumes do meu avô, pai, tios, primos e prima, influenciaram e me ajudaram a alcançar a posição que me encontro hoje.

RL: Quem são seus clientes e parceiros hoje em dia?

TG: Estou em uma das melhores fases profissionais. Hoje temos uma parceria de sucesso com os treinadores do Paraná Beto Feltran (Haras Santa Maria de Araras, Stud A.M.L., Carlos e Paulo Roberto Fernandes dentre outros), Carlos Cesar Carlindo (Haras Ponta Porã dentre outros) e Carlos Pereira Gusso (Stud Daltex, Stud Bianco i Nero, Haras SIb dentre outros), Haras dos Girassóis, Haras Primavera e demais proprietários por eles assistidos. Toda vez que seus pupilos vêm ao hipódromo paulistano correr ficam alojados em nosso grupo de cocheiras sob nossos cuidados. Além destes, atendo mais quatro grupos de cocheiras paulistanas, dentre elas o Stud Nova República campeão de vitórias em 2005 e 2010 e com 11 vitórias nesta temporada em Cidade Jardim, Stud Lex Paxa 74, Stud Corazon de Leon e outros proprietários e os treinadores como G. Borba, A.F. Corrêa, L. Saldanha, O. M. Nascimento, Emilio Cabreira, C. Xavier, Alexandre Garcia, C. Soledade e E. P. Gusso.





RL: No decorrer de seu trabalho existiu ou existe algum animal que foi importante e qual o motivo?

TG: Pode parecer clichê, mas todos os animais são importantes por serem únicos. Cada um tem sua particularidade e merecem um cuidado especial. Dos animais por mim operados a última e grande alegria foi o TIRO DA GUANABARA. Com uma tendinite grave, após um procedimento cirúrgico experimental ele retornou as corridas e em 08 apresentações alcançou 04 vitórias sem sentir mais a lesão. Clinicamente gosto muito dos problemas de queda de performance com todas as suas causas e graças a DEUS os resultados desta dedicação estão nas inúmeras vitórias que temos alcançado com os proprietários que confiam em meu trabalho.

RL: Qual sua relação com os outros veterinários?

TG: A relação com os veterinários do jockey club são muito boas, tenho a destacar o Dr. Bernardo Espinhal, Dra Laura Pinseta e Dr. Leonardo, Dr. Hernani Azevedo Silva Neto e os Veterinários do Serviço Veterinário do Hipódromo. A relação de amizade e respeito sempre foi uma característica marcante destes profissionais.

RL: Quais foram as suas maiores alegrias como veterinário?

TG: A maior alegria é ver um animal alcançar sua vitória, seja ela de grupo ou prova especial como as vitórias de BLESSED MUSTANG (Hs. Springfield), SORRENTINO (Carlos R. Fernandez e J. C. Campelo), TATIANA SUREÑA (Hs. dos Girassóis) até os páreos de claiming. O importante e mais gostoso é chegar na frente no disco de chegada e ver seu trabalho reconhecido. Como veterinário de animais de esporte meu objetivo é sempre cuidar e manter os animais em condição de correr e chegar a vitória, isso sim me causa muita alegria.

RL: E tristezas?

TG: As fatalidades infelizmente acontecem como a perda de animais por fraturas irreparáveis. Ver um animal sofrendo com dor ou qualquer doença onde ele não responda ao tratamento também me deixa incomodado.

RL: O que você pensa do futuro da medicina veterinária nos hipódromos?

TG: Há espaço para todos. O turf se profissionalizou e todos somos prestadores de serviço. Desta forma o estudo constante e o aprimoramento de novas técnicas devem ser buscadas constantemente pelo veterinário. A palavra hoje é RESULTADO.

RL: Para finalizar, qual o recado que você deixa para todos os amantes do turfe no Brasil.

TG: O cavalo de corridas e as provas são viciantes pela emoção e alegria de ver seja seu animal chegar na frente ou mesmo pelas apostas e suas torcidas pelos resultados. Convido a todos a comparecer mais ao hipódromo e partilhar destas emoções com os grandes amigos que fazemos. E a aqueles que ainda não são turfistas venham conhecer o nosso dia a dia e participar deste grupo que está de braços abertos e esperando por você.

por Eluan Turino

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Zora Be Back confirma no quilômetro


Zora Be Back venceu seu primeiro grande prêmio


Disputadoontem em Cidade Jardim, o Grande Prêmio Independência (gr.III), em 1.000 metros na pista de grama, destinado a éguas de 3 e mais anos, foi vencido por Zora Be Back, 4 anos, filha de Put It Back e Pampa’s Halo (Lode), de criação do Haras Evany e propriedade de Frederico D. Cirino Nogueira.

Muito pronta de partida, Zora Be Back assumiu a dianteira logo após a largada, e a única preocupação de José Aparecido foi lançar a sua conduzida mais por dentro, para encostar na baliza mais interna. E com a referência da cerca, Zora Be Back correu mais ajuizada, sem as manhas de outrora, vencendo Vienna Purse por 2 corpos e ½.

Spacecraft (3 e ½) e Pera Manca (5 e ¼) ensaiaram as suas atropeladas, mas sem lograr êxito. Yataghan (6 e ¾) foi a quinta, com Ibiraiú fechando raia em sexto.

Treinada por Gilson Borba (merece mais oportunidades), Zora Be Back conquistou a sua 2ª vitória em 4 saídas produzidas no Jockey Club de São Paulo – lembrando que a sua campanha fora iniciada nas canchas retas. Tempo de 55.12, com finais de 22.42 e 11.62.

Kará de Birigui vence o GP Ipiranga em reta eletrizante

Kará de Birigui vence o GP Ipiranga (G1) em reta eletrizante

Com uma direção, vibrante, Francisco Leandro faz brilhar a estrela de Kara de Birigui, conquistando o GP Ipiranga (G1), primeira prova da Quadrupla Coroa de São Paulo, destinada a produtos de trÍs anos.

Levado a primeira colocação desde a partida, Kara de Birigui entrou a reta na frente, chegou a ser dominado por fora, mas, bravamente, voltou para a ponta, cruzando o disco com escassa vantagem sobre Gipsy Bullet, que deu carga por fora, e É do Iguassu, que atropelou junto ‡ cerca.

Reservado do Stud Birigui, Kara de Birigui chegou a sua terceira vitória, primeira clássica, em sete atuaÁões. Apresentado por W. Garcia o filho de Banking e Lovely Minister, por Mane Minister, assinalou 1m32s869 para os 1.600 metros, na pista de grama.

Desejo Infinito fatura a 2ª Prova da Tríplice Coroa feminina


Desejo Infinito fatura a 2ª Prova da Tríplice Coroa feminina

Contando com uma direção serena de Francisco Leandro e com o preparo caprichado de Olavo Jerônimo, Desejo Infinito levou o GP Henrique de Toledo Lara (G1), segunda prova da Tríplice Coroa de Éguas corrida sábado em Cidade Jardim.

Corrida pouco a frente do último pelotão, a vencedora engrenou forte pelo meio da pista, passando rapidamente para o primeiro posto, cruzando o disco com um corpo de meio de vantagem sobre a segunda colocada, In The Star, que teve uma atuação de destaque na carreira.

Filha de Nedawi e Felicidade-Bela, por Notation, a castanha, que recentemente deixou o perdedor em um páreo de claiming, chegou a sua terceira vitória, primeira clássica, em sete saídas. Desejado Infinito defende as cores de Silvio Cybulski e foi criada pelo Stud Eternamente Rio.

Grande Prêmio Paraná terá data exclusiva

Grande Prêmio Paraná terá data exclusiva

O Diretor Jurídico do Jockey Club do Paraná, Roberto Hasemann, entrou em contato com o Presidente do Jockey Club Brasileiro, Sr. Luiz Eduardo da Costa Carvalho, e com o Vice Presidente do Jockey Club de São Paulo, Sr. Ricardo Vidigal Monteiro de Barros para negociar a exclusividade de transmissão do Grande Prêmio Paraná 2011. Desta forma, ficou acordado que no dia 9 de outubro serão realizadas corridas apenas no Hipódromo do Tarumã. “Este acordo vem sendo mantido a cerca de cinco anos”, afirma Hasemann.

JCP

Prova Especial Independência é de Jade


Prova Especial Independência é de Jade


Em uma atropelada irresistível, Jade fatura a Prova Especial Independência, destinada a éguas de três anos e mais idade e corrida neste sábado na Gávea.

Corrida nas últimas colocações como de costume, a conduzida de Marcelo Almeida engrenou na hora exata, dominado a carreira nos últimos 100 metros, deixando Jerez (Stud Rio Dois Irmãos) na segunda posição, a três corpos.

Uganda Gipsy (Stud Marcella Graviana R de Oliveira) mostrou mais uma vez estar em forma e foi à terceira. Manalou (Stud Quintella) e americana Out Of Touch (Haras Anderson) fizeram o train da carreira e completaram, na ordem, o marcador.

Jade é filha de Gilded Time e Taste Of Chris, por Pleasant Variety, defende o Stud Estrela Energia e foi criada por Fazenda Mondesir. Treinada por Givanildo Duarte, a castanha chegou a sua terceira vitória em nove saídas e, hoje, assinalou 1m22s20 para os 1.400 metros, na grama.

Cavalo Branco

Cavalo Branco



NEGÓCIOS, A SALVAÇÃO DA LAVOURA!

* Semana, novamente, complicada começando pelas mortes no Cassino Royale, no México.

* E isso, que tem a haver com o turfe no Brasil? Apenas uma curiosa coincidência.

* Lá no México, os cavalos eram mecânicos e são os mesmos que o JCB cogita implantar.

* Anos atrás, esses cavalinhos caça-níqueis corriam tanto lá no Rio, como aqui no Tarumã.

* Há tempos “correm” em hipódromos sul-americanos e nos EUA. Enfim, em quase todo o mundo.

* A coincidência é que a exploração no México é da espanhola Codere, parceira da Gávea.

* Uma parceira que a imprensa tem dúvida quanto à legitimidade desses “amores cariocas”.

* E, também, a mesma Codere, tem interesse oficial em “namorar” com o nosso Jockey Club do Paraná.

* Bem, mas implantar “caça-níqueis, fardados de cavalos”, no Brasil ainda é proibido.

* Mas há anos essa pretensão é pleiteada, sem sucesso, junto ao Ministério da Agricultura.

* E um dos maiores padrinhos da jogatina mecânica é Jockey Club Brasileiro. Errado?

* Se errado ou certo o que importa - alega-se - é arrecadar dinheiro extra ao turfe.

* Dinheiro? Qual o Jockey Club que não precisa? Todos. Mas o problema é sempre a origem.

* Essa origem envolve justamente a questionada fornecedora, a Codere.

* Questionada diante das satisfações pouco convincentes do presidente carioca, o Lequinha.

* Opositores insistem em cobrar aquele duvidoso “perdão” do JCB a Codere.

* Um perdão explícito divulgado no próprio site da entidade carioca, que não colou.

* Para muitos pura inveja da platéia irada, pois o JCB é o único que tem dinheiro em caixa.

* Dinheiro que não vêm das corridas. Mas de renda extra turfe, como o carteado social etc.

* Então, nada melhor se ainda, no futuro, entrarem em cena, também, as maquininhas...

* Uma expectativa válida, pois o turfe desde sua fundação, jamais viveu de suas corridas.

* Comparado com os demais hipódromos, o Rio dá inveja: sobra dinheiro e cavalo.

* Na Gávea existem mais de 2.500 equinos à disposição das quatro reuniões semanais.

* Cidade Jardim e Cristal estão no limite e o Tarumã, com menos de 400 bucéfalos, faz milagre.

* E dinheiro aqui só tem graças às injeções mensais e avais do futuro Shopping.

* Mas o Shopping varreu literalmente as velhas cocheiras, sob promessa de novas.

* Foi uma negociação e tanto para os felizardos concessionários e corretores.

* Para o turfe, porém, a realidade é outra: homens mais ricos e um JCP cada vez mais pelado.

por Luis Renato Ribas

Gávea tem páreo de Joquetas no domingo


Halitheya Córdova



Neste domingo, O Jockey Club Brasileiro do Rio de Janeiro realiza neste domingo, 11 de setembro, o primeiro páreo só de joquetas da história do Hipódromo da Gávea. Ao todo, oito competidoras, entre elas Maylan Studart, a maior joqueta brasileira da atualidade, disputarão a corrida feminina.

Para incentivar o turfe entre o público feminino, no domingo, todos os páreos terão nomes de mulheres e o Jockey Club Brasileiro estará decorado de rosa. O páreo feminino será às 16h25. Os portões do Hipódromo da Gávea serão abertos à 13h e a entrada é franca.

Confira o nome das joquetas e dos cavalos que competirão no 6º páreo de domingo no quadro abaixo.

Cavalos
Joquetas

Ground Speed
Ad. Alves (SP)

Flaminghi
J. Gulart (SP)

New Limit
M. Beatriz (PR)

Oniclud
Marcelle Martins (aprendiz)

Olympic Leader
Jaq. Cabral (SP)

Dedavi
H. Cordova (SP)

Quadoulaki
B. Melo (PR)

Iceman
Maylan Studart




Na ocasião, o Jockey também fará uma doação de 8% do Movimento Geral de Apostas do 8º páreo do dia para a Fundação do Câncer, que destinará a quantia aos seus projetos de tratamento de câncer de mama.

No dia do primeiro páreo feminino da história do Jockey, o Top Fashion Bazar vai sortear um vale compras de mil reais para ser gasto unicamente no domingo no maior shopping itinerante de grifes do Brasil. A partir desta quarta feira (7), o cliente que comprar ingresso para o bazar, receberá um cupom para concorrer ao vale compras. O sorteio acontecerá logo após o 6º páreo, previsto para as 16h25. O ganhador só receberá o vale compras se estiver presente ao páreo de domingo.

Além do patrocínio do Top Fashion e da parceria com a Fundação do Câncer, o dia contará também com patrocínio da Portfólio Acessórios de Couro que ainda presenteará as joquetas com brindes. Venha e participe desta tarde imperdível!

Da redação

Tarumã, Relação dos Estreantes para o dia 09 de Setembro


Vidiz

1º PÁREO

TOP EMOTION: Fêmea Castanha, nascida em 22/09/2008, no MS, por Blade Prospector e Emoção Maior (Minstrel Glory/USA), criação do Haras Ponta Porã e propriedade do Stud Mandrake. Tr: M. Decki. Sua mãe obteve 5 vitórias em Cidade Jardim; 4ª Clássico Tiradentes - L; Prova Especial Fernando Ramos Lemgruber. 4º produto. Irmã materna de 2 produtos estreados: Quanta Emoção (1 vitória na Gávea); Savana Bela (3 vitórias - 2 Cidade Jardim e Tarumã; 4ª Prova Especial Ciro Frare). Campanha: Inédita.

JOINVILLE COUER: Fêmea Alazã, nascida em 22/10/2008, no PR, por Tiger Heart (USA) e Miss Dubai (Ghadeer/FR), criação da Coudelaria Baptista e propriedade do Stud Blue Velvet. Tr: M. F. Gusso. Sua mãe não correu. 3º produto. Irmã materna de 1 produto estreado. Campanha: Inédita.

CONQUISTA MÁXIMA: Fêmea Castanha, nascida em 11/08/2008, no PR, por Starve Runner e Uss Pensilvânia (Talloires/USA), criação do Haras Truc e propriedade do Stud São José dos Bastiões. Tr: E. Vieira. Sua mãe ganhou 1 corrida em Cidade Jardim; 5ª Prova Especial Olhada. 2º produto. Campanha: Inédita.

ESPERTA DO IGUASSÚ: Fêmea Castanha, nascida em 31/10/2008, no PR, por Fahim (ENG) e Lei Maior (Romarin), criação e propriedade do Haras Rio Iguassú. Tr: A. B. Pereira. Sua mãe não correu. 1º produto. Campanha: Inédita.


2º PÁREO

VIDEO STATION: Macho Castanho, nascido em 08/07/2008, no PR, por Amigoni (IRE) e Nagara (USA) (Crafty Prospector/USA), criação do Haras Santa Maria de Araras e propriedade do Haras SIB. Tr: C. P. Gusso. Sua mãe obteve 1 vitória na Gávea. 3º produto. Campanha: Inédito.


7º PÁREO

STORM GLORY: Fêmea Tordilha, nascida em 07/09/2007, no MS, por Uapybo e Hail Glory (Minstrel Glory/USA), criação do Haras Ponta Porã e propriedade do Stud Araré. Tr: M. V. Lanza. Sua mãe ganhou 5 corridas em Cidade Jardim; 1ª GP. Diana - G1; GP. Barão de Piracicaba - G1; GP. Pres. Antonio Teixeira de Assumpção Netto - G2; GP. Pres. Guilherme Ellis - G3; 2ª GP. João Cecílio Ferraz - G2. 2º produto. Irmã materna de 2 produtos estreados: Top Indy (1 vitória na Gávea). Campanha: 4 vitórias na Gávea; 1º Prova Especial Fernando Ramos Lemgruber. Última atuação relatada: (16º/18) em 06/08/2011 - 1400M/G para 1′:22″:6 a 10 e ¼ de corpos na Gávea na Prova Especial Oscar Pacheco Borges.


10º PÁREO

NEW SPECIALTY: Macho Castanho, nascido em 10/09/2008, em SP, por Choctaw Ridge (USA) e New Special Lady (Burooj/ENG), criação do Haras Interlagos Ltda. e propriedade do Stud Mandrake. Tr: M. Decki. Sua mãe obteve colocações na Gávea. 4º produto. Irmão materno de 3 produtos estreados: New Buck (6 vitórias - 5 em Cidade Jardim e Tarumã; 1º Prova Especial Quartier Latin; 4º GP. Presidente da ABCPCC - G3; Clás. Cândido Egydio de Souza Aranha - L). Campanha: Inédito.

11º PÁREO

VIDIZ: Macho Alazão, nascido em 28/09/2004, em SP, por Yagli (USA) e Rue Chambiges (Midnight Tiger/USA), criação do Haras Capricórnio e propriedade do Stud Turbina. Tr: E. Vieira. Sua mãe não correu. 7º produto. Irmão materno de 7 produtos estreados: Orenka (2 vitórias em Cidade Jardim); Poderosa Tiger (7 vitórias - 5 em Cidade Jardim e 3 na Gávea; 3ª Clássico Luiz Alves de Almeida - L); Quick As Tiger (3 vitórias em Cidade Jardim; 4º prova Especial Jayme Torres); Xis Men (2 vitórias em Cidade Jardim); Aégeon (1 vitória em Cidade Jardim). Campanha: 13 vitórias (10 em Cidade Jardim e 3 Lagoinha/GO) e 35 colocações (30 em Cidade Jardim 2 em São Vicente, 2 Lagoinha/GO, Gávea) em 65 apresentações (55 em Cidade Jardim, 7 em Lagoinha/GO, 2 em São Vicente, Gávea); 1º GP. Cidade de Goiânia; 2º GP. Estado de Goiás, Lagoinha; 4º GP. São Vicente, São Vicente. Última atuação relatada: (5º/5) em 17/07/2011 - 1400M/A para 1′:24″:4 a 15 e ¾ corpos em Cidade Jardim.

Joquetas terão seu páreo no próximo domingo

O Jockey Club Brasileiro irá realizar na próxima semana, mais precisamente no sexto páreo de domingo, dia 11 de setembro, uma prova com a participação de oito das principais joquetas brasileiras.

A carreira contará com o patrocínio do Top Fashion Bazar, que sorteará R$1.000,00 em vales compras. A partir de quarta-feira, o cliente que comprar o ingresso, receberá um cupom para colocar na urna que estará localizada na entrada do bazar. O sorteio acontecerá logo após o 6º páreo e a presença dos sorteados na hora da prova será fundamental, pois os vales só serão entregues mediante a presença dos mesmos, tendo até 5 minutos de tolerância.

Participarão do páreo as joquetas:

Mariane Cortes Beatriz (M. Beatriz) – 19 anos, gaúcha de Carazinho e hoje atuando no Jockey Club do Paraná, após ter entrado no turfe pela Escolinha de Aprendizes de Cidade Jardim.

Aderlândia Alves Ferreira (Ad. Alves) – 33 anos, cearense de Acopiara. A mais experiente do grupo e também a com o maior número de vitórias, cerca de 300.

Jacqueline Cabral da Silva (Jacqueline Cabral) – 19 anos, gaúcha de Carazinho e montando no Hipódromo de Cidade Jardim.

Halytheia Carolina de Oliveira Cordova (H. Cordova) – 21 anos, paulista de São Vicente, montando no Hipódromo de Cidade Jardim e casada com o jóquei Vagner Leal.

Barbara Melo (B. Melo) - 22 anos, gaúcha de Itaqui, radicada no turfe paranaense, começou participando de provas de obstáculo, mas quando se mudou para Curitiba e visitou o Jockey pela primeira vez, se apaixonou pelo esporte.

Josiane Gulart Gonçalves (J. Gulart), 26 anos, nascida em Carazinho, no Rio Grande do Sul, começou sua carreira no Hipódromo da Gávea, sendo a recordista de vitórias da Escolinha de Aprendizes antes de se transferir para o turfe paulista.

Maylan Studart – (M. Studart), 22 anos, nascida no Rio de Janeiro, começou sua carreira na Gávea, venceu dois torneios para joquetas, um no Cristal e outro em São Vicente. Transferiu-se para o turfe norte americano e monta nos Hipódromos de Belmont Park, Gulfstream Park, Aqueduct, Calder, entre outros.

Marcelle Marques Martins (Marcelle Martins), 17 anos, nascida no Rio de Janeiro, filha do ex-jóquei Carlos Alberto Martins. Aprendiz de 3ª e uma das revelações do turfe carioca.

JCB

Jockey Club Brasileiro e o Ibope



Que coisa, hein, Jacira?!

O IBOPE acaba de encerrar uma pesquisa no Jockey Club Brasileiro. Concluiu que a aprovação ao mandato do atual presidente, Luis Eduardo da Costa Carvalho é inexpressiva.

Tão inexpressiva que o percentual dos sócios que acham que o clube não melhorou nada ou piorou muito no atual mandato chega a 79% dos entrevistados


ANNA RAMALHO

Jaqueline Roriz escapa

Deputada mantém o mandato com "folga", mesmo após aparecer em vídeo recebendo dinheiro do delator do mensalão do DEM de Brasília. Foto: Valter Campanato/ABr
Sob vaias e aplausos no plenário da Câmara dos Deputados, Jaqueline Roriz (PMN-DF) escapou com “folga” da cassação na noite desta terça-feira 30. Foram 166 votos favoráveis a perda do mandato da deputada distrital, 265 contra e 20 abstenções.

Para a cassação, recomendada pelo Conselho de Ética, eram necessários ao menos 257 votos do total de 513 deputados, protegidos pelo sigilo da votação.

Em 2006, Roriz foi filmada recebendo dinheiro de Durval Barbosa, ex-secretário de Relações Institucionais do Distrito Federal e delator do mensalão do DEM, escândalo que derrubou o então governador José Roberto Arruda. Pouco depois, ela admitiu que a quantia seria usada no caixa dois de campanha.

No entanto, a deputada alegou em sua defesa que o ato havia ocorrido antes de sua eleição e, portanto, não poderia ser cassada pelo mesmo.

No plenário, Jaqueline criticou a ação da mídia no caso e a decisão do Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel, de apresentar um parecer pela abertura de uma ação penal contra ela sem ouví-la.

Jaqueline Roriz é filha do ex-governador do Distrito Federal Joaquim Roriz, que em 2007 renunciou ao cargo de senador por suspeitas de irregularidades.

Redação Carta Capital