Jeane Alves

Jeane Alves
Vitória de G 1 com Equitana

sábado, 4 de junho de 2011

Jorge Pinheiro ,Sanguessugas de volta à Comissão de Orçamento

Sanguessugas de volta à Comissão de Orçamento

Seis parlamentares denunciados pela CPI dos Sanguessugas, que apurou desvio de verbas orçamentárias de prefeituras, integram agora a Comissão Mista de Orçamento. Entre eles, estão Nilton Capixaba, acusado de ser um dos líderes do esquema, e João Magalhães, envolvido em outra denúncia de venda de emenda

O Brasil é mesmo um país generoso. Há menos de cinco anos a Câmara deixou de analisar o parecer pela cassação do deputado Nilton Capixaba (PTB-RO), acusado de ser um dos líderes do “braço político” do esquema de desvio de dinheiro público para a compra superfaturada de ambulâncias, o chamado esquema dos sanguessugas. Capixaba escapou da cassação, mas não conseguiu se reeleger em 2006. Este ano, ele voltou à Câmara, conduzido pelos mais de 52 mil votos recebidos em outubro. Três meses após assumir o mandato, o deputado faz parte agora da poderosa Comissão Mista de Orçamento (CMO), responsável pela aprovação da lei orçamentária e pelo acompanhamento da aplicação dos recursos federais.

Foi justamente a apresentação de emendas ao orçamento, cuja análise prévia cabe à comissão, a principal ponta no Congresso do esquema que resultou no pedido de cassação de 72 parlamentares em 2006. Além de Capixaba, outros cinco parlamentares denunciados à época pela CPI integram a atual Comissão Mista de Orçamento. Juntos, eles foram acusados de ter recebido, em valores não corrigidos, mais de R$ 900 mil da Planam, empresa que coordenava a máfia das ambulâncias, em troca da apresentação de emendas que favoreceram a família Vedoin.

Pelo menos quatro desses integrantes da Comissão de Orçamento acusados pela CPI ainda devem explicações à Justiça sobre o caso. Além de Capixaba, também são réus na Justiça Federal de Mato Grosso, que concentra a maioria das investigações, os deputados Jorge Pinheiro (PRB-GO) e Benjamin Maranhão (PMDB-PB). As acusações contra eles são de corrupção, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha ou bando e crime contra a Lei de Licitações. Esses processos devem subir em breve para o Supremo Tribunal Federal (STF), onde tramitam as investigações contra parlamentares e outras autoridades federais.

O quarto investigado é João Magalhães (PMDB-MG), indicado à Comissão de Orçamento pela liderança do PMDB. “Eu pedi que me indicassem porque quero desempenhar bem meu mandato. Mas eu não tenho interesse específico na comissão”, assegurou Magalhães ao Congresso em Foco. As indicações para a CMO são de responsabilidade dos líderes partidários.

O deputado mineiro admitiu que também é um dos investigados em processo guardado em absoluto sigilo pelo Supremo relacionado à Operação Sanguessuga, da Polícia Federal. O tribunal não divulga o número do procedimento, nem quem são os acusados e nem mesmo em que fase está o processo. “Sou um dos investigados, mas há outros parlamentares também. A maioria desses casos é fruto de mal entendido. A minha defesa já foi entregue. Não há nada que possa me ligar ao fato”, disse o deputado. “Mas meu advogado me orientou a não falar desse caso por estar sob segredo de justiça. Qualquer coisa que eu diga pode até me atrapalhar”, acrescentou.

O caso de João Magalhães foi um dos que terminaram sem parecer do Conselho de Ética, sob o argumento de que não houve tempo hábil para apresentação de relatório por causa do término da legislatura. Em 2007, numa decisão polêmica, os deputados decidiram não reabrir o caso por entender que não havia por que apurar a conduta do parlamentar por denúncias relativas ao mandato anterior. “Queria ter sido absolvido por inocência, e não por falta de tempo”, reclama João Magalhães.

Operação João de Barro

Este não é o único caso em que o deputado é acusado de ter apresentado emenda à proposta orçamentária em troca de dinheiro. No último dia 28 de abril, ele virou réu no Supremo sob a acusação de ter incluído emendas para beneficiar o pequeno município mineiro de São José do Jacuri. Segundo a denúncia da Procuradoria Geral da República, aceita por unanimidade pelos ministros, o deputado recebeu propina de 10% do total, por meio da prefeitura, para conseguir a liberação de R$ 400 mil da União para obras de infraestrutura do município.

“Este caso é um dos inúmeros casos que foram apurados na chamada Operação João de Barro, em que se desvendou grande esquema criminoso envolvendo manuseio de emendas parlamentares em relação a municípios de Minas Gerais”, disse o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, durante o julgamento. Esse esquema envolveu prefeitos de municípios com até 100 mil habitantes.

“O recebimento de vantagem por parte do parlamentar está devidamente comprovado nos autos”, acrescentou Gurgel. A transformação do inquérito, que tramitava desde 2008, em ação penal recebeu o voto favorável do relator, Gilmar Mendes, que foi acompanhado pelos demais ministros.

Também foram denunciados pela CPI dos Sanguessugas e fazem parte da atual Comissão de Orçamento o deputado Wellington Roberto (PR-PB) e o senador Magno Malta (PR-ES). Os dois, no entanto, foram absolvidos pelos Conselhos de Ética da Câmara e do Senado, que consideraram inconsistentes as denúncias contra eles. No ano passado, 39 dos 72 congressistas denunciados pela CPI dos Sanguessugas tentaram conquistar um novo mandato em todo o país. Mas apenas sete deles conseguiram se eleger.

http://congressoemfoco.uol.com.br

Una Beleza, pronta para o retorno

Quarta colocada na última edição do Grande Prêmio São Paulo (gr.I), a líder de geração em Cidade Jardim, Una Beleza (Signal Tap), do Haras Santa Maria de Araras, terá a sua inscrição no Grande Prêmio José Paulino Nogueira (gr.III), em 2.400 metros na grama, programado para o próximo dia 11 de Junho, em Cidade Jardim, confirmada na tarde de hoje.

Segundo o treinador Luiz Roberto Feltran, que responde pela ganhadora dos Grandes Prêmios Henrique de Toledo Lara (gr.I) e Diana (gr.I), apesar deste próximo compromisso, nada está definido, no entanto, quanto à sua inscrição na semana máxima do turfe fluminense.

“Vamos dar um passo por vez, cada corrida ao seu tempo. É lógico que a meta é o Grande Prêmio Brasil, mas vamos aguardar, primeiramente, esta próxima atuação da Una Beleza”, informou o profissional.

por Victor Corrêa

Frankie Dettori, suspenso por dez dias



Por ter achado que já tinha o terceiro com Blue Bunting garantido no Investec Oaks Stakes (G1), apesar de ser apenas de pescoço a diferença sobre Izzi Top, fez ele posição e aí acabou cedendo a posição para a sua rival.

Assim, pelos critérios dos comissários ingleses, ele estará fora dos dois últimos dias do Royal Ascot e do Dubai Duty Free Irish Derby (G1).

Stud Silver Blue Star reforça tropa

O Stud Silver Blue Star, de Canaleta e Walzinho, trouxe dois filhos da excepcional TABIRA, ambos de sua própria criação, nascidos em São Paulo. LINDA MOCINHA (MOLENGÃO) é da geração 2009 e CABO DE AÇO (DANCER MAN), da geração 2008, já veio domado e galopando, prometendo para breve sua estréia.

Bento Magalhães

Sandagiyr corre o Jockey Club


Mudança de planos: Sandagiyr corre o Jockey Club

O staff de Sua Alteza Aga Khan resolveu hoje correr Sandagiyr, que ontem tinha sido descartado, nos 2.100m do Prix du Jockey Club (G1), domingo em Chantilly. O filho de Dr. Fong e Sanariva, por Darshaan, irmão materno da excelente Sarafina (Refuse to Bend), campeã, entre outras provas, do Prix de Diana (G1), em 2010, será montado por Johnny Murtagh, jóquei oficial das cores na Irlanda.

O outro representante de Sua Alteza, Baraan (Dalakhani e Brusca, por Grindstone), um dos favoritos da prova e vencedor dos 2.100m do Prix la Force (G3), sobre Prairie Star (outro dos favoritos do Jockey Club) e Pour Moi (uma das forças do Investec Derby Stakes, G1), contará com a direção do jóquei oficial da écurie na França, Christophe-Patrick Lemaire.

JCB

Dancing Rain surpreende no Oaks Stakes


Dancing Rain surpreende no Oaks Stakes (G1)

Dancing Rain (Danehill Dancer e Rain Flower, por Indian Ridge), treinada por William Haggas e lindamente dirigida por Johnny Murtagh, criação do Swettenham Stud e de propriedade de M.J. e L.A. Taylor, vencedora de uma prova comum, acabou consagrando-se a Oaks winner inglesa deste ano ao cruzar o disco da milha e meia do Investec Oaks Stakes (G1), na posição de honra. Foi um triunfo de ponta a ponta construído em train falso.

Ela dominou uma das favoritas, Wonder of Wonders (Kingmambo e All Too Beautiful, por Sadler's Wells), do trio Michael Tabor-Derrick Smith-Mrs. John Magnier, criação do Liberty Bloodstock, preparada por Adrian O'Brien e dirigida por Kieren Fallon, resistindo bravamente aos ataques finais de sua rival, que lhe ficou a 3/4 de corpo.

Izzi Top, outro azarão, uma filha de Pivotal e Zee Zee Top, por Zafonic, dirigida por Wlliam Buick, que vinha de derrotar Dancing Rain em uma Listed Race em Newbury, foi, quatro corpos atrás, a terceira, meia cabeça à frente da favorita, Blue Bunting (Dynaformer e Miarixa, por Linamix), da Godolphin, com Frankie Dettori, up, ela que vinha de ganhar, em Newmarket, a milha das Qipco 1000 Guineas (G1).

A seguir, pela ordem, chegaram Misty For Me (campeã do dos Etihad Aiways Irish 1.000 Guineas, G1), Beatrice Aurora, Siren's Song, Eirnin, Zain Al Bodan (que era invicta), Havant, Blaise Chorus, Why e Fork Handles.

O tempo foi de 2:41:73.

Alianthus vence mais um G3 na Alemanha


Vindo de ganhar, em Dusseldorf, a milha do Grosser Preis des Volskwagen Zentrum Nordrhein (G3), no início de abril, Alianthus (Hernando e Allure, por Konigsstuhl), de propriedade do Barão von Ulmann, venceu na ultima quinta feira, na mesma distância, mas em Baden Baden, o Uvex-Trophy, ex Badener Meile (G3), para produtos de três anos e mais.

Ele dominou, por 3/4 de corpo, Sehrezad (Titus Livius e Trebles, por Kenmare), terceiro no recente Prix du Muguet (G2), em Saint-Cloud, com Neatico (Medicean e Nicola Bella, por Sadler's Wells), em terceiro, a um corpo.

O tempo foi de 1:37:51.

JCB

Hermano Lô venceu o Clássico Presidente Leonel Faro

No Clássico Presidente Leonel Faro,corrido na ultima quinta no Cristal, para os potros de 2 anos, o favorito Hermano Lô, sob a condução de M.B.Costa e treinamento de G.R.Matos, dividiu a raia e venceu com 7 corpos de vantagem sobre Net Boy - que na entrada da reta até deu fila de que poderia brigar pela vitória, mas não resistiu - na marca de 1:25 cravados para os 1.400 metros da pista de areia leve.

Criado pelo Haras Capela de Santana e defensor das cores do Stud Casablanca, Hermano Lô é um filho de Crimson Tide e Yes Gremio (Exile King), cuja campanha aponta agora para duas vitórias em 4 saídas

jcsp

Saúde Equina, por Tony Gusso

Saúde Equina, por Tony Gusso

COPOFRAGIA

Já escutamos dos tratadores e dos aficionados pelos cavalos reclamações sobre o animal estar comendo as próprias fezes. Esta é uma queixa comum e pode ser encontrada em muitas espécies como nos cães, gatos, alguns insetos e até nos coelhos.

Muitas são as suspeitas relacionadas à causa deste ato, desta forma relacionarei algumas possíveis:

1 - Deficiências nutricionais;

2 - Alimentação inadequada ou insuficiente;

3 - Fome;

4 - Doenças metabólicas;

5 - Deficiências digestivas;

6 - Parasitas;

7 - Falta de tranquilidade e contato com o Homem e/ou outros animais;

8 - Tentativa do animal em estabelecer a microflora intestinal;

9 - Mau hábito ou vicio.

Assim como as causas são diferentes uma das outras, os tratamentos também o são, por este motivo os exames clínicos e laboratoriais são de suma importância na detecção de qualquer um dos desequilíbrios citados acima.

Procure um médico veterinário, pois este pode ser apenas o inicio de algum outro problema, que curado a tempo pode evitar danos a saúde do seu animal e gastos desnecessários.

Dr. Tony Gusso - tonygusso@terra.com.br
Médico Veterinário Especialista em Clínica e Cirurgia de Equinos

Marcha da Liberdade



Maylan continua sua carreira vitoriosa nos EUA, hoje foi com The Vin Man em Belmont


Conquistando mais uma sensacional vitória a Joqueta Brasileira Maylan Studart continua sua carreira vitoriosa nos EUA, hoje foi com The Vin Man em Belmont.

Cristal: Tina Klum mantem a invencibilidade

Tina Klum (Chritine’s Outlaw e Blew Candy, por Blew By Em), criada pelo Haras Campestre e propriedade do Stud Acqua Azul, venceu em final emocionante o Clássico Domingos da Costa Lino, disputado na ultima quinta no Hipódromo do Cristal, em 1.400 metros, na pista de areia leve.

Mandada para a ponta por Vagner Leal, Vilo de Prata mandou na prova desde a partida, mas nos metros finais, com a direção enérgica de Cristiano Machado, Tina Klum ultrapassou a rival e cruzou o disco com um pouco mais de um corpo de vantagem. Norma Legal ficou com o terceiro posto. Indiana do Ipê e Savidad completaram o placar.

Mandada à raia em grande forma por G.R.Matos, Tina Klum obteve sua segunda vitória no mesmo número de atuações e assinalou 1min27s5/10 para a distância.

Rodrigo Pereira

Cingapura: Jóqueis brasileiros vencem 3 corridas


Nelito Cunha vencendo com Silveron Wings

Na reunião desta sexta-feira no Hipódromo de Kranji, em Cingapura, tivemos 3 vitórias de animais que foram conduzidos por jóqueis brasileiros.

João Moreira venceu o 7o Páreo com Ready To Strike (Colombia) e 10o com Wojcinski (Exced And Excel). Já Nelito Cunha venceu o 9o Páreo com Silveron Wings (Black Minnaloushe).

Nas estatístcas, o líder ente os jóqueis é o australiano Vlad Duric com 46 vitórias, seguido de perto por João Moreira com 42. Nelito Cunha ocupa a 12a colocação com 11 vitórias.

por Roberto Micka

Israel é acusado de abandonar arma química próximo a casas palestinas

Israel é acusado de abandonar arma química próximo a casas palestinas, diz jornal

O Exército israelense teria abandonado perigosos tubos de arma química próximo a casas de palestinos, segundo informações do jornalista Conal Urquhart publicadas esta semana pelo britânico “The Guardian”.

A acusação foi levantada depois que dois garotos se queimaram gravemente depois de apanhar com as mãos um curioso tubo prateado de 20 cm de altura por 5 cm de diâmetro que encontraram próximo de suas casas.

Segundo o jornal, Eid Da’ajani, 15, teria se deparado com o objeto em fevereiro passado, na vila de Buweib, ao sul de Hebron, enquanto cuidava das cabras da família.

Eid mostrou o objeto para o primo, que lhe advertiu sobre a chance daquilo ser uma bomba. Mesmo assim, Eid apanhou o objeto, que então começou a emitir uma densa fumaça branca. Os dois saíram correndo, mas o gás “grudou” em suas roupas, derretendo os tecidos e seus sapatos e causando severas queimaduras na pele.

“No momento em que a fumaça saiu, eu soltei o negócio, mas a fumaça veio atrás da gente. Quando fugimos é que a dor começou”, ele contou ao “Guardian”.

Um segundo objeto semelhante foi detonado uma semana depois, em uma explosão controlada.

O exército israelense admite que é um artefato militar seu, mas não diz o que seria. Ainda de acordo com o jornal britânico, Israel teria sugerido que as armas poderiam ter sido abandonadas após exercícios militares. “A área em questão serviu como campo de treino no passado e não está mais sendo utilizada", afirmou um comunicado do porta-voz do exército.

"Os dois jovens foram tratados no local por uma equipe médica militar. Como os ferimentos foram leves, não foi necessário encaminhamento para um hospital israelense”, acrescentou o porta-voz.

Especialistas consultados pelo “Guardian” dizem que o efeito descrito pelos garotos é semelhante ao efeito do fósforo branco, mas é prematuro especular sem análises químicas mais precisas.

Uso de fósforo branco em áreas civis é proibido pela Convenção de Genebra, mas já foi usado por Israel em Gaza no passado.

Jóqueis brasileiros vencem 4 de 7 páreos em Macau


Fausto Durso

Quatro dos 7 páreos disputados ontem no Hipódromo de Taipa, em Macau, foram vencidos por jóqueis brasileiros.

Tiago Josué Pereira faturou o 3º páreo, com Montaquilla e o 5º, com At First Glance ; Fausto Durso venceu o 2º, com Trackmaster e Manoel Nunes, o 4º, com Victory Admiral. C.F.Chan ganhou os outros três páreos.

Com 77 vitórias, Manoel Nunes, que busca o penta campeonato nas estatísticas, lidera a temporada 2010 / 2011, enquanto Fausto Durso ocupa a 2ª posição com 41 e Tiago Josué Pereira, a 4ª, com

JUEGA MÁS COM MUITA CHANCE ESTA TARDE EM CIDADE JARDIM


preparada no Tarumã, Juega Más, estréia esta tarde em Cidade Jardim montada pelo excelente L Chimenes.
sem correr desde janeiro Juega Más pega prova para produtos de 3 anos sem vitória e
é levada com muita fé pelos seus responsáveis

Ask Me Not levanta, de galope, o Clássico Almirante Marques de Tamandaré, no Cristal


Ask Me Not levanta, de galope, o Clássico Almirante Marques de Tamandaré, no Cristal


O favorito Ask Me Not não tomou conhecimento dos adversários e venceu, de galope, o Clássico Almirante Marquês de Tamandaré, disputado na noite de quinta feira no Hipódromo de Cristal. Boa Praça, a meio de raia, finalizou em 2º, Don Macanudo foi o 3º e Sorte Forte, que ponteou boa parte da carreira, cruzou em 4º. Não correu Good Feeling.

Miguel S.Barreto pilotou o pupilo de J.Rodrigues, que assinalou 2:15.20 para os 2.100 metros da pista de areia leve. Ask Me Not, 10 vitórias em 26 apresentações, é um 5 anos, filho de Araçaí e Assai Bella (Choctaw Ridge), de criação do Haras Alto da Serra e propriedade de Antônio C.V. dos Santos.

Inglaterra: Coronation Cup é de St. Nicholas Abbey

Disputada ontem,sexta-feira, em Epson, na Inglaterra, a tradicional Coronation Cup (gr.I), em 2.400 metros na grama, reunindo produtos de 3 e mais anos, teve como ganhador St. Nicholas Abbey, um irlandês de 4 anos, filho de Montjeu e Leaping Water (Sure Blade), de criação da Barton Bloodstock & Villers Syndicate e propriedade de Derrick Smith, Susan Magnier & Michael Tabor.

Com Ryan Moore “up”, St. Nicholas Abbey acionou em segundo na maior parte do percurso, sempre correndo pela fêmea Midday. E foi justamente ela quem mais lhe ameaçou no tiro direto, tendo, no entanto, de se contentar com a formação da dupla a 1 corpo, no disco de chegada. Clowance arrematou na terceira colocação.

Treinado por Aiden O’Brien, St. Nicholas Abbey obteve a sua quinta vitória em 7 apresentações, com mais de £ 385 mil em prêmios.



por Victor Corrêa

Pour Moi é o Campeão do Derby de Epsom 2011


E não foi desta vez que as cores de The Queen conseguiram levantar o Derby de Epsom. Seu Carlton House (Street Cry e Talented, por Bustino), o grande favorito, para decepção inglesa, terminou em terceiro lugar.

Por outro lado, André Fabre conseguiu levantar o seu primeiro. A milha e meia do Investec Derby Stakes (G1), há pouco corrida em Epsom, teve seu pupilo Pour Moi (Montjeu e Gwynn, por Darshaan), criado por Lynch Berger Ltd e defensor das cores do trio Magnier-Tabor-Smith, montado por Mickael Barzalona, 19 anos, (também seu primeiro Derby), como o grande campeão.

Pour Moi vinha de vencer o Prix Grefulhe (G2), em Saint-Cloud, depois de entrar em terceiro no Prix La Force (G3), dominado por Baraan e Prairie Star, dois dos principais candidatos ao Prix du Jockey Club (G1), amanhã, em Chantilly. O filho de Montjeu é treinado na França, algo que não acontecia desde o triunfo de Empery (Vaguely Noble e Pamplona, por Postin), em 1976.

A segunda posição ficou com Treasure Beach (Galileo e Honorine, por Mark of Esteem), do mesmo trio mas em ordem inversa (Smith-Magnier-Tabor), recente ganhador do Chester Vase (G3).

Foi um final eletrizante com apenas cabeça separando o primeiro do segundo colocado e 3/4 de corpo deste para o terceiro.

A seguir, pela ordem, chegaram Memphis Tennessee, Native Khan, Recital, Vadamar, Marked Marvel, Pisco Sour, Ocean War, Castlemorris KIngt e Marhaba Malyoon.

O tempo foi de 2:34:54.

Gávea, Indicações de Celso Afonso para este sábado, 04/06

Fundistas encaram Clássico Escorial

Melhor páreo da tarde, o Clássico Escorial reúne sete competidores em 2.400 metros na pista de grama. A prova, sétima do programa, teve como vencedores Signal Up, em 2009, e Peça única, em 2010.

Nohar (foto) encarou as duas últimas etapas da Tríplice Coroa, vem evoluindo e é um dos destaques do páreo. Filho de Know Heights e Vitalina (Arg), por Itajara, o castanho defende seu criador, o Haras São José e Expedictus.

Outra bela carreira na reunião, a Prova Seletiva para o GP João Adhemar de Almeida Prado, Grupo 1, promete um desfecho sensacional. Oito potros de dois anos seguem inscritos no páreo, que será disputado em 1.600 metros, na pista de grama.

Hoje na Gávea serão corridas 12 provas, com a primeira marcada para as 13h45. O Pick 7 começa somente no sexto páreo, enquanto o Open Betting, com R$10.000,00 de bonificação, no décimo do programa. Já em Cidade Jardim, dez carreiras estão agendadas, incluindo a Prova Especial Giant.

Abaixo as indicações e boa sorte!



1° Páreo: No claiming pela primeira vez, Virtuosa Baby tem boa oportunidade para deixar o perdedor. Early Entry já está madura no páreo, volta à pista de sua preferência e promete vender caro a derrota. Rose Of War, depois.

VIRTUOSA BABY (1) – EARLY ENTRY (4) – ROSE OF WAR (2)



2° Páreo: Fantasy Blonde, melhorando a cada carreira, e Rica Indy, mais do que madura no páreo, parecem bem colocadas na companhia e podem desbancar os machos. Prejudicado na última, Best Event deve render mais hoje.

FANTASY BLONDE (7) – RICA INDY (6) – BEST EVENT (8)



3° Páreo: Páreo cheio e equilibrado, onde, Desejado Fatal, na grama e com Lasix pela primeira vez, é capaz de levar a melhor. Em forma, Texas Gipsy surge como sério rival do filho de Notation. Pronome fica na dependência de pegar bem a pista para uma boa apresentação.

DESEJADO FATAL (5) – TEXAS GIPSY (2) – PRONOME (4)



4° Páreo: Retiro Corunilha e Poker Face são ótimos potros e prometem uma disputa sensacional no ‘início’ do segundo Pick 3. Depois de ótima estréia, onde ganhou e não levou, El Gran Raton volta bem preparado e também pode entrar na briga.

RETIRO CORUNILHA (1) – POKER FACE (3) – EL GRAN RATON (7)



5° Páreo: Novamente no páreo de turma, Desejada Tóta tem como grande obstáculo a ausência das pistas, já que não atua desde janeiro. Lolly Beauty vem de colocações clássicas, volta ao percurso de sua vitória e pode endurecer com rateio melhor. Villanueva e Vem Nessa formam forte parelha.

DESEJADA TÓTA (1) – LOLLY BEAUTY (4) – VEM NESSA (5)



6° Páreo: Zeffirelli deixou impressão das melhores na estréia e volta com grande possibilidade de vitória. Também vindo de boa apresentação, Questo é o principal adversário do castanho do Stud Capitão. Next Flight e Fio de Ouro formam parelha perigosa.

ZEFFIRELLI (7) – QUESTO (4) – FIO DE OURO (8)



7° Páreo: Bastante corredor, Nohar segue em evolução, deve ir muito bem na direção do Marcello Cardoso e é um dos prováveis no Clássico Escorial. Mais aguerrido no percurso, Impatare surge como inimigo perigoso. Grapete Repete e Talento são as outras forças da prova.

NOHAR (8) – IMPATARE (5) – GRAPETE REPETE (6)



8° Páreo: Viver Verá fez estréia ‘prá lá’ de promissora e tem destaque na Prova Seletiva para a Taça de Prata. Ligeiro, Tiff é capaz de escapar na ponta e chegar brigando pela vitória. Le Kinoplex é mais um que deve se classificar.

VIVER VERÁ (5) – TIFF (3) – LE KINOPLEX (6)



9° Páreo: Outra Categoria está em forma, rende mais na grama e é chegada certa. Muito veloz, Best Of Five pode tomar a frente e chegar entre as primeiras com rateio alto. Opéra Bouffe, ameaça.

OUTRA CATEGORIA (8) – BEST OF FIVE (3) – OPÉRA BOUFFE (7)



10° Páreo: Páreo de difícil prognóstico, onde, Hassler, no rigor do Mazini, pode entrar na briga pela vitória. Havano venceu com firmeza o perdedor, mas, como sofreu claudicação grau II, merece cautela. Bose e Tcheckow regulam e são combinações bem gastas no Open Betting.

HASSLER (5) – HAVANO (8) – BOSE (1)



11º Páreo: Godsmustbecrazy retorna ao páreo de turma e tem boa chance para fazer as pazes com o vencedor. Agora com Lasix, Wish Me Luck pode confirmar os ótimos exercícios. Melloni, que vai leve, a seguir. Mais uma prova perigosa!

GODSMUSTBECRAZY (8) – WISH ME LUCK (1) – MELLONI (9)



12º Páreo: Retrospecto do páreo, Mestre de Ouro é boa opção no fecha da reunião. Quota Famous, ainda que a baliza não ajude, pode entrar na quadrifeta. Dos demais, Villa Pisani, que vai leve, e Sonho de Valsa, que rende bem na grama.

MESTRE DE OURO (5) – QUOTA FAMOUS (13) – VILLA PISANI (6)

Por Celson Afonso

Gávea, Indicações de Celso Afonso para este sábado, 04/06

Fundistas encaram Clássico Escorial

Melhor páreo da tarde, o Clássico Escorial reúne sete competidores em 2.400 metros na pista de grama. A prova, sétima do programa, teve como vencedores Signal Up, em 2009, e Peça única, em 2010.

Nohar (foto) encarou as duas últimas etapas da Tríplice Coroa, vem evoluindo e é um dos destaques do páreo. Filho de Know Heights e Vitalina (Arg), por Itajara, o castanho defende seu criador, o Haras São José e Expedictus.

Outra bela carreira na reunião, a Prova Seletiva para o GP João Adhemar de Almeida Prado, Grupo 1, promete um desfecho sensacional. Oito potros de dois anos seguem inscritos no páreo, que será disputado em 1.600 metros, na pista de grama.

Hoje na Gávea serão corridas 12 provas, com a primeira marcada para as 13h45. O Pick 7 começa somente no sexto páreo, enquanto o Open Betting, com R$10.000,00 de bonificação, no décimo do programa. Já em Cidade Jardim, dez carreiras estão agendadas, incluindo a Prova Especial Giant.

Abaixo as indicações e boa sorte!



1° Páreo: No claiming pela primeira vez, Virtuosa Baby tem boa oportunidade para deixar o perdedor. Early Entry já está madura no páreo, volta à pista de sua preferência e promete vender caro a derrota. Rose Of War, depois.

VIRTUOSA BABY (1) – EARLY ENTRY (4) – ROSE OF WAR (2)



2° Páreo: Fantasy Blonde, melhorando a cada carreira, e Rica Indy, mais do que madura no páreo, parecem bem colocadas na companhia e podem desbancar os machos. Prejudicado na última, Best Event deve render mais hoje.

FANTASY BLONDE (7) – RICA INDY (6) – BEST EVENT (8)



3° Páreo: Páreo cheio e equilibrado, onde, Desejado Fatal, na grama e com Lasix pela primeira vez, é capaz de levar a melhor. Em forma, Texas Gipsy surge como sério rival do filho de Notation. Pronome fica na dependência de pegar bem a pista para uma boa apresentação.

DESEJADO FATAL (5) – TEXAS GIPSY (2) – PRONOME (4)



4° Páreo: Retiro Corunilha e Poker Face são ótimos potros e prometem uma disputa sensacional no ‘início’ do segundo Pick 3. Depois de ótima estréia, onde ganhou e não levou, El Gran Raton volta bem preparado e também pode entrar na briga.

RETIRO CORUNILHA (1) – POKER FACE (3) – EL GRAN RATON (7)



5° Páreo: Novamente no páreo de turma, Desejada Tóta tem como grande obstáculo a ausência das pistas, já que não atua desde janeiro. Lolly Beauty vem de colocações clássicas, volta ao percurso de sua vitória e pode endurecer com rateio melhor. Villanueva e Vem Nessa formam forte parelha.

DESEJADA TÓTA (1) – LOLLY BEAUTY (4) – VEM NESSA (5)



6° Páreo: Zeffirelli deixou impressão das melhores na estréia e volta com grande possibilidade de vitória. Também vindo de boa apresentação, Questo é o principal adversário do castanho do Stud Capitão. Next Flight e Fio de Ouro formam parelha perigosa.

ZEFFIRELLI (7) – QUESTO (4) – FIO DE OURO (8)



7° Páreo: Bastante corredor, Nohar segue em evolução, deve ir muito bem na direção do Marcello Cardoso e é um dos prováveis no Clássico Escorial. Mais aguerrido no percurso, Impatare surge como inimigo perigoso. Grapete Repete e Talento são as outras forças da prova.

NOHAR (8) – IMPATARE (5) – GRAPETE REPETE (6)



8° Páreo: Viver Verá fez estréia ‘prá lá’ de promissora e tem destaque na Prova Seletiva para a Taça de Prata. Ligeiro, Tiff é capaz de escapar na ponta e chegar brigando pela vitória. Le Kinoplex é mais um que deve se classificar.

VIVER VERÁ (5) – TIFF (3) – LE KINOPLEX (6)



9° Páreo: Outra Categoria está em forma, rende mais na grama e é chegada certa. Muito veloz, Best Of Five pode tomar a frente e chegar entre as primeiras com rateio alto. Opéra Bouffe, ameaça.

OUTRA CATEGORIA (8) – BEST OF FIVE (3) – OPÉRA BOUFFE (7)



10° Páreo: Páreo de difícil prognóstico, onde, Hassler, no rigor do Mazini, pode entrar na briga pela vitória. Havano venceu com firmeza o perdedor, mas, como sofreu claudicação grau II, merece cautela. Bose e Tcheckow regulam e são combinações bem gastas no Open Betting.

HASSLER (5) – HAVANO (8) – BOSE (1)



11º Páreo: Godsmustbecrazy retorna ao páreo de turma e tem boa chance para fazer as pazes com o vencedor. Agora com Lasix, Wish Me Luck pode confirmar os ótimos exercícios. Melloni, que vai leve, a seguir. Mais uma prova perigosa!

GODSMUSTBECRAZY (8) – WISH ME LUCK (1) – MELLONI (9)



12º Páreo: Retrospecto do páreo, Mestre de Ouro é boa opção no fecha da reunião. Quota Famous, ainda que a baliza não ajude, pode entrar na quadrifeta. Dos demais, Villa Pisani, que vai leve, e Sonho de Valsa, que rende bem na grama.

MESTRE DE OURO (5) – QUOTA FAMOUS (13) – VILLA PISANI (6)

Por Celson Afonso

Brasileiro Armas e Flores vence Prova Especial em Palermo


Brasileiro Armas e Flores vence Prova Especial em Palermo


Na condição de franco favorito, o cavalo brasileiro Armas e Flores, agora totalmente adaptado e aclimatado ao turfe argentino, venceu, há pouco, em Palermo, e de ponta a ponta, a Prova Especial Ibeman, disputada em 1.000 metros, areia.

Conduzido por Gustavo Calvente , Armas e Flores cruzou o espelho com 6 corpos de folga sobre Que Chistoso - pilotado por Altair Domingos - na marca de 54.38.

Levado à raia em excelente estado por Alfredo Gaitán, Armas e Flores, 3 anos, filho de Gilded Time e Cores do Ceu (Choctaw Ridge), de criação de Mauro e Marcos Ribeiro Simon e propriedade do Stud Farda Vencedora, obteve hoje sua 3ª vitória - destaque para o Grande Premio Proclamação da República (gr.II), quando derrotou o craque Desejado Thunder - em 10 atuações

É Do Iguassu vence com firmeza o Clássico Criadores

É Do Iguassu vence com firmeza o Clássico Criadores (L), no Tarumã


Com Valmir Rocha no comando das rédeas, É Do Iguassu venceu nesta sexta feira, com muita facilidade, o Clássico Criadores (L), disputado há instantes no Hipódromo do Tarumã, em Curitiba.

O favorito Flemigton, que entrou na reta final na vanguarda, pouco resistiu ao tropel de É Do Iguassu e logo esmoreceu, mas ainda com pernas para manter o 2º lugar. Que Alegria arrematou em 3º, Fernand Gais foi o 4º e Full Poket completou o marcador.O ganhador, que é treinado por Ademar de Barros Pereira, assinalou 1:40 cravados para os 1.600 metros da pista de areia.

É Do Igaussu é um 2 anos, filho de Romarin e Gitanilla (Minstrel Glory), de criação e propriedade do Haras Rio Igaussu. Esta foi sua 3ª vitória em 6 atuações

Cooperativo venceu o Grande Prêmio Jockey Club de Itajai


Deu o potranco COOPERATIVO no Gp do JC DE ITAJAI dias 28,29,30/05/2011 – Distância 500 metros, ele que defende as cores da cidade Armazem SC, de Propriedade sr Assis e Parceria, no seu lombo W. Cunha.

Cidade Jardim, Indicações de Ivan Jeronimo para este sábado, 04/06

Neste sábado, o Jockey Club de São Paulo promoverá uma jornada composta por 10 Páreos, a partir das 14 horas e 30 minutos. Destaques para a Prova Especial Giant, a ser corrida em 1600 metros em pista de grama, reservado para Produtos de 3 e mais anos e apenas uma versão da Prova Seletiva da Taça de Prata das Potrancas, o G.P Margarida Polak Lara, esta, reservada para potrancas de 2 anos, em 1600 metros, também na grama.

Na Prova Especial Giant, a quarta da tarde, Hook The Pirate (Torrential) de criação e propriedade do Beverly Hills Stud, vencedor do G.P Jockey Club de São Paulo (G.I) pegou prova "camarada" e dificilmente sairá derrotado da raia. Vindo de uma corrida razoável, porém chegando muito perto, apenas 6 corpos do ganhador, Olhar de Campeão (Hard Buck), The Daughter’s Stud poderá formar a dupla desta feita. Venal (Fahim), Stud J.G.Correia vem correndo muito e poderá dar um susto aos "bicho-papões".

Já na Seletiva de potrancas, a 5ª do programa, é bastante comentada a potranca Coreograph (Sulamani), Haras Tango, que vem de vencer uma eliminatória em uma marca de menos de 96’ para os 1600m e aparece como uma boa opção para jogo. Vip Moon (Signal Tap), irmã do bom Hobnot, é a diferença imediata da nossa escolhida. Yosemite e Dança do Ventre também tem pretensões.

O simulcasting com a Gávea começa às 13 horas e 45 minutos.

A seguir, comentários e indicações. Boa sorte!

1º Páreo: Páreo vazio, porém de bom nível técnico, Union Life tem atuado com realce e pode se sair a melhor por aqui. A castanha do New Partners Stud ainda tem o benefício de levar 2 kgs de vantagem de sua provável diferença, Minha Morena. Rosemary Shu, com peso "pluma" deve ser lembrada.

2º Páreo: Juega Más tem firme vitória no Tarumã e aparenta ser a indicação mais firme da tarde. Tufão Negro pode atropelar e formar a dupla. Bamboré não teve um bom pique de partida e mesmo jogado finalizou distanciado. Olho!

3º Páreo: Desdobramento da primeira prova, também com muito equlíbrio. Brieta vêm correndo "o fino" e se repetir suas ultimas apresentações pode levar a equipe do "Tolú" novamente ao "Winner’s Circle" . Yathaghan parece que "esqueceu de correr" e se retomar a boa fase, irá dar trabalho a nossa indicada. Spacecraft sabe muito mais e desferrada é um perigo. Na areia, Sound of a Thunder.

6º Páreo: Páreo onde a cerca móvel está ao meio de raia, e cheio, está sujeito a "chuvas e trovoadas". Tina Pfeiffer (Christine’s Outlaw) fez estréia que nos agradou bastane e será nossa escolhida. Vow Vow (Northern Afleet) estreou favorita no Paraná e com certeza melhorará "horrores" na pista de grama. Barbara Storm (Metor Storm) chegou muito perto da já vencedora Tataindy e pode inclusive vencer. Depois eu Vou e Venice Girl para as "quadras". Na areia, Vow Vow.

7º Páreo: Seu Pereira no claiming voltou a correr o que sabe. Desta feita, o pupilo de E.G.Silva terá nas patas de Olympic Flower uma seríssima diferença, tendo em vista que a bonita tordilha cai para o claiming e vem enfrentando turmas fortíssimas. Gulga Linda é a "tertius". Na areia, Gulga Linda.

8º Páreo: Ulindi vem de correr o GP. A.B.C.P.C.C e nessa companhia têm muitor partidários, além do aumênto de distância fazer bem a ele. Ufergis sabe muito mais e aqui pode derrotar nosso indicado. Running Shu vem de vencer o claiming com muita facilidade e vai dar trabalho mesmo aqui. Na areia, River Town.

9º Páreo: Claiming fraqíssimo onde as "meninas" devem tomar conta da "parada". Karabora leva pequeno destaque sobre a tropa. A crioula do Haras Santarém não teve bom percurso em sua ultima apresentação mas poderá abandonar o perdedor desta feita. Tantabeleza já correu páreos infinitamente mais fortes que este e se não "sentir" o reaparecimento será um "osso duro". Wild Country e Caribenho a seguir.

10º Páreo: O "ligeirão" I Had a Dream, desta feita, com 49 kg, é uma das boas indicações da tarde, principalmente "galopando" sozinho na frente. Didie Six também muito "aliviado" no peso irá correr com muito destaque. Del Ciel, Zidany di Job e Disagree completam a quadrifeta.

Indicações: (pista programada)

1º Páreo: Union Life (3) – Minha Morena (5) – Rosemary Shu (2)
2º Páreo: Juega Más (4) – Tufão Negro/Skydiver (3) – Bamboré (1)
3º Páreo: Brieta (6) – Yathagan (1) – Spacecraft (2)
4º Páreo: Hook the Pirate (5) – Olhar de Campeão (4) – Venal (6)
5º Páreo: Coreograph (8) – Great Valor (1) – Dança do Ventre/Diesel Girl (2)
6º Páreo: Tina Pfeiffer (7) – Vow Vow (4) – Barbara Storm (8)
7º Páreo: Seu Pereira (7) – Olympic Flower (4) – Gulga Linda (5)
8º Páreo: Ulindi (6) – Ufergis (5) – Running Shu (1)
9º Páreo: Karabora (6) – Tantabeleza (2) – Wild Country (5)
10º Páreo: I Had a Dream (4) – Didie Six (6) – Del Ciel (2)

Indicações: (mudança de pista)

1º Páreo: Union Life (3) – Minha Morena (5) – Rosemary Shu (2)
2º Páreo: Juega Más (4) – Tufão Negro/Skydiver (3) – Bamboré (1)
3º Páreo: Sound of Thunder (3) – Brieta (6) – Siphonette (7)
4º Páreo: Rio Miranda (2) – First McCoy (3) – Venal (6)
5º Páreo: Vip Moon (4) – Great Valor (1) – Dança do Ventre/Diesel Girl (2)
6º Páreo: Vow Vow (4) – Tina Pfeiffer (7) – Barbara Storm (8)
7º Páreo: Gulga Linda (5) – Nordvik (1) – Ovvio (3)
8º Páreo: River Town (7) – First Point (2) – Running Shu (1)
9º Páreo: Karabora (6) – Tantabeleza (2) – Wild Country (5)
10º Páreo: I Had a Dream (4) – Didie Six (6) – Del Ciel (2)

por Ivan Jeronimo

Cidade Jardim, PE Giant e Seletiva da Taça de Prata são os destaques da sabatina paulista

Dez páreos formam a reunião de hoje em Cidade Jardim , que começa às 14:30 hs e apresenta como destaque a Prova Especial Giant, para produtos de 3 e mais anos , em 1.800 metros, grama e a Seletiva para a Taça de Prata – Fêmeas , para potrancas de 2 anos, em 1.600 metros, grama.

As inversões do Pick 8 e do Fast 6 diminuem a partir de hoje para R$ 1,50 , aposta mínima R$ 3,00.

Outra grande atração é o simulcasting com a Gávea, com 12 páreos, o 1º às 13:45 hs, onde os destaques são o Classico Escorial (L), para produtos de 3 e mais anos, em 2.400 metros, grama e a Seletiva para a Taça de Prata – Machos, para potros de 2 anos, em 1.600 metros, grama.

JCSP

sexta-feira, 3 de junho de 2011

St. Nicholas Abbey confirma o favoritismo na Coronation Cup


St. Nicholas Abbey confirma o favoritismo na Coronation Cup (G1)

Os favoritos estão se impondo em Epsom nesta sexta-feira. Depois de Antara no Princess Elizabeth Stakes (G3), agora foi a vez de St. Nicholas Abbey na milha e meia da Investec Coronation Cup (G1), grande clássico para produtos de quatro anos e mais idade.

O filho de Montjeu e Leaping Water, por Sure Blade, do trio Derrick Smith, Mrs. John Magnier e Michael Tabor, treinado por Adrian O'Brien, montado por Ryan Moore, foi o ganhador, ele que vinha de vencer os 2.700m do Ormonde Stakes (G3), em Chester, e, em 2009, havia sido primeiro no Racing Post Trophy (G1), em Doncaster, e no Juddmonte Beresford Stakes (G2), em Curragh, estes dois na milha.

Na sua escolta, a segunda favorita, que lhe chegou a um corpo, a ótima Midday (Oasis Dream e Midsummer, por Kingmambo), de Khalid Abdullah, ganhadora no ano passado do Darley Yorkshire Oaks (G1) e do Qatar Prix Vermeille (G1). Este ano ganhou o Middleton Stakes (G2).

Dois corpos atrás, em terceiro, terminou Clowance, uma filha de Monjeu (como o ganhador) e Freni, por Sternkoenig).

O tempo foi de 2:37:18.

JCB

Heleonor Rugby, da Coudelaria Jéssica, vence em Hollywood Park

Heleonor Rugby, da Coudelaria Jéssica, vence em Hollywood Park

Heleonor Rugky, 2 anos, filha de Tribal Rule e Eleonor Rose (In Excess), criada na Califórnia por Dr. John Piconi e propriedade da Coudelaria Jéssica, venceu o 3º páreo de ontem em Hollywood Park, um Maiden Special Weight, para potrancas de dois anos, com US$ 50,000 de bolsa.

Sob a tocada de Christian Santiago Reyes, a pupila de Antônio Carlos Ávila, engrenou na reta e atropelou nos metros finais, ultrapassando Roar Baby Roar, e cruzou o disco com meio corpo de vantagem. Vicki Victoria finalizou em terceiro, Molly’s All Heart foi a 4ª e Bulletgirl completou o marcador entre as oito competidoras.

A ganhadora, primeiro produto da letra "H" da Coudelaria Jéssica, assinalou 58.73 para os 1.000 metros da pista sintética (cushion track).

por Rodrigo Pereira

Lagoinha programa para sábado, 04.06

Lagoinha: Programa Oficial da 22ª reunião da temporada

No próximo sábado, dia 4 de junho de 2011, serão realizados 4 páreos pela 22ª reunião da temporada no Jockey Club de Goiás. O início da reunião está marcado para as 15:00h.

Segue abaixo o programa oficial da reunião. Boa sorte a todos.

1º Páreo - 1.609m - às 15h - Prêmio: R$1.000,00 (Produtos de 2 e mais anos sem vitória)

Animal / Jóquei / Treinador / Proprietário

1- Just Now / J.Divino / AL.Moraes / Haras Bemvenuto
2- Mat Blue / SM.Silva / VB.Santos / Stud Mano a Mano
3- Orbana / W.Natal / E.Lima / Nelton Zavaris
4- Natalina / J.Gonçalves / JO.Custódio / Stud Anhanguera
5- Anonimo Veneziano / AN.Santos / A. Antonio Filho / Stud Ponta Kayana
6- Danny / W.Souza / VB.Santos / Stud BBC
7- Senha Secreta / M.Macedo / JE.Rosa / Amarildo Reino de Lima
8- Saudação / JE.Rosa / JE.Rosa / Amarildo Reino de Lima

2º Páreo - 1.300m - às 15:40min - Prêmio: R$1.000,00 (Turma Especial 1)

1- Texas Western / SM.Silva / E.Santos / Stud Bruno Hernandez
2- Esdrúxulo / W.Natal / W.Natal / Stud Rancho 3
3- Zaptaptap / AN.Santos / AN.Santos / Stud Terezinha
4- Ablúvium / W.Souza / D.Brandão / Stud Morato
5- Good Force / J.Divino / D.Brandão / Stud São Pedro
6- Show my Emblem / G.Gouveia / D.Brandão / Stud Gouveia e M.Damasceno
7- Talisman Lark / J.Gonçalves / JO.Custódio / Stud Anhanguera
8- Super Trio / E.Vieira / J.Fernando / Haras El Dourado
9- Dubai Frontera / M.Macedo / J.Fernando / Haras El Dourado

3º Páreo - 1.100m - às 16:20min - Prêmio: R$1.000,00 (Turma Especial 2)

1- Dancer Dragon / JE.Rosa / A.Antonio Filho / Silval Domingues de Araújo
2- Outubro / SM.Silva / E.Santos / Stud Marco Antonio
3- Amore di Job / E.Vieira / E.Santos / Stud Bruno Hernandez
4- Ejector Talk / G.Gouveia / G.Gouveia / Stud Gouveia e M.Damasceno
5- Selo Pronto / W.Natal / W.Natal / Stud Rancho 3
6- Jet King / AN.Santos / VB.Santos / Maurício Roriz dos Santos
7- Da-lhe Giant / J.Divino / D.Brandão / Stud Morato

4º Páreo - 1.609m - às 17h - Prêmio: R$1.000,00 (Chamada Livre)

1- Kaloã / W.Natal / W.Natal / Stud Rancho 3
2- Leopold / J.Gonçalves / W.Natal / Stud Rancho 3
3- Software / E.Vieira / VB.Santos / Faculdade Padrão
4- Xiang / M.Macedo / M.Macedo / Carlos Martins
5- Listador / JE.Rosa / JE.Rosa / Amarildo Reino de Lima
6- American Samoa / AN.Santos / VB.Santos / Maurício Roriz dos Santos
7- Iamthemaster / SM.Silva / E.Santos / Stud Meu Brother
8- Hidden / J.Divino / AL.Moraes / Stud NG

por Eluan Turino

Retas por Marcos Rizzon

AS NOVIDADES DA CANCHA RETA BRASILEIRA

Após um giro de muitas viagens nos últimos 20 dias -
POA/SP/POA/SP/POA/B.AIRES/POA/J.CASTILHOS/POA/CARAZINHO/POA - haja fôlego -, muitas novidades, fofocas, birras etc.

Em se tratando de cancha reta, a grande novidade é o retorno da Penca de Lages à Liga da Cancha Reta. Aos poucos, o presidente Tom Costa vai realizando as coisas que prometeu.
Quem reapareceu em Carazinho foi Alberto Marques de Souza, o “Maninho”, e disse ao JT que sua tradicional penca a partir deste ano será corrida no fim do mês de setembro, junto com o aniversário de São Jerônimo que, em 2011, estará comemorando 150 anos. Este GP será disputado nos dias 23, 24, 25 e 26.
Depois desta ótima notícia, reuni-me com o presidente da Liga, Nilton Carlesso, e definimos que o GP Campeão dos Campeões será corrido nos dias 14, 15, 16 e 17 de outubro no Hipódromo do Cristal.
O Leilão do Haras Ponta Porã - 2ª Etapa - realizado em Carazinho foi um sucesso e as duas pencas programadas para 2012 terão dotação total de R$ 380 mil e, além do milionário prêmio, será sorteado, entre todos os treinadores participantes dos dois eventos, um Carro Zero Km.
Que bom que a reta está firme e forte. As fofocas e birras... prefiro não falar!!!

Quanto Mais em Madalena

O Stud Sampaio, através de seu titular Fernando Sampaio, radicado em Fortaleza, enriqueceu sua cocheira da Madalena, trazendo QUANTO MAIS (brilhante vencedor do Grande Premio Bento Gonçalves 2010, maior prova do turfe gaúcho); RINCHO (3 anos, 2 vitorias em Cidade Jardim, havendo despedido-se de lá no Delegações Turfísticas de 2011); MARECHAL FREE (3 anos, 1 vitoria em Cidade Jardim) e HERÓI DE BIRIGUI (5 anos, 5 vitorias em Cidade Jardim, especialista em tiros curtos).


fonte Bento Magalhães

Centro de doma e criação ganha espaço no Paraná

Face à redução do número de cocheiras no Hipódromo do Tarumã, e também em razão de condições oferecidas por localidades “fora da capital”, alguns espaços dedicados ao manejo do Puro Sangue Inglês vêm ganhando espaço, no Paraná, nos últimos meses. Um deles é o Haras Don Felipe do Sul.

Localizado no município de Piraquara, distante cerca de 20 minutos de Curitiba, o estabelecimento possui mais de uma área de atuação. E podemos dizer que “tudo começa” no segmento onde se é atendido o setor de criação, aberto a éguas e potros de pensionistas. Esta sessão conta com 14 alqueires de pasto, 6 piquetes, 15 cocheiras, e fica sob os cuidados da veterinária Neiva Duprá.

No caso das matrizes, o acompanhamento da profissional, além de possuir todos os cuidados essenciais no desenvolvimento da gestação, ganha atenção especial nas vésperas do parto: quando se aproxima a possível data do nascimento, as éguas passam a posar recolhidas, em cocheiras aparelhadas com câmeras, que permitem a Duprá acompanhar as movimentações das pensionistas de sua própria casa.

Na sequência, os produtos seguem recebendo o acompanhamento devido, como de praxe – neste sistema, em 2009 o Haras Don Felipe do Sul produziu a sua primeira geração. Passadas as fases de desmame, amadurecimento, dentre outros estágios, os proprietários dos potros e potrancas também possuem a opção de que o treinamento dos mesmos seja iniciado ali mesmo.

Esta parte do haras, destinada à doma e iniciação, possui 10 alqueires, com 13 piquetes e 3 grandes redondéis de areia. O acompanhamento veterinário segue a cargo de Neiva Duprá, que a partir deste ponto passa a contar com o trabalho de Gladston Figueiredo Santos, que além de estar radicado como treinador no próprio Jockey Club do Paraná, também atua no Haras Don Felipe do Sul.

“Depois do potro ser ‘liberado’ do centro de criação, e estar devidamente apto a ser iniciado em treinamentos, ele é encaminhado para esta área, onde começa a ser realizada a doma”, explica Gastão – como é mais comumente conhecido. Um dos 3 redondéis citados acima possui um partidor, com o qual os animais são habituados ao contato desde cedo. Outro recurso que está ao alcance do profissional e de sua equipe é um redondel coberto, que permite a não paralisação das atividades com os animais mesmo sob condições metereológicas adversas.

Depois de concluída a doma, as primeiras noções de treinamento podem ser no estabelecimento, com o devido encerramento acontecendo no próprio Hipódromo do Tarumã, onde Gastão dispõe de um grupo de cocheiras. “Aqui no haras o animal tem o seu primeiro contato com o partidor, com a sela, realiza seus primeiros galopes mais abertos, enfim, realiza a sua iniciação. E aí este processo pode ser concluído no Jockey Club”, explica o treinador. “Mesmo animais de mais idade, que já foram iniciados e até mesmo corridos, possuem espaço no haras. Aqui eles se recuperam, reiniciam seus treinamentos e são enviados ao hipódromo faltando poucos ajustes para os seus respectivos reaparecimentos”, conclui o profissional.

por Victor Corrêa

Gávea, Resolução da Comissão de Corridas - Copa de Dois Anos

Resolução da Comissão de Corridas - Copa de Dois Anos


RESOLUÇÃO DA COMISSÃO DE CORRIDAS


Em 1 de JUNHO de 2011


BOLETIM OFICIAL Nº 99 de 1 de JUNHO de 2011


COPA DE 2 ANOS



Devido a um erro de impressão no livro da temporada clássica de 2011, onde não aparece um dos itens do regulamento do ano anterior, exatamente o de sua criação, esclarecemos:



1. Não haverá este ano um campeão da Copa de Dois Anos diante dos resultados das duas primeiras etapas e pelo fato de para sê‑lo o produto ter que ganhar as três.



2. Neste caso, o Jockey Club Brasileiro dará ao produto que somar o maior número de pontos (contagem constante do regulamento), após a disputa da terceira etapa, a milha do GP Jockey Club Brasileiro (Grupo 1), marcada para o dia 26 de junho, um bônus compensatório de R$ 15.000,00.



Ranking da Copa dos 2 anos



FUSILI ‑ 11 pontos

PRÓ MEMÓRIA, JOE DIESEL e VILLERON ‑ 10 pontos

FIO DE SEDA ‑ 7 pontos

SENDING KISSES, SEE THE STAR e FITA AZUL ‑ 6 pontos

FIRME, ZEPELLIN, VIA BLUE e I SCREAM ‑ 4 pontos

LA FLEUR, LURTON, NOT TO TELL YOU, e TCHELONA ‑ 2 pontos

VAIDOSO e ZEFERINO ‑ 1 ponto.


A COMISSÃO DE CORRIDAS

AUTORIZA A DIVULGAÇÃO

Tarumã, Briga pela liderança da geração é atração e atração para hoje

Nesta sexta-feira, 9 provas serão disputadas no Jockey Club do Paraná a partir das 16 horas e 15 minutos. Chamada especial para a sexta corrida do dia, onde produtos de 2 anos medem forças no tradicional Clássico Criadores (L), em 1.600 metros na areia.

A prova, que no ano passado revelou a liderança de Jéca, neste ano tem em Flemington (Amigoni), de criação do Stud Chesapeake e propriedade de Rubens Grahl, o seu grande candidato à vitória. Treinado pelo caprichoso Amilton Aquino de Farias, Flemington já possui experiência clássica na Paulicéia, e isso, na certa, conta pontos a favor do conduzido de Silvio Generoso por aqui.

É Do Iguassu (Romarin), do Haras Rio Iguassu, que correu o GP Juliano Martins (gr.I) como uma de suas forças, é rival de vulto. O líder local, Fernand Gais (Qais), do Haras Cima, é um tertius perigoso.

O simulcasting com a Gávea começa às 17 horas.

A seguir, comentários e indicações. Boa sorte!

1º Páreo: Bastante comentado, Good Tiger (Tiger Heart) estréia na promessa de uma grande apresentação. O defensor do Stud Mandrake, que poderá largar e acabar, terá no também estreante Lance Genial (Inexplicable), dono de bons trabalhos, um sério adversário. Frodo (Tiger Heart) deverá completar a trifeta.

2º Páreo: Dona de trabalhos dos mais recomendáveis, Dá-lhe Requebra (É do Sul) estréia muito bem cotada à vitória. Caso apanhe uma boa partida, a neta de Jules será um osso duro de roer por aqui. Espanave Boy (Nergy Boy) e Lady Grace (Giant Gentleman), que defendem o retrospecto, pintam como diferenças diretas da nossa indicada. Depois, Lucky Heart (Tiger Heart).

3º Páreo: Em páreo de claiming nivelado por baixo, ficamos com Trombador (Durban Thunder), que vem de correr na turma, onde o seu rendimento não foi de todo mal. Nashville Bird (Redattore), de boa filiação, e Charles Barkley (Starve Runner), que estréia comentado, são rivais de vulto.

4º Páreo: Após produzir atuação pouco chamativa em São Paulo, Taititu (Blade Prospector) retorna ao Tarumã, onde agradou quando da sua mais recente apresentação. Os tempos para os quais corre o crioulo do Ponta Porã são melhores do que o assinalado no páreo em que Garib (Redattore), o principal rival de Taititu, estreou. Bun Di Bun An (Ski Champ) é a melhor pedida entre os estreantes.

5º Páreo: Mesmo dando vantagem no peso para todos os seus adversários, Jobi, que é muito corredor, deverá levar de vencido este quinto páreo. A sua apresentação na semana do GP São Paulo foi excelente. A briga pela dupla deverá ficar entre Vogante e Dá-lhe Santarém. Depois, Uribia.

7º Páreo: Ainda que a vitória obtida por Herr Victor em seu retorno ao Tarumã tenha sido bastante escamada, o tordilho segue sobrando na parceria. Confirmando, o filho de Ski Champ deverá vencer mais uma. Prega Fogo e Uruguayo di Punta deverão decidir a segunda colocação. Ilvessillotricolor é pule tentadora.

8º Páreo: Potranca que já apareceu inscrita algumas vezes, e acabou fazendo forfait, Tasil apanha páreo bastante acessível para estrear. E sendo assim, não seria surpresa uma vitória, logo de cara, para a filha de Music Prospector. Petúnia Resedá e Pardal Fighter, que estão sempre confirmando, são as melhores pedidas para as duplas e exatas.

9º Páreo: Competindo com o auxilio do antiinflamatório, Lord Captain estréia em Curitiba numa turma bastante camarada. Cavalo de maior categoria no lote, o crioulo do Bandeirantes tentará quebrar a série de Captain Worth, que deverá ser o favorito dos apostadores, mesmo vindo de vencer em marca horrível. A dupla ganha amplo destaque. Double Gate e Barbarian Runner depois.

Indicações:

1º Páreo: Good Tiger (2) – Lance Genial (3) – Frodo (1)
2º Páreo: Dá-lhe Requebra (8) – Espanave Boy (9) – Lady Grace (5)
3º Páreo: Trombador (6) – Nashville Bird (5) – Charles Barkley (2)
4º Páreo: Taititu (5) – Garib (2) - Bun Di Bun Na (1)
5º Páreo: Jobi (5) – Vogante (4) – Dá-lhe Santarém (2)
6º Páreo: Flemington (2) – É Do Iguassu (6) – Fernand Gais (4)
7º Páreo: Herr Victor (5) – Prega Fogo (1) – Uruguayo di Punta (4)
8º Páreo: Tasil (10) – Petúnia Resedá (8) – Pardal Fighter (5)
9º Páreo: Lord Captain (2) – Captain Worth (8) – Double Gate (5)

por Victor Corrêa

Nos bastidores da Gávea por Leandro Mancuso

Nos bastidores da Gávea
01/06/2011 - 11h06min


1 - O avião JOE DIESEL, do Stud Globo, decolou na pista de grama da Gávea. Muitos achavam que ele não iria ter o mesmo desempenho no tapete verde, porém, o pupilo do treinador Dulcino Guignoni, levou a prova de ponta a ponta. O treinador repetiu o feito com TOP SIZE no ano de 2000. Parabéns ao veterinário Dr. Flavio Carneiro, que também atende o craque TIMEO, atual ganhador do GP São Paulo. Criação nota dez do Haras Campestre.

2 - FAMOUS NICK, do treinador Léo Cury, enfim confirmou seus excelentes trabalhos, mas o que impressionou foi o seu rateio, pois vinha de descolocação, sinal que muita gente sabia. Ao que tudo indica ele deve ser inscrito na grama, quem sabe em alguma prova nobre. Vamos aguardar!!!

3 - Essa semana o jóquei V.Gil mostrou que é bom correndo de frente e de trás, e a fase é extraordinária, com certeza montando FREGE (R.Solanes) foi a vitória mais bonita, pois ganhou de ZARCO, favorito dos catedráticos.

4 - PRÓ MEMÓRIA ganhou aos esbarros num tempo de 1min34seg, com cerca móvel de 3 metros e grama pesada em 1500 grama. Impressionante a evolução dessa égua de propriedade do Stud Michelle e Priscilla, e tem como treinador J.C. Sampaio e veterinária Cristina Vieira.

5 - FIO DE SEDA, da Sra Marlene Serrador, correu muito, única égua que não havia ganhado, mostrou grande, chegando à frente de competidoras de duas vitórias. Essa égua trabalha muito bem, porém, ela é baldosa e ainda não está 100%. Segundo seu treinador J.James ela irá dar o que falar em suas próximas corridas.

6 - O cavalo Mestre dos Reis, de propriedade de Peter Varnier, com 4 anos, e vitórias no Sul, está chegando ao Rio de Janeiro e ficará aos cuidados de Osmar Loezer.

7 - Mestre Céu deverá estrear essa semana na Gávea, oriundo de Pelotas e com colocações clássicas e vitórias no Cristal, tem no preparo J.A.Lopes .

8 - Ótima atração é o programa da Rede Turfe, no canal 6 da Net, às quartas feiras às 18.30 hs, e reprise no sábado pela manhã, às 8:30hs.

9 - Segundo informações das mais precisas em relação a AGE, houve a vitória da situação por 79 a 61 votos, assim sendo, foi aprovado os números e balanços do ano de 2010.

10 - Qual será o páreo que o cavalo Too Friendly irá correr na semana do GP Brasil?

11 - Será que desta feita o Stud TNT trará Send Inthe Clowns para correr o GP Brasil?

12 - O duelo de titãs entre Dalto Duarte e Henderson Fernandes, J C Sampaio e Venâncio Nahid ainda não está definido, com isso, quem ganha nessa história é o público apostador, pois a briga pelas estatísticas é parelha e não há nada definido.

por Leandro Mancuso
Raia Leve

Marcos Mazini concede entrevista ao Raia Leve

Marcos Mazini concede entrevista ao Raia Leve

Jóquei consagrado no Turfe carioca, ganhador recentemente do GP São Paulo e tríplice coroado como jóquei montando Último Furo e Cisne Branco, Marcos Mazini concede uma entrevista à reportagem do Raia Leve.

RL - Qual sua idade e onde nasceu?

MM - Tenho 25 anos, nasci na cidade de Dourados, Mato Grosso do Sul.

RL - Com qual idade começou a montar e onde foi seu inicio?

MM - Bom, comecei a montar cavalos de corridas aos 9 anos, na cancha reta de Dourados.

RL - Quem foi que descobriu você, e onde correu o primeiro páreo de cavalos PSI?

MM - Antes de mais nada queria agradecer ao treinador Darci Minetto, que me descobriu no Mato Grosso e me levou para o Cristal, eu tinha 15 anos de idade, onde aprendi na Escola de Aprendizes muito com a joqueta Suzana Davis. Essas duas pessoas me ajudaram muito na minha carreira.

RL - Tem algum proprietário do Sul que lhe ajudou na carreira que você gostaria de mencionar?

MM - Lógico que sim, Alan Guerra, Ovidio Motta e Sinval Marques, essas três pessoas me ajudaram muito quando eu mais precisava e serei eternamente grato a eles. Agradeço também o treinador Darci Minetto que me ajudou aqui no Rio, me dando oportunidades de luxo.

RL - Qual melhor cavalo que você viu correr? E qual foi o melhor cavalo que você já montou?

MM - Glória de Campeão, responde as duas perguntas, tive a oportunidade de montá-lo, e sem dúvidas é cavalo de exceção. Tomara que algum dia tenhamos outro Glória de Campeão em pistas brasileiras, que faça parar o mundo turfístico como ele fez, pois no Turfe tudo é resultado.

RL - Qual foi sua maior emoção nas pistas?

MM - Minha maior emoção nas pistas sem dúvida foi na vitória do GP Brasil com JEUNE-TURC, ganhei linda corrida, sendo meu primeiro “Brasil”, e méritos ao grande treinador Venâncio Nahid, que me deu a oportunidade e ao Haras Internacional, mas todas as vitórias são emocionantes. Na minha última conquista das estatísticas, cada vitória era um clássico para mim, muita dedicação e garra para conseguir meu objetivo.

RL - Qual foi a melhor égua que você já montou e que viu correr?

MM - A que eu montei chamasse Inchatillon, corre muito essa égua, tem um poderio locomotor de encher os olhos, principalmente nos matinais, assombra muitos cavalos no CT. A égua que vi correr foi a Zardana, realmente corre muito.

RL - Qual melhor jóquei que você viu montar?

MM - Sem dúvidas Jorge Ricardo, além de ser um fenômeno nas pistas, é um exemplo a ser seguido, e eu tento muito me espelhar nele.

RL - Qual sua meta para o futuro?

MM - Pretendo trabalhar duro e lutar pelas estatísticas ano que vem, sei que será duro, mas podem apostar que eu vou trabalhar muito para conseguir esse objetivo. A próxima temporada será de muitas vitórias.

RL - Você hoje tem contrato com algum haras?

MM – Sim, sou contratado do Haras Nacional, do Sr Armando Carneiro, e sou muito grato pela oportunidade, e tanto a coudelaria como o treinador Léo Reis estão numa fase muito boa e possuem cavalos de excelente qualidade e com certeza iremos vencer e convencer.

RL - Qual foi o melhor treinador com que você já trabalhou?

MM - É muito difícil para mim ter que escolher um treinador, temos uma safra muito boa de treinadores, porém, acho que D.Guignoni é o melhor.

RL - Gostaria de deixar um recado?

MM - Gostaria de agradecer ao D.Guignoni e ao Stud Yatasto por ter me dado a oportunidade de montar o Timeo, pois foi uma grande emoção ter ganho pela primeira vez o GP São Paulo, pois enfrentar ótimos cavalos e bons jóqueis e ganhar, é uma emoção sem tamanho. Também gostaria de agradecer ao Raia Leve pela oportunidade de poder contar um pouco da minha vida, fiquem todos com Deus e se puder torçam por mim. Abraço.

por Leandro Mancuso

Indômito retorna após temporada na Argentina

Quem está de volta, descansando no Haras Don Felipe do Sul, na região metropolitana de Curitiba, é o cavalo Indômito, 4 anos, filho de Red Runner e Recall Box por Emmson, criado pelo Haras J.B.Barros e propriedade do tradicional Stud Mandrake.

Depois de passar um ano e meio na Argentina sob os cuidados do treinador Jorge Mayansky Neer, Indômito não conseguiu vencer em pistas portenhas. Seu melhor resultado foi um 4o lugar no Clássico Necochea, disputado em julho do ano passado no Hipódromo de San Isidro.

No Brasil, em nove apresentações, sempre aos cuidados do treinador excelente treinador Ivo Oliveira, Indomito conquistou seis vitórias, com destaque para os GP’s Proclamação da República (G II), Presidente José de Souza Queiroz (G II), e ainda o seu triunfo no Clássico Presidente Herculano de Freitas (L).

por Roberto Micka
Brasil Turfe

Tarumã, favoritos da cronica para esta sexta, 03/05

1º Páreo: GOOD TIGER 2 (8)

2º Páreo: DÁ-LHE REQUEBRA 8 (6) LADY GRACE 5 (1) ESPANAVE BOY 9 (1)

3º Páreo: TROMBADOR 6 (6) LINHA DOIS 1 (1) CHARLES BARKLEY 2 (1)

4º Páreo: TAITITU 5 (6) GARIB 2 (2)

5º Páreo: JOBI 5 (7) VOGANTE 4 (1)

6º Páreo: FLEMINGTON 2 (5) É DO IGUASSÚ 6 (2) FERNAND GAIS 4 (1)

7º Páreo: HERR VICTOR 5 (4) URUGUAYO DI PUNTA 3 (3) PREGA FOGO 1 (1)

8º Páreo: CASUAL LIFE 6 (4) TASIL 10 (2) MADEIRA NOBRE 4 (1) PETUNIA RESEDÁ 8 (1)

9º Páreo: CAPTAIN WORTH 8 (5) TSOTSI 2 (3)

Absurdo, Código Florestal permite derrubar mata nativa em área igual ao Paraná


Código Florestal permite derrubar mata nativa em área igual ao Paraná
Área de reserva legal que poderá ser desmatada legalmente, caso o texto seja aprovado, é de 22 milhões de hectares

As mudanças nas regras de preservação de mata nativa nas propriedades rurais, que constam do novo Código Florestal aprovado pela Câmara, ampliam em 22 milhões de hectares a possibilidade de desmatamento no país - o equivalente ao estado do Paraná. O número representa as áreas de reserva legal que poderão ser desmatadas legalmente caso o texto seja aprovado no Senado e sancionado pela presidente Dilma Rousseff.

Os cálculos foram feitos a pedido da reportagem do jornal O Estado de São Paulo pelo professor Gerd Sparovek, do Departamento de Solos da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo (Esalq/USP), com base no texto do relator Aldo Rebelo (PC do B-SP) e na emenda 164, aprovados na Câmara na terça-feira. A conta leva em consideração a dispensa de recuperação da reserva legal, que é a área, dentro das propriedades rurais, que deve ser mantida com vegetação nativa e varia de 20% a 80% das terras.

Saiba mais
Dilma irrita-se com Código Florestal e promete veto, diz fonte
Dilma não terá coragem de vetar emenda, diz entidade
Ambientalistas lamentam aprovação do Código Florestal
Código Florestal é um dos "maiores retrocessos que já vi", diz Marina Silva
Governo não ouviu os agricultores, critica Rebelo
Flexibilização do Código preocupa Dilma, diz Minc
Ex-ministros da Agricultura enviam carta para Dilma
O texto aprovado na Câmara agradou à bancada ruralista, mas desagradou às entidades científicas, aos ambientalistas e ao governo - a presidente disse que poderá vetar parte da proposta, que, entre outros pontos, anistia produtores rurais que desmataram até 2008 e diminui as áreas de vegetação nativa em encostas e margens de rios. Também retira a proteção de áreas sensíveis, como restingas e mangues.

"O texto consolida a área agrícola do Brasil exatamente como ela está atualmente", diz Sparovek. Ele explica que isso atende às reivindicações dos produtores rurais, mas torna difícil a conciliação entre produção agrícola e ambiente. "O novo Código permite que nenhum hectare daquilo que já foi desmatado precise ser restaurado", analisa.

Além da reserva legal, o novo Código aprovado na Câmara também retira proteção das Áreas de Preservação Permanente, as APPs, que são as margens de rios, encostas, topos e morros e vegetação litorânea, como mangues e restingas. Segundo o texto de Rebelo, as APPs ocupadas com agricultura ou pecuária não precisam mais ser recuperadas com vegetação nativa.

Tatamovitch vai prosseguir campanha na Madalena

TATAMOVITCH, excelente corredor na areia e em distancias longas, também já chegou na Madalena para alegria de seu proprietário o Tenente Marquinhos e seus irmãos, do Stud 3 Irmãos. Jairo Martins, seu treinador gostou muito da forma como o cavalo chegou e pensa em prepará-lo para atuar no GP Manoel Medeiros, 2.200 m a ser realizado em 17 de Julho.

Bento Magalhães

D. Antunes fala sobre suas inscrições para esta sexta no Tarumã

Dílson Luiz Loezer Antunes (D. Antunes) é treinador desde 1986. A maior parte de sua carreira foi construída no Tarumã, mas ele possui passagens por Ponta Grossa, onde treinou durante seis anos, e por São Vicente, onde permaneceu dois anos.

Para corrida da próxima sexta-feira do Tarumã, D. Antunes possui cinco inscrições. Abaixo, ele comenta cada uma:

No sétimo páreo, você inscreveu OUR SMILE. Boas chances?

Esta turma está forte para ele. Acredito que irá tentar uma colocação. As forças são Ilvessillotricolor e Herr Victor.

No oitavo páreo PETUNIA RESEDÀ é a sua inscrição. Acredita na vitória?

Ela vem melhorando. Fez duas vezes a terceira colocação, sendo que na última a diferença para o segundo colocado foi de apenas ¾ de corpo. A briga pelos primeiros lugares neste páreo deverá ficar entre Tasil e Pardal Fighter. Assim, Petunia Resedà deverá buscar o terceiro ou quarto lugar.

No último são três inscrições: DILIGÊNCIA, SANDALO e ITACUÃ. Qual a sua opinião sobre eles?

Para Diligência a distância não é favorável, ou seja, é muito longa para ela. Sandalo está reaparecendo de uma cura. Itacuã está comigo há poucos dias. Acho que ainda é cedo para ele vencer. A força do páreo é Captain Worth, mas também estão comentando muito sobre Lord Captain, que já correu Provas Especiais em São Paulo. Desta forma, acredito que uma das minhas três inscrições deverá brigar pela terceira colocação.


Para finalizar, qual você acredita ter mais chance de vencer?

Petúnia Resedà

Pro Turfe recebe inscrições para leilões

Pro Turfe recebe inscrições para leilões

A agência Pro Turfe já está recebendo inscrições para seus Leilões que serão realizados nos meses de junho e julho. Seguem abaixo as datas:

-Leilão de Treinamento dia 22 de junho em São Paulo, inscrições até a próxima segunda dia 6, contando com a participação do Stud Eternamente Rio e outros bons;

-Leilão de Potros dia 13 de julho em São Paulo, sujeito a selecionamento, inscrições até 13 de junho, tendo o número máximo de 35 produtos, e contará com a participação do Haras Old Friends e outros bons;

-10 Coberturas Selecionadas dos Melhores em atividade no Brasil, junto com um dos Leilões acima.

Para informações na Pro Turfe (11) 9977-2512.

Fonte: Pro Turfe

M. Beatriz fala sobre suas montarias para esta sexta no Tarumã

Mariane Beatriz (M. Beatriz), de 18 anos, começou a montar em cancha reta aos 7 anos, em Carazinho. Inspirada na joqueta paulista J. Goulart, Mariane decidiu tomar o mesmo rumo. Mudou-se para São Paulo e começou a treinar por lá. Há um mês veio para o Tarumã, tornando-se a única mulher a montar por aqui.

Aos poucos conquistou a confiança dos treinadores e, na próxima Reunião, montará em sete dos nove páreos. Confira, a seguir, a opinião dela sobre cada montaria:

No primeiro páreo você pilota FRODO. Acha que tem chance de vencer?

Tem muita chance, sim. Possui bons trabalhos e pode vencer.

No segundo páreo sua montaria é LADY GRACE. Acredita na vitória?

Ela vem de segundo lugar comigo. Perdemos para uma égua muito boa, treinada pelo L. R. Feltran. Se ela não vencer este páreo, fará segundo outra vez. As chances de ela vencer são grandes, mas se deve ter atenção à Da-lhe Requebra.

No terceiro páreo você monta LINDA LOIRA. Boas chances?

Não, esta eu não conheço muito bem. Mas deve ficar apenas com uma colocação: terceiro ou quarto lugar.

E no quarto páreo, com NOBRE DO PAMPA?

Vem de quinto comigo. Mas, melhorou muito esta semana e estamos confiantes para que faça uma boa corrida. Pode ficar com um terceiro ou segundo lugar.

No quinto páreo você pilota EL NEGRO. Acha que tem chance de vencer?

É um páreo forte para ele. Já conheço de São Paulo. Vamos tentar fazer terceiro ou quarto lugar. Neste páreo tem o cavalo treinado pelo M. V. Lanza, chamado Jobi, que é de muita categoria.

E no oitavo, você já sabe se irá montar MADEIRA NOBRE ou URSO VOADOR?

Será Madeira Nobre. Conto com esta vitporia. Montei da outra vez e não consegui fazer uma boa corrida. Mas, agora vamos largar na ponta. Acredito que poderá vencer.

No último páreo você monta JOGO DE OSSO. Boas chances?

Este eu não conheço.

Dentre todas as suas montarias, com qual acredita ter mais chance de vencer?

Com Frodo, Lady Grace e Madeira Nobre.

Kieren Fallon sofre processo do proprietário de Native Khan e pode não montar no Derby

Kieren Fallon sofre processo do proprietário de Native Khan e pode não montar no Derby

A presença de Kieren Fallon no dorso de Recital, sábado no Derby, em Epsom, só deverá ser decidida amanhã pela High Court, em Londres. Aliás, nesta quinta, foi lá que o jóquei passou a maior parte do dia.

Isso porque o proprietário de Native Khan, o turco Ibrahim Araci, entrou com uma ação para impedi-lo de montar o pupilo de Aidan O'Brien, alegando quebra de contrato.

Até o início desta semana, era ele quem montaria Native Khan quando então foi anunciado ter ele assumido o compromisso de dirigir o filho de Montjeu e desistido do outro.

O proprietário turco e o treinador do potro, Ed Dunlop, afirmam que Fallon assinou uma carta comprometendo-se a estar no dorso de Native Khan e não honrou a sua assinatura. O jóquei desmente isso. O caso está, agora, na corte.

Em caso da decisão ser a favor de Ibrahim Araci, Kieren Fallon ficará a pé no Derby, prova que ele tenta ganhar pela quarta vez (antes ganhou com Oath, em 1999, Kris Kin, em 2003, e North Light, em 2004).

Neste interim o staff do potro filho de Azamour ofereceu a montaria para Johnny Murtagh que aceitou o convite, o que foi anunciado aqui pelo site, e será ele o piloto do citado potro.

A decisão é esperada para a hoje pela manhã .

JCB

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Gávea, Divulgado valor do ADDED para o Grande Prêmio Jockey Club Brasileiro (G1)

JOCKEY CLUB BRASILEIRO

SECRETARIA DA COMISSÃO DE CORRIDAS

BOLETIM OFICIAL Nº 098 de 01 de JUNHO de 2011

RESOLUÇÃO DA COMISSÃO DE CORRIDAS

EM 01 DE JUNHO DE 2011

Estabelecer que para o Grande Prêmio Jockey Club Brasileiro‑Grupo 1, a ser corrido no dia 26 de Junho de 2011, o valor do “ADDED” a ser pago para os participantes da prova será de R$ 2.500,00 (Dois mil e quinhentos reais) por animal.



PARCELAS

OS VALORES DE CADA PARCELA E RESPECTIVAS DATAS LIMITES DE PAGAMENTO, SÃO AS SEGUINTES:



Jockey Club Brasileiro 10/ Junho - R$ 500,00 17/ Junho - R$ 2.000,00



Os pagamentos acima mencionados poderão ser alterados conforme reza a Resolução constante do Boletim Oficial nº 139, de 14 de Dezembro de 2009



O pagamento deverá ser efetuado na conta bancária do Jockey Club Brasileiro no Banco Itaú (341) – Agência: 8390 ‑ Conta corrente nº: 01500‑9



Para o caso de pagamento por DOC, o CNPJ do Jockey Club Brasileiro é 33.621.756 / 0001‑07.



Uma cópia do depósito deverá ser imediatamente enviada por fax para (021) 2511.3938 / 3534.9205 ou (021) 2274‑5247, indicando o proprietário e o nome do animal, sem o que, a inscrição do animal na prova não poderá ser considerada.



A confirmação do recebimento do fax poderá ser feita pelo telefone (021) ‑ 3534.9058 ou (021) ‑ 35349257.







A COMISSÃO DE CORRIDAS

AUTORIZA A DIVULGAÇÃO

Marcha da Liberdade



Gávea, uma prova de Grupo III e um Listed no próximo conjunto de reuniões -

O Jockey Club Brasileiro organizou 41 páreos para o próximo conjunto de reuniões, um deles, na programação de domingo, será corrido o Grande Prêmio Antonio Carlos Amorim, em 1.400 metros, na areia, reunindo dez éguas de 2 anos e mais idade. Irão alinhar na ordem do balizamento: Starlove(USA) (P1) (I.Correa) 58-1 / Desejada Duda (D.Duarte) 58-2 / Ultra Smart (M.Mazini) 58-3 / Via Spiaggia (P1) (R.Costa) 49-4 / Vesper Of Love (B.Reis) 58-5 / Triundoteruzaura (M.Cardoso) 58-6 / Umbria (J.Leme) 58-7 / Storm Glory (H.Fernandes) 58-8 / Ohwhatalady(ARG) (M.Almeida) 49-9 e Morena Matte (W.Alencar) 60-10.

No sábado, oito produtos de 3 anos e mais idade disputarão o Clássico Escorial (L.), em 2.400 metros, na grama. Pela ordem de balizamento: Ray Sunshine (V.Gil) 56-1 / Time For Fun (I.Correa) 59-2 / Zeuss Cometa (P1) (C.Lavor) 57-3 / Top Point (P1) (B.Reis) 56-4 / Impatare (M.Mazini) 59-5 / Grapette Repete (D.Duarte) 56-6 / Talento (H.Fernandes) 59-7 e Nohar (M.Cardoso) 57-8.

por Rodrigo Pereira

Gávea, Grupo 3 e Listed Race são os destaques do final de semana no prado carioca

Grupo 3 e Listed Race são os destaques do final de semana no prado carioca

A principal atração para o próximo conjunto de reuniões no Hipódromo da Gávea fica por conta do GP Antonio Carlos Amorim (G3), reservado a éguas de 2 anos e mais idade, em 1.400 metros, areia. Ao todo, 41 páreos foram programados, sendo oito na sexta-feira, 12 no sábado e o mesmo número no domingo e nove na segunda-feira.

Os inscritos para a prova de Grupo 3 que acontece no sétimo páreo de domingo foram: Starlove(USA) (P1) - I.Correa (58-1), Desejada Duda (foto) - D.Duarte (58-2), Ultra Smart - M.Mazini (58-3), Via Spiaggia (P1) - R.Costa (49-4), Vesper Of Love - B.Reis (58-5), Triundoteruzaura - M.Cardoso (58-6), Umbria - J.Leme (58-7), Storm Glory - H.Fernandes (58-8), Ohwhatalady(ARG) - M.Almeida (49-9) e Morena Matte - W.Alencar (60-10).

Além do GP, no sábado, será realizado o Clássico Escorial (L.), em 2.400 metros, grama, sétimo páreo da programação. Eis os competidores: Ray Sunshine - V.Gil (56-1), Time For Fun - I.Correa (59-2), Zeuss Cometa (P1) - C.Lavor (57-3), Top Point (P1) - B.Reis (56-4), Impatare - M.Mazini (59-5), Grapette Repete - D.Duarte (56-6), Talento - H.Fernandes (59-7) e Nohar - M.Cardoso (57-8).



por Danielle Franca

Joe Diesel, o avião

O avião JOE DIESEL, do Stud Globo, decolou na pista de grama da Gávea. Muitos achavam que ele não iria ter o mesmo desempenho no tapete verde, porém, o pupilo do treinador Dulcino Guignoni, levou a prova de ponta a ponta. O treinador repetiu o feito com TOP SIZE no ano de 2000. Parabéns ao veterinário Dr. Flavio Carneiro, que também atende o craque TIMEO, atual ganhador do GP São Paulo. Criação nota dez do Haras Campestre.

por Leandro Mancuso

Cristal, Indicações para Hoje, 02/06

1º páreo - Top Twister é o puro retrospecto e dificilmente será derrotado. Gallon certamente é o maior adversário do favorito. Depois Ebony Graf, Evento Sagrado e Nevesmussi.

TOP TWISTER – GALLON (7-5) – EBONY GRAF – EVENTO SAGRADO



2º páreo - Pepe De Giuli tem atuado com destaque e provavelmente irá lutar pela vitória. Hombre Rei e Big Ícaro começam amparados de bons floreios e podem debutar com vitória. Beach Alado é dotado de bastante velocidade e pode prender um pau a pau. Muito cuidado com Vikinco e Hyper Chance.

PEPE DE GIULI – HOMBRE REI (4-5) – BIG ÍCARO – BEACH ALADO



3º páreo - Quemarin chega da Gávea com ótima ficha e pode vencer. Dalloz vem de ótima atuação e sua vitória é bastante viável. Foghat e Garoto do Sul também devem ser encarados como fortes candidatos ao topo do placar. Olho vivo em Apostador que vinha de parado e agora ficou no ponto. Gold Ace e Istmo podem emplacar nas trifetas.

QUEMARIN – DALLOZ (5-3) – FOGHAT – GAROTO DO SUL



4º páreo - Hermano Lô entra em pista na condição de provável ganhador e será o nosso indicado. King Shu é um potro bastante regular e deve ser respeitado. Hecho A La Mano vem de vitória autoritária e pode formar a dobradinha do Stud Casablanca. Muito cuidado com Key Carter que retorna para a pista de areia aonde já é vencedor, e com Net Boy que venceu aos esbarros. True Hyrat pode engordar uma trifeta.

HERMANO LÔ – KING SHU (4-6) - HECHO A LA MANO – KEY CARTER



5º páreo - Boa Praça se adaptou bem aos ares do sul e acreditamos que seja ele o principal candidato desta prova. Ask Me Not corrido com mais calma é forte rival. Good Feeling anda tinindo e merece respeito. Don Macanudo fez apronte de luxo, e sua parceria esta muito confiante na vitória. Os demais só como surpresa.

BOA PRAÇA – ASK ME NOT (1-5) GOOD FEELING – DON MACANUDO



6º páreo - Viola de Prata agora esta bem adaptada a distancia e pinta como grande força do páreo. Savidad venceu em marca pouco comum e surge como inimiga temível. Norma Legal na areia é uma das forças da prova. Tina Klum deixou impressão das melhores em sua estréia e pode manter-se invicta. Indiana do Ipê e Flor Purpura são opções aos engatados.

VIOLA DE PRATA – SAVIDAD (7-6) NORMA LEGAL – TINA KLUM



7º páreo - Querido Mon e El Crispi começam algo falados e podem iniciar com vitória. Self Controll esta sempre por perto e pode se misturar no final. Lua e Sol tem raça de velocidade e pode terminar com a careira logo após o pulo de partida. Olho vivo em Sonho Real que nesta distância pode até vencer. Out Again pode ser a bomba do páreo.

QUERIDO MON – EL CRISPI (5-3) SELF CONTROLL – LUA E SOL



8º páreo - Opera Tana tem agradado nos matinais e será a nossa indicada. Vamp Girl mostrou muita velocidade e pode parar só depois do espelho. Quality Princess é tida em boa e pode vencer. Tiranny, Tee Thunder e Sarmathia merecem atenção especial.

OPERA TANA – VAMP GIRL (5-2) QUALITY PRINCESS – TIRANNY



9º páreo - Sociedade Anonima esta madura na turma e será a nossa indicada. Super Heroína deve ter um “train” de carreira a seu favor e pode vencer sem susto. Spiletta tem atuado com regularidade e sua vitória não pode ser descartada. Linda Vigilante traz vitória das retas e merece cuidado. Das demais é bom tomar cuidado com Mulata Sambista e Princesa Vitória.

SOCIEDADE ANONIMA – SUPER HEROINA (10–4) SPILETTA – LINDA VIGILANTE



10º páreo - Olhos Cor De Mel tem tudo para encerrar a reunião. A seguir, Estrela Marcia, Lança Letal, Hoot e Astros e Estrelas.

OLHOS COR DE MEL – ESTRÊLA MARCIA (9-6) – LANÇA LETAL - HOOT

Sampaio reduz diferença para Venâncio

Sampaio reduz diferença para Venâncio



Júlio César Sampaio, o popular Alemão, teve ótima semana no turfe carioca e com quatro vitórias conquistadas diminuiu a distância que o separa do líder da estatística, Venâncio Nahid. Sampaio soma 128 vitórias contra 136 de Venâncio. A diferença de oito pontos é significativa, mas pode ser tirada se for considerado que ainda temos todo o mês de junho em disputa, num total de 16 reuniões. Dulcino Guignoni, com 89 triunfos na temporada, praticamente assegurou o terceiro lugar.

Roberto Solanês obteve duas vitórias na semana e agora soma 77 na estatística. O jovem treinador manteve o quarto lugar seguido por Cosme Morgado Neto, o quinto colocado, com 70 vitórias. Manoel Renato Lopes isolou-se no sexto lugar, com 60 triunfos. José Bezerra da Silva ainda é o sétimo, com 57. Adélcio Menegolo assumiu a oitava colocação, com 45 vitórias e ótimo aproveitamento. Álvaro Castilho deve ultrapassar Fabrício Borges. Eles estão empatados também com 45, mas Fabrício foi para o exterior e não marcará mais pontos na temporada.

por Paulo Gama

Zenyatta está prenhe de Bernardini

Confirmado : Zenyatta está prenhe de Bernardini

O informe, postado no site da própria super craque - zenyatta.com - , dá conta de que a prenhez data 60 dias. A filha de Street Cry já havia sido coberta por Bernardini no início deste ano mas, o exame efetuado 35 dias depois, não resultou positivo ; uma nova tentativa foi efetuada e, tudo correu bem, desta feita.

Jerry & Ann Moss, proprietários de Zenyatta, declararam que não a submeterão à testes para que seja conhecido o sexo do "bebê".

Nas pistas, Zenyatta, 7 anos, crioula de Maverick Productions, Ltd., obteve 19 vitórias - 13 em provas de grupo I - em 20 exibições e US$ 7,304,580 em prêmios.

JCSP

Leandro Rocha ganha 4 páreos em Indiana Downs

O jóquei brasileiro Leandro Rocha, conhecido nos programas das corridas dos EUA como Leandro Gonçalves, venceu 4 provas no festival de ontem do Hipódromo de Indiana Downs.

Leandro visitou o winner circle no 4º páreo, com Demi Flame, no 6º, com Saint Pattie Babie, no 8º, com B L's Tsumani e no 9º, com Expect a Flyer.

Com 44 vitórias, Leandro lidera com folga o meeting em Indiana Downs, que teve início em 18 de abril ; o 2º colocado, Fernando de La Cruz, tem 24 êxitos.


jcsp

Dezessete potros estão pré inscritos para o Derby de Epsom

Uma das principais atrações do calendário turfístico internacional, o Derby de Epsom (gr.I), que será disputado nos 2.400 metros (aprox.) da pista de grama do Hipódromo de Epsom Downs, na Inglaterra, neste sábado, dia 4, recebeu 17 pré inscrições.

O favorito antecipado Carlton House (Street Cry), que pertence a Rainha, teve um pequeno problema físico na última segunda-feira, quando galopava, e sua presença só será confirmada à véspera do importante compromisso.

Os pré inscritos, por ordem alfabética, são : Carlton House, Casamento, Castlemorris King, Genius Best, Marhaba Malyoon, Masked Marvel, Memphis Tennesssee, Nathaniel, Native Khan, Ocean War, Pisco Sour, Pour Moi, Recital,Roderic o"Connor, Seville, Treasure Beach e Vadamar.


JCSP

Paraguai, Selvageria no jogo do Santos

Luis Álvaro critica covardia e selvageria: "não vamos deixar barato"

O comportamento da torcida do Cerro Porteño no empate por 3 a 3 que garantiu o Santos na final da Copa Libertadores da América, nesta quarta-feira, irritou o presidente Luis Álvaro de Oliveira Ribero. Em entrevista à Rádio Estadão/ESPN, o dirigente criticou a covardia dos paraguaios e afirmou que tomará providências contra a "selvageria" no Olla Azulgrana. Durante a partida, um objeto arremessado da arquibancada acertou a testa do técnico Muricy Ramalho. Além de pedras terem sido jogadas contra os santistas que estiveram em Assunção para acompanhar o confronto.

"Foi uma batalha, fomos atacados de maneira covarde. Não vamos deixar barato, vamos processar. Esporte não é batalha campal como eles transformaram aqui. A torcida (do Santos) foi violentamente agredida. A polícia teve que evacuar o local e fazer uma barreira humana. Parecia selvagens atacando. Não dá para o Santos disputar uma partida na rinha de galo como foi hoje", declarou.

Copa dos Criadores 2011 - informe da ABCPPC

Copa dos Criadores 2011 - informe da ABCPPC


COPA DOS CRIADORES 2011

Local: Hipódromo de Cidade Jardim – Jockey Club de São Paulo.
Data: 25/06/11 (Sábado)
Horário: a partir das 13:00hs.

Pagamento do ADDED e Taxas do art. 8° do regulamento da Copa dos Criadores.
Datas:
10/06/11 (sexta- feira) até as 17:00hs : - Pagamento da 1ª parcela do ADDED ( 30% do valor previsto).
16/06/11 (quinta-feira) até as 17:00hs : - Pagamento da 2ª parcela do ADDED (70% do valor previsto) + eventuais taxas.
Local: sede da ABCPCC (SP) e Sucursais (PR / RJ/ RS).
Obs. O valor das eventuais taxas será equivalente a 20% do prêmio destinado ao 1° colocado no páreo correspondente; para maiores esclarecimentos a respeito consultar à ABCPCC, através do telefone (0xx11) 3813.5699

Inscrições
Data: 17/06/11 (sexta-feira) até 12:00 hs
Local: Comissão de Corridas do Jockey Club de São Paulo

Provas que compõem o evento :

Copa ABCPCC Matias Machline - Clássica (gr.I) – 2.000m – 3 anos e mais.
Bolsa: R$ 316.000,00
Prêmio ao 1° colocado: R$ 154.000,00 (com ADDED – valor estimado com 8 animais inscritos). Valor do ADDED: R$ 10.400,00

Copa ABCPCC Velocidade - Sprint (gr.III) – 1.000m – 2 anos e mais
Bolsa: R$ 74.000,00
Prêmio ao 1° colocado: R$ 35.500,00 (com ADDED – valor estimado com 6 animais inscritos). Valor do ADDED: R$ 2.600,00

Taça de Prata – Machos (gr.I) – 1.600m – animais de 2 anos
Bolsa: R$ 168.500,00
Prêmio ao 1° colocado: R$ 83.500,00 (com ADDED – valor estimado com 10 animais inscritos).Valor do ADDED: R$ 5.200,00

Taça de Prata – Fêmeas (gr.I) – 1.600m – potrancas de 2 anos
Bolsa: R$ 168.500,00
Prêmio ao 1° colocado: R$ 83.500,00 (com ADDED - valor estimado com 10 animais inscritos). Valor do ADDED: R$ 5.200,00

* As seletivas que serão realizadas em Cidade Jardim , classificarão para a final :
potros : os 2 primeiros colocados + o melhor 3º colocado pelo ranking disponível no site do Stud Book
potrancas : as 4 primeiras colocadas

* A Seletiva que será realizada na Gávea, classificará para a final :
potros : os 3 primeiros colocados


para mais informações, acesse o site www.studbook.com.br

Morta testemunha no caso de assassinato de extrativistas

Morta testemunha no caso de assassinato de extrativistas


Foi encontrado nO ultimo sábado 28), morto em um matagal, Erenilton Pereira dos Santos, 25 anos, integrante do assentamento Praialta-Piranheira, o memo onde vivia o casal José Claudio Ribeiro e Maria do Espírito Santo, executados na última terça-feira (24), em Nova Ipixuna, sul do Pará. O corpo estava a sete quilômetros do assentamento e a cerca de 100 metros da estrada. Erenilton era testemunha do caso do homicidio de José e Maria. Ele viu uma moto Bros vermelha sair do assentamento. A mesma moto foi flagrada por outra testemunha entrando no local, minutos antes do crime.

Dois dias após o duplo homicídio, Erenilton foi comprar peixe em Porto Barroso, no lago Tucuruí. Ele seguiu na mesma direção em que os motoqueiros suspeitos do assassinato do casal haviam tomado. Desde então, não deu mais notícias. Como Erenilton era considerado desaparecido, neste sábado, 10 pessoas sairam a sua procura. Encontraram a moto da vítima na estrada, próxima ao corpo, que foi localizado, por volta das 10h, por equipe do Ibama e da Polícia Federal.

Segundo a Comissão Pastoral da Terra, Erenilton também morreu com um tiro na cabeça e a arma seria do mesmo calibre da utilizada na execução do casal de extrativistas Zé Cláudio e Maria.

A vítima, que praticamente nasceu no assentamento Praialta-Piranheira, era casada e tinha quatro filhos. A família da vítima está assustada e teme retaliações. As polícias Federal e Rodoviária Federal já se encontram no local. Instituto Médico Legal e Polícia Civil estão a caminho.

Este foi o quarto homicídio de trabalhador rural em cinco dias, três deles aconteceram no Pará.

Magno Malta, Sanguessugas de volta à Comissão de Orçamento

Sanguessugas de volta à Comissão de Orçamento

Seis parlamentares denunciados pela CPI dos Sanguessugas, que apurou desvio de verbas orçamentárias de prefeituras, integram agora a Comissão Mista de Orçamento. Entre eles, estão Nilton Capixaba, acusado de ser um dos líderes do esquema, e João Magalhães, envolvido em outra denúncia de venda de emenda

O Brasil é mesmo um país generoso. Há menos de cinco anos a Câmara deixou de analisar o parecer pela cassação do deputado Nilton Capixaba (PTB-RO), acusado de ser um dos líderes do “braço político” do esquema de desvio de dinheiro público para a compra superfaturada de ambulâncias, o chamado esquema dos sanguessugas. Capixaba escapou da cassação, mas não conseguiu se reeleger em 2006. Este ano, ele voltou à Câmara, conduzido pelos mais de 52 mil votos recebidos em outubro. Três meses após assumir o mandato, o deputado faz parte agora da poderosa Comissão Mista de Orçamento (CMO), responsável pela aprovação da lei orçamentária e pelo acompanhamento da aplicação dos recursos federais.

Foi justamente a apresentação de emendas ao orçamento, cuja análise prévia cabe à comissão, a principal ponta no Congresso do esquema que resultou no pedido de cassação de 72 parlamentares em 2006. Além de Capixaba, outros cinco parlamentares denunciados à época pela CPI integram a atual Comissão Mista de Orçamento. Juntos, eles foram acusados de ter recebido, em valores não corrigidos, mais de R$ 900 mil da Planam, empresa que coordenava a máfia das ambulâncias, em troca da apresentação de emendas que favoreceram a família Vedoin.

Pelo menos quatro desses integrantes da Comissão de Orçamento acusados pela CPI ainda devem explicações à Justiça sobre o caso. Além de Capixaba, também são réus na Justiça Federal de Mato Grosso, que concentra a maioria das investigações, os deputados Jorge Pinheiro (PRB-GO) e Benjamin Maranhão (PMDB-PB). As acusações contra eles são de corrupção, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha ou bando e crime contra a Lei de Licitações. Esses processos devem subir em breve para o Supremo Tribunal Federal (STF), onde tramitam as investigações contra parlamentares e outras autoridades federais.

O quarto investigado é João Magalhães (PMDB-MG), indicado à Comissão de Orçamento pela liderança do PMDB. “Eu pedi que me indicassem porque quero desempenhar bem meu mandato. Mas eu não tenho interesse específico na comissão”, assegurou Magalhães ao Congresso em Foco. As indicações para a CMO são de responsabilidade dos líderes partidários.

O deputado mineiro admitiu que também é um dos investigados em processo guardado em absoluto sigilo pelo Supremo relacionado à Operação Sanguessuga, da Polícia Federal. O tribunal não divulga o número do procedimento, nem quem são os acusados e nem mesmo em que fase está o processo. “Sou um dos investigados, mas há outros parlamentares também. A maioria desses casos é fruto de mal entendido. A minha defesa já foi entregue. Não há nada que possa me ligar ao fato”, disse o deputado. “Mas meu advogado me orientou a não falar desse caso por estar sob segredo de justiça. Qualquer coisa que eu diga pode até me atrapalhar”, acrescentou.

O caso de João Magalhães foi um dos que terminaram sem parecer do Conselho de Ética, sob o argumento de que não houve tempo hábil para apresentação de relatório por causa do término da legislatura. Em 2007, numa decisão polêmica, os deputados decidiram não reabrir o caso por entender que não havia por que apurar a conduta do parlamentar por denúncias relativas ao mandato anterior. “Queria ter sido absolvido por inocência, e não por falta de tempo”, reclama João Magalhães.

Operação João de Barro

Este não é o único caso em que o deputado é acusado de ter apresentado emenda à proposta orçamentária em troca de dinheiro. No último dia 28 de abril, ele virou réu no Supremo sob a acusação de ter incluído emendas para beneficiar o pequeno município mineiro de São José do Jacuri. Segundo a denúncia da Procuradoria Geral da República, aceita por unanimidade pelos ministros, o deputado recebeu propina de 10% do total, por meio da prefeitura, para conseguir a liberação de R$ 400 mil da União para obras de infraestrutura do município.

“Este caso é um dos inúmeros casos que foram apurados na chamada Operação João de Barro, em que se desvendou grande esquema criminoso envolvendo manuseio de emendas parlamentares em relação a municípios de Minas Gerais”, disse o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, durante o julgamento. Esse esquema envolveu prefeitos de municípios com até 100 mil habitantes.

“O recebimento de vantagem por parte do parlamentar está devidamente comprovado nos autos”, acrescentou Gurgel. A transformação do inquérito, que tramitava desde 2008, em ação penal recebeu o voto favorável do relator, Gilmar Mendes, que foi acompanhado pelos demais ministros.

Também foram denunciados pela CPI dos Sanguessugas e fazem parte da atual Comissão de Orçamento o deputado Wellington Roberto (PR-PB) e o senador Magno Malta (PR-ES). Os dois, no entanto, foram absolvidos pelos Conselhos de Ética da Câmara e do Senado, que consideraram inconsistentes as denúncias contra eles. No ano passado, 39 dos 72 congressistas denunciados pela CPI dos Sanguessugas tentaram conquistar um novo mandato em todo o país. Mas apenas sete deles conseguiram se eleger.

http://congressoemfoco.uol.com.br