Jeane Alves

Jeane Alves
Vitória de G 1 com Equitana

sábado, 3 de março de 2012

Madalena, Comentários e Indicações para este domingo


O Jockey Club de Pernambuco promoverá, neste domingo, 04/03/2012, a 18ª. reunião da Temporada 2011/2012 composta por sete páreos, sendo seis de animais puro-sangue inglês e um reservados a pôneis.

As disputas terão início às 14:00 e término programado para as 17:10, sendo 37 animais envolvidos nas disputas. As disputas, apesar de vazias em sua maioria, prometem bastante equilíbrio, o que torna as apostas muito mais interessantes.

No melhor páreo da domingueira, alguns dos melhores animais do tiro de 1.300 metros do Nordeste envolvidos na disputa: o recordista, Onegin; o cavalo-de-ferro Senhor Kirov; o clássico Under Atlantic; e o útil Charmant.

Venha viver essa emoção porque Domingo é Dia de Jockey e o Turfe é a sua Melhor Diversão. Traga sua família para mais essa inesquecível tarde de Jockey.

A seguir, as indicações de cada páreo. Boa sorte!

TEMPORADA 2011/2012
PROGRAMA DA 18ª CORRIDA
DOMINGO, 04/03/2012

1º Páreo – 1.500 mts.- 14:00hs
1 – ZEUS GARDEN 58 1 EST
2 – TOLL FREE 55 2
3 – HISTRION SECRET 55 3
4 – TEM VIRTUDE 56 4
Indicações: Tem Virtude – Histrion Secret (4-3)
Tem Virtude venceu e convenceu na última, marcando 83s cravados para os 1.300 metros. Terá um páreo favorável galopando sozinha na frente e é a indicação que se impõe no páreo de abertura. Terá em Histrion Secret, que melhorou muito na última e é um inimigo temível. Toll Free, ganhador clássico na Madalena, volta de parado e, longe de contratempos, outro não será o vencedor. Zeus Garden traz uma campanha com duas vitórias de claiming em Cidade Jardim/SP. Teve sérios problemas de casco e estreia após uma “parada” de mais de quatro meses. Ajuda a equilibrar o páreo.

2º Páreo – 1.500 mts.- 14:30hs
1 – BURILADO 55 1
2 – UDALOI DA FAXINA 58 2
3 – AFILHADO DO SISSI 58 3
4 – SEASON THUNDER 55 4
Indicações: Burilado – Udaloi da Faxina (1-2)
Burilado vem reencontrando um melhor padrão de carreira, tendo derrotado Tettore na derradeira. Se repetir, é o melhor nome da prova. Para a dupla, a tarefa é mais difícil entre o ligeiro Afilhado do Sissi, em distância contrária e que espera uma “sopa” na frente para emplacar um bandeira-a-bandeira. Porém Udaloi da Faxina deve correr mais perto, como fez em suas melhores exibições, não proporcionando vida fácil ao filho de Arambaré. Season Thunder, em suas melhores jornadas, já chegou “agarrado” com Burilado. Fica para os caçadores de pules altas.

3º Páreo – 1.100 mts.- 15:10hs
1 – HURRICANE JOHN 55 1
2 – XAROPE 55 2
3 – PHYLLIPOS 55 3
4 – BEST JOICE 55 4
5 – SKARAMUSKA 53 5
6 – ZONE ROUGE 53 6
Indicações: Zone Rouge – Phyllípos (6-3)
Zone Rouge há muito tempo não pega um páreo tão favorável quanto este: distância, peso e turma de seu agrado, levando a nossa indicação. Para a dupla, a tarefa é mais difícil: Hurricane John, muito jogado na última, fracassou, mas pode reabilitar-se; Xarope anda correndo pouco, porém sabe muito mais; o “vovô” Phyllipos volta de parado e, longe de contratempos, outro não será o vencedor; Best Joice estreou bem no páreo reservado a animais inéditos; Skaramuska trabalha bem e não confirma.

4º Páreo – 1.100 mts.- 15:50hs
1 – EAGLE VISION 55 1
2 – BY BRAZIL 53 2 EST
3 – DAYOFLIGHT 55 3
4 – BEST OF DEPIGUA 53 4
5 – BEST PRIME 55 5
Indicações: Dayoflight – Eagle Vision (3-1)
Apesar da distância parecer um tanto curta para a sua atropelada, Dayoflight é a melhor indicação da reunião, pois enfrenta um páreo muito mais fraco do que está acostumado a fazer. Para a dupla, a tarefa é complicada: o belo Eagle Vision estreou correndo pouco, mas volta “enfumaçado”, podendo surpreender; By Brazil estreia trazendo campanha fraca da Gávea/RJ. Vamos conferir; Best Of Depiguá produziu uma estreia de luxo, honrando o nome de sua mãe, a valente American Dancer. Pode formar a dupla; Best Prime decepcionou na estreia. Aos azaristas.

5º Páreo – 1400 mts.- 16:20hs
1 – PODEROSO CHEFÃO 52 1
2 – TETTORE 58 2
3 – EL HERDEIRO 55 3
4 – FONTECCHIO 52 4
Indicações: Fontecchio – Tettore (4-2)
Fontecchio leva vantagem no peso e tem corrido com agrado, por isso iremos indicá-lo para a frente. Apesar de ser mais uma vez o top weight da prova e de sua última atuação ter sido fraca, Tettore pode derrotar nosso favorito, porque reúne credenciais para tanto. El Herdeiro produziu um boa carreira de reaparecimento em turma mais forte. Pode ser a surpresa. Poderoso Chefão volta de parado após reaparecimento. Vamos conferir.

6º Páreo – 1300 mts.- 17:00hs
1 – CHARMANT 55 1
2 – ONEGIN 55 2
3 – SENHOR KIROV 58 3
4 – UNDER ATLANTIC 58 4
Indicações: Senhor Kirov – Onegin (3-2)
Páreo equilibrado e que reúne animais de boa classe. Senhor Kirov demonstrou muita categoria ao derrotar Campus Drive e Onegin na última, sendo desclassificado por prejuízos causados ao primeiro e que alteraram o resultado do páreo no entender da Comissão de Corridas. Se repetir aquela atuação, será osso duro de roer nesta sexta prova. O recordista Onegin, mais uma vez em distância algo contrária, produziu boa corrida de reaparecimento. Desta feita, mais aguerrido, promete incomodar o favorito. Charmant derrotou, com categoria, Do You Mind e Valdovino, o que o credencia para brigar pela vitória aqui. Under Atlantic, animal clássico, reapareceu pedindo mais distância porém o percurso diminui desta feita. Pode assustar pela categoria.

7º Páreo – 200 mts.- 17:10hs
PONEIS – SEM VITORIA
1 – NEON 40 1
2 – CRAUNA 40 2
3 – BRED PITT 40 3
4 – STILO 40 4
5 – STYLLUS 40 5
6 – ÚNICO 40 6
7 – ORIGINAL 40 7
8 – CHIQUINHO 40 8
Indicações: Styllus – Stilo (5-4)
Chico parece que vai voltar ao vencedor com seu potro Styllus, de boa estreia, fazendo terceiro para Soberano e Brutus, na desclassificação de Chankar. O belo Stilo, muito prejudicado na estreia, é inimigo. Os demais ficam a depender dos trabalhos e comentários do grande incentivador dos pôneis e formador de jóqueis em Pernambuco, Chico Mendonça.

Dicas do Dr.Marcação:
A Barbada do Programa: 4º.P: Dayoflight (3)
A Melhor Dupla: 1º.P: Tem Virtude – Histrion Secret (4-3)
As Melhores Alternativas: 1º.P: Histrion Secret (3); 2º.P: Burilado (1); 3º.P: Phyllípos (3); 4º.P: Best Of Depiguá (4); 5º.P: Tettore (2); 6º.P: Onegin (2)
A Acumulada Combinada: 2º.P: Burilado (1); 3º.P: Zone Rouge (6); 4º.P: Dayoflight (3)

por Fabio Camara

MADALENA,FAVORITOS DOS CATEDRÁTICOS PARA ESTA DOMINGUEIRA


De acordo com os palpites dos participantes do II TORNEIO DE PROGNOSTICOS deste site, o animal ZONE ROUGE, que correrá no terceiro páreo é a maior favorita da reunião, contando com a confiança de nada menos que 26 dos 33 participantes desta etapa:
Abaixo o resumo dos favoritos dos catedráticos, pareo-a-pareo:

PRIMEIRO PÁREO
N. 1 ZEUS GARDEN…………16 VOTOS
N. 4 TEM VIRTUDE………….10 VOTOS
N. 3 HISTRION SECRET……..4 VOTOS
N. 2 TOLL FREE………………3 VOTOS

SEGUNDO PÁREO
N. 1 BURILADO……………..16 VOTOS
N. 3 AFILHADO DO SISSI…..9 VOTOS
N. 2 UDALOI DA FAXINA……8 VOTOS

TERCEIRO PÁREO
N. 6 ZONE ROUGE………….26 VOTOS
N. 1 HURRICANE JOHN………2 VOTOS
N. 3 PHYLIPIOS………………2 VOTOS
N. 4 BEST OF JOICE…………2 VOTOS
INVALIDO……………………..1 VOTO

QUARTO PÁREO
N. 3 DAYOFLIGHT………….25 VOTOS
N. 4 BEST OF DEPIGUÁ…….4 VOTOS
N. 5 BEST PRIME……………3 VOTOS
N. 1 EAGLE VISION…………1 VOTO

QUINTO PÁREO
N. 4 FONTECCHIO………….22 VOTOS
N. 3 EL HERDEIRO…………..6 VOTOS
N. 2 TETTORE……………….5 VOTOS

SEXTO PÁREO
N. 2 ONEGIN………………..18 VOTOS
N. 1 CHARMANT……………..6 VOTOS
N. 3 SENHOR KIROV…………6 VOTOS
N. 4 UNDER ATLANTIC………3 VOTOS

Postado por Luiz Roberto Medeiros

Grapete Repete vence em Show de Josiane Gulart


Grapete Repete vence em Show da Campeã Josiane Gulart


http://www.jockeysp.com.br/news_mostra_novo.asp?id=2683&title=2683&page=news


Calibrachoa com Cornelio Velasquez é bicampeão do Tom Fool Handicap


http://www.gambling911.com/horse-racing/tom-fool-handicap-2012-odds-win-%E2%80%93-aqueduct-race-030312.html

Hot com Henderson Fernandes deu Show no Cl. Luiz Alvez de Almeida


Hot com Henderson Fernandes deu Show no Cl. Luiz Alvez de Almeida e é a lider entre as potrancas da Gávea


http://www.jcb.com.br/noticias/interna.asp?id=18962¬icia=Hot-uma-lider-quente-entre-as-potrancas

Hansen vence o Gotham Stakes


Hansen levado pelas mãos de Ramon Dominguez deu Shom no Gotham Stakes corrido neste sábado em Aqueducte Donegal Racing.


http://www.bloodhorse.com/horse-racing/articles/67788/hansen-relaxes-early-romps-in-gotham

Tap Is Back com Vagner Borges Campeão do Clássico José Calmon


Tap Is Back
com Vagner Borges Campeão do Clássico José Calmon

Mosheen foi a Campeã Australian Guineas




Mosheen foi a Campeã Australian Guineas

Mosheen foi a Campeã Australian Guineas

Zazou bate Cirrus Des Aigles e é o Campeão do Prix Meydan Hotel

Silent Achiever Campeã do New Zealand Derby


com precisa direção de J Macdonal a 3 Anos Silent Achiever foi a Campeã do New Zealand Derby - Grupo I - 2400 Metros - Grama

Turfe Carioca em Pé de Guerra, Parte I


Foi dada a Largada em Edição extraordinária, por Jéssica Dannemann


Demonstrativo Gerencial 2011 e Rede Globo na litigância contra os cavalos

O desbalanço

Embora ninguém tenha mais saco de ler isso, sou obrigada a escrever que o “presidente” LECCA por exatos R$ 93 mil reais mensais tem insistido em alienar a honra do Jockey Club Brasileiro. Este é o preço do aluguel da nossa Carta Patente, do direito dado a uma gente estranha ao turfe nacional para arrombar os cofres do clube, vulnerar seu patrimônio e violar a integridade da sociedade.

Tudo cresceu no país. Até as coisas menos trabalhadas se corrigem na inércia. A inflação faz crescer o valor do pepino no supermercado, a correção monetária faz aumentar o custo do suco de abacaxi no bar da esquina, o preço dos imóveis quase triplicou em quatro anos, e até as apostas em Cidade Jardim cresceram mais de 30% em 2011.

Tudo segue se defendendo da inflação, o salário mínimo, o bilhete do Metrô, a assinatura do Big Brother e até a feijoada do Amaral, que esse ano custou R$ 1.000,00 por casal (até rimou), menos o valor pago pela CODERE ao JCB, que é o mesmo esse tempo todo, que continua como a “pedra única”: absolutamente parado no tempo! Tal como a foto do Rei Pelé, imortalizado, dando um soco no ar.

Sem qualquer controle ou auditoria, a contribuição do Simulcasting Internacional, observada no “Demonstrativo Gerencial de 2011”, conseguiu a proeza até de regredir diante do último exercício divulgado em 2010. A CODERE recebeu a benção da deflação, a CODERE recebeu até uma versão de amor a própria CODERE, intitulada de: A Verdade Sobre a CODERE.

O “presidente”, bem vivido do mercado financeiro, acostumado aos índices de correção (dos mais diversos), parece não se envergonhar dos números apáticos e estáticos da contribuição da CODERE para com o Turfe, aonde um mês de exploração das apostas internacionais rende menos do que um dia único dia de resultado do Simulcasting Nacional.

Isso mesmo:

O valor auferido pelo JCB para a venda de apostas no JCSP, numa segunda feira da vida, representa mais do que a CODERE paga pelo mês inteiro explorando os nossos apostadores no saguão do hipódromo, na tribuna social e na loja do centro que fpo disponibilizada a ela sem qualquer custo adicional.

http://www.raialeve.com.br/colunas/coluna.php?cod_cont=43487&&cod_colunista=13

Transcrito do Site Raia Leve

Desejado Damascus vencedor do Clássico Barão e Baronesa Von Leithner 20


Desejado Damascus larga e acaba no clássico

Desejado Damascus vencedor do Clássico Barão e Baronesa Von Leithner (L.)2011
Dirigido por Ilson Correa e apresentado por Julio Cezar Sampaio, o defensor do Stud Alvarenga cobriu a milha do gramado pesado em 1m35s25.

Criado por seu proprietário, o castanho 4 anos filho de Confidential Talk e Duda Desejada, conquistava a sua quarta vitória em seis apresentações, sendo a primeira na esfera clássica.

por Danielle Franca
http://www.jcb.com.br

GRANDE PRÊMIO PIRATININGA É O DESTAQUE DE HOJE EM CIDADE JARDIM



programado para a tarde deste sábado o Grande Prêmio Piratininga é a principal atração do sábado no Hipódromo Paulistano.

1 ULTRAPASSANDO AM Souza
2 DOUTOR MARCOS C Lavor
3 GRAPETTE REPETE J Gulart
4 SUPER PURSE AL Silva
5 OUTRO CORREDOR A Queiroz
6 JOE OWEN W Blandi
7 PIMENTINHA FRIEND J Aparecido
8 TAKE THE MONEY V Leal

CLÁSSICO JOSÉ CALMON É A ATRAÇÃO PARA HOJE NA GÁVEA



com a participação dos invictos Tap Is Back e Beto Boss e de profissionais de primeiro escalão o Clássico José Calmon reservado a potros de 2 anos é a principal atração deste sábado no hipódromo da Gávea
1 TAP IS BACK - V.Borges - D.Guignoni
2 BETO BOSS - D.Duarte - A.L.Cintra
3 JOHNNY HOLIDAY - M.Soares - T. Oliveira
4 VONTADE DE MATAR - M. Cardoso - V.Nahid
5 ENERGIA ELÉTRICA - H. Fernandes - G Duarte

Sete da Coolmore no grande dia de Dubai


O Dubai Racing Club anunciou hoje, oficialmente, que sete representantes do centro de treinamento Ballydoyle da Coolmore, deverão deixar a Irlanda nestes dias e embarcados para Dubai onde em Meydan participarão da grande festa do dia 31 deste mês. Ainda assim, com cautela, Martin Talty, gerente do departamento internacional do Dubai Racing Club, declarou que não pode afirmar se os sete nomes enviados pela equipe comandada por Adrian O'Brien correrão.

São eles:

St Nicholas Abbey - FOTO - (Montjeu e Leaping Water, por Sure Blade), campeão da Breeder's Cup Turf (G1), apontado para participar do Dubai Sheema Classic (G1);
So You Think (High Chaparral e Triassic, por Tights), múltiplo ganhador de G1 na Nova Zelândia, na Austrália e na Europa (inclusive o Irish Champion Stakes, G1), a correr a Dubai World Cup (G1), prova na qual é o mais cotado pelas casas de apostas britânicas;
Treasure Beach (Galileo e Honorine, por Mark of Esteem), também previsto para o Dubai Sheema Classic (G1), campeão do Irish Derby (G1) e segundo no Derby Stakes (G1), para Pour Moi;
Await The Dawn (Giant's Causeway e Valentine Band, por Dixieland Band), no Dubai Duty Free (G1);
Fame and Glory (Montjeu e Gryada, por Shirley Heights), ganhador do Irish Derby (G1), da Ascot Gold Cup (G1) e da Coronation Cup (G1), a correr a nova Dubai Gold Cup (G3);
Wrote (High Chaparral e Desert Classic, por Green Desert), campeão da Breeder's Cup Juvenile Turf (G1), a correr o o UAE Derby (G1);
Daddy Long Legs (Scat Daddy e Dreamy Maiden e Meadowlake), ganhador do Royal Lodge Stakes (G2), também apontado para UAE Derby (G1).

Trasnc. JCB

sexta-feira, 2 de março de 2012

Maylan Studart vence Pesos Especiais em Aqueduct


a joqueta Brasileira Maylan Studart venceu com Percussion o segundo páreo desta tarde em Aqueduct.
o pareo um Pesos Especiais com bolsa de US$ 60.000 marcou mais uma grande vitória da Joqueta Brasileira em Aqueduct.

Teophilo Oliveira otimista com Johnny Holiday



Vindo do berço de uma família de turfistas, o treinador Teophilo Oliveira tem poucos animais sob seu treinamento, mas mantém ótimo aproveitamento e seus pupilos vão à raia sempre muito bem apresentados. Neste final de semana, mais precisamente no sábado, 03 de março, o treinador mandará à pista o potro Johnny Holiday, nos 1.300 metros, pista de grama, do Clássico José Calmon (L.), reunindo potros da Geração 2009.

Segundo colocado em sua estreia, na Prova Especial Licínio Salgado, quando largou com atraso e descontava bastante no final, secundando Tap Is Back, que está inscrito aqui também, Johnny Holiday voltou nos 1.200 metros do Clássico Hernani de Azevedo e Silva (L.) e não tomou conhecimento dos adversários, vencendo com muita autoridade e facilidade. Um filho de Northern Afleet e Diner, por Roi Normand, Johnny Holiday foi criado pelo Haras Doce Vale e defende a farda do Stud Escorial.

Falando com exclusividade para o site do JCB, Teophilo mostrou-se otimista com as possibilidades do defensor da farda de José Mandarino: “O potro está tinindo, seus trabalhos são ótimos e sua evolução animadora. Ele só fez evoluir da sua vitória para cá e acredito muito na sua vitória. Seus principais adversários são o Tap Is Back, que o derrotou numa corrida em que meu pupilo largou andando, e o Vontade de Matar, um filho de Giant’s Causeway dono de raça para melhorar demais na pista de grama”, finalizou o treinador.

por Fernando Lopes – foto: Davi Oliveira

Guignoni comenta inscrições clássicas




Multicampeão, Dulcino Guignoni possui inscrições em duas das três principais carreiras deste final de semana, no Jockey Club Brasileiro.

No sábado, dia 03 de março, o treinador irá apresentar o argentino Tap Is Back (Stud Alvarenga) no Clássico José Calmon (L.), destinado a potros de dois anos, que será disputado em 1.300 metros, na grama.

“Tap Is Back seguiu muito bem após a vitória. Ele possui ótimos exercícios e pegou uma baliza muito boa. Não acredito que a distância seja um problema, pois ele foi muito bem nos trabalhos. Mas o páreo é equilibrado, pois os adversários também mostraram qualidade.” Disse.

E no domingo, dia 04, Guignoni é o responsável pelos corredores Um Craque (Stud Grenoble) e Jess Owens (Fazenda Mondesir) no GP Presidente Arthur da Costa e Silva (G3), prova em 2.000 metros na grama, aberto a produtos de três anos e mais idade.

“Os dois estão muito bem. Um Craque está em uma evolução muito grande e quem quiser ganhar terá que “suar” muito para vencê-lo. Jess Owens também já mostrou qualidade em provas fortes e deve correr bastante. Não acho que a falta de Lasix irá influenciar na carreira de nenhum dos dois. Dos adversários, acho que a Hunka Hunka se destaca.” Finalizou o treinador.



Por Celson Afonso – Foto: Gerson Martins
Divulgação

Mickael BarzalonaBarzalona também é da Godolphin


O jovem francês Mickael Barzalona, vencedor do último Derby Stakes (G1) montando Pour Moi (Montjeu e Gwynn, por Darshaan), na foto, é o mais novo membro da Godolphin.

Após a Dubai World Cup (G1), no último final semana deste mês, ele irá para Newmarket juntar-se a Frankie Dettori, primeira monta, e o brasileiro Silvestre de Souza.

O porta-voz e manager Simon Crisford anunciou isso hpje, avisando que, como os outros, ele trabalhará e montará para os dois treinadores da Godolphin, Saeed Bin Suroor e Mahmood Al Zarooni, acrescentando que os três dividirão todas as montarias e que agora eles têm um trio irretocável de jóqueis.

Pro Turfe: Sucesso no Mixed Sales do dia 29

Revestido de sucesso, o Leilão Mixed Sales - Treinamento e Reprodução Pro Turfe da última quarta, dia 29, com bom público no Tattersall, muitos acessos pela Internet, além do Televisionamento pelas TV Turfe e TV Jockey.

O maior preço foi o do futuroso potro Ugo Thunder (Durban Thunder e Nice and Cool), vendido por R$ 72.000,00 em doze parcelas ao novel Stud Jaguaretê. Outros grandes compradores prestigiaram o evento como Paulo Brown Meira, Alexandre Frare, Recanto do Derby, Amigos da Barra, The Best, José Valderson, Eladio Benevides, Dr.Paulo Sergio Queiroz Barbosa, Haras J.B.Barros, Haras Maluga, José Paulo Scorsatto, Kuky Giobbi, Stud Marisa Star, Stud Barreiro, Haras Che Renda, Haras Vale do Stucky, Stud Anhembi, Vito Matrorosa, Nelson Aliperti e outros.

Média superior a R$ 9.000,00 com apenas 3 defesas de Treinamento, 4 potros 2011 e 4 éguas Reprodutoras em 75 apresentados.

O próximo Leilão Mixed será dia 28 de março em São Paulo, com TV & Internet ao vivo, inscrições até a próxima terça, dia 6 de março, pelo telefone (11) 9977-2512 ou prohorse@uol.com.br.

Fonte: Pro Turfe

Triplices Coroas do JCB: Addeds confirmados


Abaixo, a relação de 18 potrancas que confirmaram o pagamento do added para o GP Diana - Stud TNT-G1. Dessas relação, 2 potrancas serão suplentes, uma vez que o limite permitido para atuar na pista de grama em 2000 metros é de 16 competidores.

O SORTEIO DE BALIZAS SERÁ NO DOMINGO, DIA 4, LOGO APÓS A REALIZAÇÃO DO 8º PÁREO, NA COMISSÃO DE CORRIDAS.

GP DIANA - STUD TNT (G1)

AMANJENA - STUD RIO DOIS IRMÃOS
DESEJO INFINITO (SP) - SILVIO CYBULSKI
HUELLAS DE ARENA - STUD CASABLANCA
I SCREAM - HARAS DOCE VALE
JET QUEEN - HARAS SANTA ANA DO RIO GRANDE
LA DEFENSE - STUD AZUL E BRANCO
LICCA-CHAN - HARAS SÃO JOSÉ DA SERRA
MLLE. BLANCHE - STUD AZUL E BRANCO
MY PRIVATE DANCER - COUDELARIA ALENCAR
NATALINDA - STUD CAFELÂNDIA
OLD TUNE - HARAS INTERNACIONAL
OLYMPIC BERLIN - HARAS REGINA
PRÓ MEMÓRIA - STUD MICHELLE E PRISCILLA
SWISS CHAMP - LIDIO EDGARDO LOBO ARAUJO
TANA’S KISS - HARAS SÃO FRANCISCO DA SERRA
ULTIMATE HEIGHTS - STUD TNT
UNE AUTRE ETOILE - STUD NTN
UNIQUE ZUCA - STUD GOLD HORSE

CRISTAL, CONFIRA OS CANDIDATOS A COROA GAÚCHA



TILBURI

ULTRA MEGA POWER

ARQUEIRO DO RIO

VALLEDUPAR

QUARTO SENTIDO

MARTELO DO BINHA

HEROI FON

HECHO A LA MANO

SILVER ARROW

HASTAPOPOULOS

DE MARCOS

CAMPO D'UNA

SPYMASTER (SUPLENTE)

fonte JCRS

Piramide Solar e Stockholder não correm o "Latino"



Notícia das mais tristes para o turfe brasileiro.

Dois de seus representantes no Gran Premio Asociacion Latinoamericana de Jockey Clubs e Hipódromos (gr.I) a ser corrido em 10 de março, em Palermo, na Argentina, estão alijados da disputa.

O potro Piramide Solar (First American), de criação dos irmãos Marcos e Mauro Ribeiro Simon e propriedade do Stud Farda Vencedora, sofreu um contratempo físico durante o "apronto" hoje cedo em Cidade Jardim, enquanto Stockholder (Dancer Man), cria do Haras São José da Serra que defende as cores do Stud Barcelona, apresentou-se "sentido" hoje pela manhã.

Mr.Nedawi (Nedawi), crioulo do Haras Old Friends e defensor das sedas do Stud Hole In One é, agora, o único representante da criação verde amarela na mais importante prova do turfe Latino Americano.

transc. JCSP
foto Internet e Faby Mattos

quinta-feira, 1 de março de 2012

Victorie Pisa Dubai World Cup 2011

Licca Chan vencedora do Grande Prêmio Presidente Guiçherme Ellis 201


Licca-Chan vencedora do Grande Prêmio Presidente Guilherme Ellis 2011 - Grupo II - 1400 Metros - Areia -corrido em Cidade Jardim

Filiação - Tiger Heart em Colette
Criador - Haras Santarém
Propriedade - Haras São José da Serra
Jockey - Ivaldo Santana
Treinador - Dulcino Guignoni

Chuchu Beleza vencedor da Prova Especial Formastérus 2011


Chuchu Beleza abre o torneio de fundistas e leva prova especial

O cavalo Chuchu Beleza foi o vencedor da Prova Especial Formastérus, 1ª Etapa da Taça Quati 2011,direção de Marcos Mazini, seu treinador foi o Venâncio Nahid, o defendeu as cpres do Stud Carioca da Gema, seu Criador Haras São José da Serra e era sua quarta vitória em 17 saídas.

Tarumã, favoritos da crônica para esta sexta

1º Páreo: BLACK SNACK 5 (5) - DIAMOND LADY 3 (3) - UIARA POTY 6 (1)

2º Páreo: EMANCIPADO 3 (5) - DIVINA DO PARK 2 (4)

3º Páreo: AVIÓN 3 (6) - UNA BELLA 5 (2) - GET REAL 4 (1)

4º Páreo: ITALO 7 (6) - VIDIZ 6 (2) - CACHALOTE 3 (1)

5º Páreo: HEATH ROW 4 (7) - DIRECT REASON 5 (2)

6º Páreo: SNAKE 1 (3) - GOOD TIGER 2 (3) - TOP EMOTION 5 (3)

7º Páreo: LATINO LOVE 3 (4) - ESPANAVE BOY 8 (3) - FETICHE GAIS 2 (1) - ATIVO FINANCEIRO 7 (1)

8º Páreo: UBATY GRACE 2 (8) - SIOUX 3 (1)

9º Páreo: LINENSE 9 (7) - VALLIN 1 (2)

TURFE POLÊMICA II - NOVA COMUNIDADE, PARTICIPEM


mais uma comunidade onde o assunto é Corridas de Cavalos.

Turfe Polêmica II

participem

http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=121498651

Floreando, por Milton Lodi

CURIOSIDADES (VII)

José D’Elia era um turfista freqüentador das corridas em Cidade Jardim. Uma de suas atividades era importar animais da Argentina. Homem sério, simpático, bem educado e conhecedor da vida turfista, tinha também bom ambiente na Argentina, o que facilitava e permitia bons negócios.

Certa vez, trouxe um lote de reprodutoras que foram às mãos de Geraldo Bordon, um empresário ligado a frigoríficos, que criava nas cercanias de Campinas (SP), onde montou um bom haras e de extremo bom gosto, de nome Haras Larissa. Geraldo Bordon ficou com todas as éguas cheias do lote, desprezando uma reprodutora de mais idade que estava vazia. D’Elia ofereceu, então, a vazia para José Bonifácio Coutinho Nogueira, do Haras São Quirino, que ficou com ela, pois era uma filha de Carapálida, um ótimo garanhão. Essa égua chamava-se Arumba, que se mostrou de primeira grandeza, constituindo-se em uma égua de base. Uma das fundamentais linhas femininas do São Quirino.

Wasfi Julio Zarzur ainda não era criador, e como proprietário tinha o Stud Eduardo Guilherme. Ele comprou um ótimo potro que se mostrou um ótimo ganhador clássico, de nome Ortille. Ortille, montado por Francisco Irigoyen, foi segundo no GP Brasil vencido pelo argentino Montecristo. Os proprietários de Montecristo comemoraram, tiraram fotografias e receberam taças, e no dia seguinte foram embora. Alguns dias depois, o departamento antidopagem verificou que Montecristo havia corrido dopado, foi desclassificado para o último lugar sem direito a quaisquer prêmios, passando Ortille a vencedor. O proprietário paulista telefonou-me, pedindo que eu fosse, em nome dele, à Diretoria do Jockey Club Brasileiro solicitar que fosse providenciada a devolução das taças do Montecristo, que eram então do Ortille. Fui falar com a Diretoria e, para minha surpresa, disseram-me que o proprietário interessado procurasse, na Argentina, os donos do desclassificado para pedir a devolução. Eu lhes disse que a obrigação era do Jockey Club Brasileiro, e se eles não pudessem ou não quisessem, que fossem providenciadas outras taças para serem entregues ao Júlio Zarzur. Os Diretores acharam graça, o Jockey Club Brasileiro não tinha mais nada a ver com o caso. Tive que dar a péssima informação para o meu amigo paulista. É assim que as coisas funcionam quando os clubes promotores de corridas estão em mãos inadequadas.

Que eu me lembre, o único filho do “Gigante Dourado” Quati foi Quatiassú, que tinha por mãe Ipiranga, nome que veio a ser do haras implantado em Jaguariúna pelo meu pai. Quatiassú tinha algumas vitórias, não era mais um cavalo novo, e tinha entre as suas características o fato de ser “queixudo”. Certo dia, em que ele era grande favorito, foi o primeiro a fazer o galope de apresentação e, de repente embalou, disparou sem que Ulloa pudesse segurá-lo. Passou pelo disco, seguiu a toda velocidade em disparada, mesmo fortemente sofreado pelo brilhante chileno. Quatiassú só diminuiu o ritmo após quase ter completado a volta toda. Cruzou o disco já devagar e Ulloa já entrou direto para o padoque, subiu à Comissão de Corridas, e pediu para que Quatiassú não fosse retirado, mostrando as suas mãos machucadas na tentativa de parar o “queixudo”. A Comissão acabou concordando, era o favorito do páreo, o espetacular Oswaldo Ulloa garantia que Quatiassú não ia perder. Quatiassú voltou à pista e foi para o partidor. Dada a largada, Quatiassú já saiu acelerado, correu já lutando pela primeira colocação, virou a reta como iminente ganhador. E, foi ali, no início da reta, que Quatiassú cansou, mas não diminuiu, porque o formidável chileno Oswaldo Ulloa, com uma energia absurda, seguia tocando com uma habilidade fora do comum. Quatiassú acabou ganhando por pouco, mesmo assim, o público das arquibancadas recebeu Oswaldo Ulloa com uma grande ovação. Afinal, aquele páreo tivera como grande vencedor Oswaldo Ulloa e não Quatiassú.

Quando o Haras Santa Ana do Rio Grande comprou as terras do então Mondesir em Bagé, ficou também com a maioria dos animais em criação. A transação efetivou-se no mês de janeiro de 1980, e a tordilha Anilité, que nascera no fim do ano, tinha menos de dois meses. Anilité foi uma ótima ganhadora clássica, e foi correr o GP São Paulo. A corrida foi desastrosa, Anilité chegou mal e com as mucosas arroxeadas. O proprietário resolveu mandar a égua para o haras, mas cedeu à solicitação do treinador Alcides Morales, que argumentou ter sido a fraquíssima performance resultante da diferença de altitude do Rio para São Paulo. Dois meses e meio depois, Anilité venceu na Gávea o GP 16 de Julho e três semanas depois teria o GP Brasil. Anilité era uma égua de grande qualidade, mas de físico mais para franzino que para encorpado, era bonita, mas não rendia bem com trabalhos repetidos e fortes. Do 16 de Julho ao Brasil, Anilité foi bem poupada. E, naquele intervalo de cerca de três semanas ela só fez um trabalho em 1.200 metros. Ela venceu os 2.400 metros do Brasil de forma espetacular. O mestre Alcides Morales sabe das coisas

Silvestre de Souza vence seu primeiro grupo como jóquei contratado da Godolphin




Principal embate da jornada promovida nesta quinta-feira no Hipódromo de Meydan, em Dubai, a Zabeel Mile (gr.II), em 1.600 metros na grama, para produtos de 3 e mais anos, com US$ 250 mil de dotação, foi vencida por Do It All, 5 anos, filho de Distorted Humor e Stupendous Miss (Dynaformer), criado nos Estados Unidos pela Wingsong Farm e de propriedade da Godolphin.

A montaria do ganhador ficou a cargo do brasileiro Silvestre de Souza, que desta forma obteve a sua primeira vitória clássica com a “jaqueta azul” após ter assinado contrato com a poderosa coudelaria. Derbaas formou a dupla dos norte-americanos, a 1 corpo e ¾, com Dux Scholar completando a trifeta. Sandagiyr e Jaasoos ficaram com os quarto e quinto postos, respectivamente. Pensionista de Saeed bin Suroor, Do It All chegou à sua quarta vitória, em doze apresentações produzidas até aqui. Tempo de 1:38.98.

Na segunda corrida do dia, o brasileiro Jardim (por Ski Champ, de criação do Stud Raça), obteve o quinto lugar num handicap de US$ 250 mil de dotação, vencido pelo norte-americano Bronze Cannon.

por Victor Corrêa
transc, Raia Leve

Alegria de Pobre vencedora co Clássico Donética 2011


Alegria de Pobre foi a fácil vencedora do Clássico Donética 2011 - 1900 Metros - Pista de Areia - corrido em 06/03, no Jockey Club de São Paulo.

Filiação - Dancer Man em My Special Gallery
Criador - Stud Eternamente Rio
Proprietário - Stud Senhor Moreno
Jockey - Bruno Ardiles
Treinador - Jairo Borges
Campanha - conquistou sua 13ª vitória em 19 apresentações

Quesy Boy vence torneio em Cociolandia


E no torneio foi o vencedor o potranco Quesy Boy de propriedade do Dr Flavio Cesar Scopel de Santo Antonio do Sudoeste PR, na distância de 400 metros.

fonte Soretas

Conciolandia, Magno vence bate


Deu o Potranco MAGNO no bate de 04 animais realizado dia 26/2/2012 distância 500 metros de propriedade do Turfista Mugica , montado por G. Bast e treinado pelo H. Padilha o Magrão, a seguir Feiticeira, Brother Dror,Lg.

fonte Soretas

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Jockey Club de Lagoa Vermelha, GP Renato Zilio Dalla Costa


Dias 03, 04 e 05 de Março de 2012

Dist. 500 metros. = Inscrição: R$ 1.000,00 = 4 x R$ 500,00

Premiação: Proprietário vencedor recebe o total das inscrições.
Treinadores 5% do total apostado no animal de sua responsabilidade.

Animal Peso Procedência .
Point One 50 Vacaria
Ajato Fast 50 Carazinho
Cajarana 50 Tijuca do Sul
Vuelo Alto 48 São Borja
Velha Amada 45 São Borja
Viejo Pancho 45 São José do Ouro
Tiro Certo 43 Jóia
Tarpon 45 Jóia
Melodia do Mig 45 Fazenda Rio Grande
Wild Light 45 Santo Augusto
Musa Alegre 45 Fazenda Rio Grande
Samurai 45 Fazenda Rio Grande
Solicitação 45 Lages
Comando Box 43 Lages
Rejeitado 45 Capitão Leonidas Marques
Hora Dourada 45 Capitão Leonidas Marques
Mensageiro Duca 45 Rio Pardo
Suprasumo 45 Lages
Magneton 45 Clevelândia
Hivolet 40 Clevelândia
Lord Race 40 Fazenda Rio Grande
Preta 45 Santo Angelo
Spring 45 Chapecó
Mensageiro 45 Vacaria
Linda Guria 40 Triunfo
Caxias Rodrigo 45 Caxias do Sul

OBS:
- O Jockey Club reserva-se o direito de incluir ou excluir qualquer animal a critério da CC;
- Animais que não constem da chamada deverão solicitar handicap aos organizadores;
- Não será permitido uso de agarradeiras .

Informação: Rosalino 54.9914.4555 / Binha 55.9983.8675 / Fábio 54.9107.3017

JOCKEY CLUB CARAZINHENSE GRANDE PRÊMIO ANILO GOBB



Dias 23, 24 e 26 de Março de 2012 (Junto ao Leilão Hs. Ponta Porã)
Distância 500 metros
Inscrição R$ 3.000,00 – Lance de Obrigação R$ 3.000,00
Premiação:
Proprietário vencedor: Inscrições recebidas
2º colocado defende a inscrição
Treinador vencedor: R$ 8.000,00
Demais treinadores 4% do jogo do animal de sua responsabilidade.

ANIMAL PESO ANIMAL PESO

Pé de pano 48 Bull Page Gais 46
Selo Raro 52 Rumo ao Disco 52
Tiro Veloz 45 Trinca-Ferro 52
Chevallier 48 Marimbau 48
Xique Di Duer 45 Totosão 46
Ajato Fast 43 Ki Butui 42
Vuelo Alto 42 Velha Amada 40
Thunder Machine 40 Tirombaço do Nijú 40
Viejo Pancho 40 Thor Glory 40
Tarpon 40 Melodia do Mig 40
Joe Berger 42 Solicitação 40
Point One 42 Ramon Kiss 43
Canarana 42 Negrito 40
Hivolet 40 Magneton 40
Tujumirim 40 Tempo Quente 40
Tataurana 40 Terere 45
Triple 40 Tiroler 40
Garota de Ipanema 40 Saint Prospector 40
Fechador 40

Fretes por conta do proprietário;
Não será permitido uso de agarradeiras;
Chave pagará uma inscrição e meia;
Pesa somente o que vai no lombo.

Informações:

Binha 55.9983.8675-Rosalino 54.9614.4555-Camil 67.9245.6290

√ INTERESSADOS EM PARTICIPAR DEVERÃO SOLICITAR PESO AOS ORGANIZADORES.

Vagner Borges monta 35 e busca disparar





Líder da estatística carioca com 159 triunfos, Vagner Borges assinou 35 compromissos para o próximo conjunto de programas do Jockey Club Brasileiro – sexta-feira (02), sábado (03), domingo (04) e segunda-feira (05) – formado por 40 páreos assim divididos: nove páreos na sexta e na segunda; e onze páreos no sábado e no domingo.

O bridão gaúcho estará em ação em 87,5% dos páreos e nas duas melhores carreiras da semana conduzirá, no sábado, no Clássico José Calmon (L.), em 1.300 metros, grama, Tap Is Back (foto) (Put It Back e Tap, por Mari’s Book), criado na seção argentina do Haras Santa Maria de Araras e de propriedade do Stud Alvarenga, potro que venceu com autoridade a primeira carreira destinada à Geração 2009, no dia 10 de dezembro de 2011, a Prova Especial Licínio Salgado, em 1.000 metros, na pista de grama. Depois, no domingo, no GP Pres. Arthur da Costa e Silva (G3), em 2.000 metros, também no gramado, montará Um Craque (Wild Event e Lamparina, por Roy), Haras Santa Maria de Araras/ Stud Grenoble, animal em franca evolução.

Dalto Duarte (149) o segundo colocado, terá uma semana com menos montarias, mesmo sem estar suspenso, porém de boa qualidade. Dalto atuará em 21 carreiras e nas principais provas conduzirá: no Clássico José Calmon o paulista Beto Boss (Val Royal e Polada, por Golden Voyager), Haras Basano/ Stud Terra Brasilis, potro invicto através de duas saídas, uma na areia e outra na grama e que conta com o treinamento de Antônio Luís Cintra o “Tolú”. No GP Presidente Arthur da Costa e Silva, Dalto conduzirá Hunka Hunka (foto) (Wild Event e Uff-Uff, por De Quest), do Haras Doce Vale, vencedora do GP Diana (G1) 2011, terceira colocada no GP Cruzeiro do Sul (G1), o Derby carioca, para Cisne Branco, e segundo para Renânia no GP Roberto e Nelson Grimaldi Seabra (G1), o Brasil das éguas, em agosto de 2011, sua última atuação.

Terceiro colocado na tábua de classificação, Henderson Fernandes (110) assumiu 30 compromissos e segue em sua luta para não se distanciar ainda mais dos dois primeiros. Carlos Lavor (83) terá quatorze montarias e no sábado irá a Cidade Jardim montar Doutor Marcos (Lord Marcos e Débil, por Ski Champ), do Stud Red Black, no GP Piratininga (G2), em 2.200 metros, pista de areia. Marcelle Martins (77) retorna de longa suspensão e, atuando apenas no domingo e na segunda-feira, se fará presente em 11 provas. Valdinei Gil (75) segue suspenso. Ilson Correa (64) terá apenas sete montarias e Marcelo Cardoso (52) assumiu 18 compromissos entre sexta e domingo, não atuando na noturna de segunda-feira.

Entre os aprendizes, além de Marcelle Martins, Anderson Paiva (ap. 3ª) terá 28 montarias, só montando menos que Borges e Fernandes na semana. Já Luan da Silva Machado (ap.2ª), que devido a sua suspensão só atuará na segunda-feira, em seis oportunidades. Juan Gomes (ap. 4ª) assinou oito, enquanto Henrique Merenciano de Oliveira (ap. 2ª), o popular “Vassourinha” suspenso, não irá montar nesse conjunto de programas.

por Fernando Lopes –
transc. Site JCB

Anderson Paiva é contratadp pelo Stud Alvarenga



O aprendiz Anderson Paiva, 17 anos, que estreou recentemente no Hipódromo da Gávea, foi contratado nesta quarta-feira, 29 de fevereiro, pelo Stud Alvarenga como segunda monta da vitoriosa farda. Agora, o turfman Álvaro Novis mantém sob contrato o líder da estatística e recordista de vitórias da EPT, Vagner Borges, e o aprendiz de 3ª categoria que trouxe 35 vitórias de Recife e irá montar os animais que estão divididos entre os treinadores Júlio César Sampaio, Dulcino Guignoni, Alcides Morales e Vitor Lahass.

Em três semanas montando no Hipódromo da Gávea, Anderson já conquistou cinco vitórias e nas duas últimas semanas só assinou menos compromissos que Borges e Henderson Fernandes, atuando em mais provas que o bicampeão Dalto Duarte. Fora de combate na segunda-feira (27/02) devido a uma queda no matinal, Anderson já está completamente recuperado das dores no tornozelo e atuará normalmente no próximo conjunto de programas

transc. Site JCB

ASSIM NASCEU O GRANDE LATINOAMERICANO DE JOCKEYS CLUBES

Em 1978, Julián Abdala, então Presidente do Jockey Club da Venezuela, sugeriu agregar os Jockeys Clubes da América Latina em uma associação que representasse seus interesses comuns. Em princípio, a idéia encontrou pouco respaldo. No entanto, o Jockey Club Argentino, através de seu presidente, o arquiteto Roberto Vazões Mansilla, aprovou o projeto e levou adiante a questão, embora sem a companhia de seus correspondentes Hipódromos de Palermo e de La Plata.

Em parte, era natural a situação. Os dois companheiros de Buenos Aires não atravessavam bom momento hípico e, principalmente, financeiro. Um não possuía hipódromo próprio; o outro tinha sede hípica, mas não tinha permissão para,
formalmente, organizar corridas. Baseado nesse importante apoio, o incansável Abdala embarcou em todos os voos disponíveis e percorreu as capitais sul-americanas em busca das assinaturas (dos Jockeys Clubes) necessárias para a formação da entidade. Graças a seu esforço, o sucesso aconteceu.

Os principais mandatários do turfe sul-americano formaram uma família coesa, com fortes laços de amizade e solidariedade em torno da ideia proposta por Abdala. Entre eles, Don Alfredo de Castro Pérez, presidente do Jockey Club de Montevideu e do Hipódromo Nacional de Maroñas, e Francisco Eduardo de Paula Machado, do Jockey Club Brasileiro. Assim nasceu a Associação Latinoamericana de Jockeys Clubes, embrião da prova estrelar.

O presidente Abdala sonhava com uma atividade comum entre os clubes, baseado, principalmente, em programas culturais e sociais. Era um grande amante dos cavalos e fervoroso aficionado pelo turfe, porém, a instituição que presidia não tinha autonomia sem o concurso efetivo do Estado que controlava o Hipódromo La Rinconada, na Venezuela.

A primeira reunião da Associação Latinoamericana foi realizada em Buenos Aires, em 1980. Uma reunião revestida de entusiasmo, cordialidade e esperança de um futuro duradouro. Daquela pauta surgiu a ideia da novel associação organizar uma corrida internacional, diferente de todas as que se realizavam.

As denominadas corridas internacionais de então eram somente provas locais, com alguns visitantes estrangeiros e em comparação com os cavalos nacionais não se atingia a plenitude pela falta de parâmetros e seleção, tanto em qualidade como
em quantidade, para as bandeiras que se faziam representar nas competições.

Alfredo de Castro Pérez, titular do Jockey Club de Montevidéu, foi eleito presidente da Associação e sua cidade, por lógica consequência, a primeira sede do acontecimento, na época, “perigoso e desejado”. A bolsa de prêmios recebeu cotas dos Jockeys associados: Argentina, Brasil, Uruguai e Venezuela aportaram com cotas iguais e, em menor valor, Chile e Peru.

Foi uma festa inesquecível. Unificou a atividade hípica do continente em 1981. A prova recebeu apoio da marca Marlboro e o Clássico Associação Latinoamericano de Jockeys Clubes (Malboro Cup) teve a vitória do brasileiro Dark Brown, de propriedade do gaúcho Mathias Machiline.

Diante da difusão, não apenas na América Latina, mas nos principais países do mundo, e do sucesso de público, os Jockeys Clubes reiteraram a decisão de realizar anualmente a corrida, na distância de 2.000 metros e incluída no calendário oficial da Organização Sul Americana de Fomento, já estabelecendo que a 2ª edição do Latino teria como local a cidade de Buenos Aires, com organização do Jockey Club Argentino, em sua sede hípica, o majestoso Hipódromo de San Isidro.

Realizado em um cenário poucas vezes visto no circo do norte da capital portenha, a disputa foi coroada de êxitos, e o Brasil novamente compareceu no alto do marcador, com a vitória de Duplex. O craque brasileiro nascido no Haras Guanabara, de Roberto Grimaldi Seabra e Nelson Seabra, era de propriedade de Carlos Eduardo Salles Gomes (Stud Jupiá).

Em menos de uma década, o Latino deu a volta pela América do Sul. Os primeiros anos foram de total predomínio nacional, com Dark Brown, Duplex, Derek e Old Master.

Este ano, nas doze quadras da areia de Palermo, a principal carta nacional no “XXVIII Grande Premio Asociación Latinoamericana de Jockey Clubes e Hipódromos (G I)”, é o incansável Mr. Nedawi, um notável stayer, admirado como poucos na Argentina. Entretanto, Stockholder (montaria do astro Jorge Ricardo), cavalo “arenático” por excelência e o estreante em provas estrelares de nível internacional, Pirâmide Solar, podem trazer para o Brasil a Medalha de Ouro do turfe sul-americano.

por Mário Rozano

Cristal Voce Sabia


VOCE SABIA?

QUE O JOQUEI ROGERIO ARIAS ESTA DE PASSAGEM COMPRADA PARA A NORUEGA?
QUE O STUD 52 ESTA REVITALIZANDO SEU PLANTEL?
QUE O TREINADOR CLÓVIS DUTRA JÁ ENTREGOU SEU GRUPO DE COCHEIRAS NO CRISTAL E JÁ SE TRANSFERIU DE VEZ PARA A GAVEA?
QUE O JÓQUEI C.MACHADO SEGUE FIRME NA LIDERANÇA DA ESTATISTICA?
QUE C.A.MOURA E L.E.FERRAZ SEGUEM BRIGANDO PALMO A PALMO PELA LIDERANÇA ENTRE OS TREINADORESE?
QUE ENTRE OS PROPRIETÁRIOS, O STUD DUPLO OURO E O HARAS MALUGA ESTÃO EMPATADOS?
QUE O GP PRINCESA DO SUL FOI CONFIRMADO PARA O PRÓXIMO DIA 1º DE ABRIL?
QUE AS CORRIDAS DO CRISTAL A PARTIR DE ABRIL TERÃO INICIO ÀS 15HS?
QUE FALTANDO POUCO TEMPO PARA AS ELEIÇÕES, A CHAPA JOSE VECCHIO FILHO, RICARDO FELIZZOLA E VITOR HUGO BARNASQUE PODE SEGUIR NO COMANDO DO CLUBE?

transc. Site Jockey RS

Cristal, comentário e indicações para esta quinta


COMENTÁRIOS E INDICAÇÕES
Corrida da Semana
Seg, 27 de Fevereiro de 2012 17:26
1º Guria da Barra tem atuado com destaque e surge como provável ganhadora. Lady Thunder tem animado nas matinais e pode debutar com vitória. Imperdonabile é tida em boa conta e vai tentar a reabilitação. Roseira mostrou evolução e agora pode surpreender as favoritas. Olho no cânter de Fada de Ouro, que chega pronta de Santa Maria.

GURIA DA BARRA – LADY THUNDER (6-2) IMPERDONABILE - ROSEIRA

2º Acreditamos que tenha chegado a hora de Ylle de Josefine. Urcamp Girl terá “train” favorável e pode prender um pau a pau. Ultranza e Quinhentas Indy também podem almejar a vitória. Xivala nas trifetas.



YLLE DI JOSEFINE – URCAMP GIRL (2-3) ULTRANZA – QUINHENTAS INDY



3º Olympic Beijing venceu linda corrida e pode repetir. Vampata e Deísa são inimigas temíveis. Hiper Genial e Vassale podem vencer com pule boa.

GRAMA: OLYMPIC BEIJING - VAMPATA (2-4) DEÍSA - HIPER GENIAL

AREIA: OLYMPIC BEIJING - VAMPATA (2-4) DEÍSA - HIPER GENIAL



4º Agyness tem assombrado nos matinais e deverá vender caro a derrota. Absolut Ridge mostrou grande evolução e surge como forte rival. Eye-Candy leva a vantagem de já ter atuado em pista de grama e é um ótimo reforço para sua companheira. Imposible não está proibida de assumir a liderança entre as potrancas. Dattore chega do Amorim com fama de craque e merece uma certa atenção.

GRAMA: AGYNESS – ABSOLUT RIDGE (2-4) EYE-CANDY – IMPOSIBLE

AREIA: AGYNESS – ABSOLUT RIDGE (2-4) EYE-CANDY – IMPOSIBLE

.

5º Atuante entra em pista na condição de grande favorito. Ourorapido tem trabalhos que lhe dão o direito de sonhar com a vitória. Aristocrata mostrou bastante velocidade e agora mais aguerrido pode surpreender. Messaggero Celere é outro nome a ser respeitado. Junior Flyer é ótimo reforço para seu companheiro. Selo Inferno e Uru nas trifetas.

GRAMA: ATUANTE - OURORAPIDO (1-4) ARISTOCRATA – MESSAGGERO CELERE

AREIA: ATUANTE - OURORAPIDO (1-4) ARISTOCRATA – MESSAGGERO CELERE



6º Miss Outlaw atravessa boa fase e certamente estará entre as primeiras. Longelínea já enfrentou parceria mais forte e sua vitória é algo viável. Bala Mortal anda voando e faz aqui seu teste de fogo. Tiffany Glory teve problemas na última e agora pode fazer um crime.

MISS OUTLAW - LONGELÍNEA (1-4) BALA MORTAL – TIFFANY GLORY



7º Príncipe Galã pode manter-se invicto. Brooklyn chega amparado de boa ficha e pode desbancar o favorito. Olympic Normand e Penalti Desejado também entram em pista em condições de vencer. Os demais podem engordar as trifetas.

PRINCIPE GALÃ - BROOKLYN (6-1) OLYMPIC NORMAND – PENALTI DESEJADO



8º Pepe de Giuli não cessa de evoluir e contará com nossa indicação. Bailarino Russo na última correu menos do que sabe e vai buscar a reabilitação. Hombre Rei ,no gramado, é outro forte candidato a vencer. Operante Tex esta sempre por perto e surge como opção aos engatados. Hoy Si pegou boa baliza e vai tentar usar sua velocidade para surpreender.

GRAMA: PEPE DE GIULI – BAILARINO RUSSO (5-6) HOMBRE REI – OPERANTE TEX

AREIA: PEPE DE GIULI – HOMBRE REI (5-8) BAILARINO RUSSO – HOY SI



9º De Marcos venceu em marca recomendável e tem boa chance de repetir. Valledupar e Arqueiro do Rio são os principais rivais do favorito. Depois Silver Arrow e Holandiano.

DE MARCOS - VALLEDUPAR (1-2) ARQUEIRO DO RIO – SILVER ARROW



10º Hot Very Hot, mesmo entre os machos, é o nome do páreo. Lord Grey parou para reparos e volta tinindo. Torrential Kid é um cavalo bastante fiel e se vencer não será surpresa alguma. Caboclo Pretolin, Axio e Legge podem dificultar o fechamento do “Open”. Gallardo retorna do Interior melhorado e pode ser a bomba da reunião.

HOT VERY HOT – LORD GREY (8-4) TORRENTIAL KID – CABOCLO PRETOLIN

transc. Site Jockey RS

Show musical vai parar corridas em São Paulo no primeiro fim de semana de abril


Show musical vai parar corridas em São Paulo no primeiro fim de semana de abril
29/02/2012 - 10h05min


Nos dias 7 e 8 de abril será realizado o Show Lollapalooza, no Hipódromo Paulistano. O circuito de shows, uma das maiores atrações musicais do ano no continente americano, contará com mais de 40 artistas, em três palcos, no meio da raia de Cidade Jardim.

Na semana de realização do evento, que atravessa a noite, as corridas de sábado (dia 7 de abril) e de domingo (dia 8 de abril) serão canceladas. As carreiras devem voltar a acontecer somente na segunda-feira, dia 9 de abril.

Desde já, turfistas, profissionais do turfe e proprietários de cavalos PSI estão torcendo para que a raia e o hipódromo fiquem em excelentes condições de uso após o mega-show.

por Guilherme Genzini

Nos Bastidores da Gávea por Leandro Mancuso

STOCKHOLDER e equipe seguirão para Campinas, de onde o cavalo será embarcado para a Argentina, no próximo dia 3 de março. O objetivo é a disputa do Clássico Latino, que pela primeira vez será realizado na areia de Palermo.


- O treinador Christiano Oliveira agora também tem cavalos no Centro de Treinamento Paraíso, além do Verde e Preto, onde está há algum tempo. Tudo isso graças ao excelente aproveitamento dos corredores sob seus cuidados.


- Os cavalos do Haras Jugica - Coronopus, Coronel Gastão, Xandu e Bird Winner – passam a ser preparados pelo treinador J. C. Oliveira.


- First Mc Coy e Vai Que É Boa, do Stud Amigos da Barra, chegaram à Gávea onde serão treinados por J. F. Reis.


- O ex-jóquei A. Gantz, que teve a matrícula de redeador cassada pela Comissão de Corridas do Jockey Club Brasileiro e está com entrada proibidda em todas as dependências do hipódromo, deve voltar ao Sul.


- Nesta semana, o Stud Globo estreia um potro filho de Tiger Heart, no primeiro páreo de segunda-feira. Como a farda não dá ponto sem nó e o treinador muito menos, quem sabe não está para aparecer um novo Joe Diesel?


- Marcelle Martins volta esta semana já como aprendiz de segunda categoria. Assim, poderá montar os produtos de 2 anos. Suas melhores montarias são: Flamenguista, Red Stone e Porto Principe.


- O treinador A. L. CINTRA, o popular “Tolu”, apresentará BETO BOSS no Clássico José Calmon, sob a direção de D. Duarte. Na última vez em que veio à Gávea, faturou prova clássica com UNO AMORE MIO.


- O cavalo Unshamed, adquirido no claming pelo Stud Marisa Star, irá para o centro de treinamento, onde ficará sob a responsabilidade de J. B. Nogueira.


- No último domingo, na Prova Especial João Vieira, Felicce Bambina, do Stud Capitão, derrotou Jerez em final eletrizante. O jóquei V. Borges vai mostrando que não é a toa que é o líder da estatística.


- Quando teremos de volta a Superpule de Placê, a Quinexta e o Vintão?

Beto Boss no Clássico José Calmon


O treinador A. L. CINTRA, o popular “Tolu”, apresentará BETO BOSS no Clássico José Calmon, sob a direção de D. Duarte. Na última vez em que veio à Gávea, faturou prova clássica com UNO AMORE MIO.

por Leandro Mancuso

Marcelle Martins de volta as carreiras


Marcelle Martins volta esta semana já como aprendiz de segunda categoria. Assim, poderá montar os produtos de 2 anos. Suas melhores montarias são: Flamenguista, Red Stone e Porto Principe

por Leandro Mancuso

Tarumã: estreantes para a próxima reunião 28/02/2012 - 13h45min ESTREANTES PARA A 517ª REUNIÃO EM 02/03/2012 1º PÁREO CASUAL SELLER - Fêmea Castan


ESTREANTES PARA A 517ª REUNIÃO EM 02/03/2012

1º PÁREO

CASUAL SELLER - Fêmea Castanha, nascida em 04/10/2009 PR, por Implexo e Hingh Ling (Singh Tu/USA), criação e propriedade do Haras dos Girassóis. Tr: G. F. Santos. Sua mãe obteve 3 vitórias - 2 em Cidade Jardim e Gávea; 1ª Clássico Jockey Club de São Vicente - L. 9º produto. Irmã materna de 7 produtos estreados e ganhadores: Quiet Succes (5 vitórias - 3 Cristal e 2 Cidade Jardim; 1º GP. Presidente da República - L; 2º GP. Derby Rio-Grandense - L, Cristal); Rala e Rola (2 vitórias - Cidade Jardim e Gávea; 4ª Clássico Jacutinga - L). Campanha: Inédita.

UNREAL LOVE – Fêmea Castanha, nascida em 03/08/2009 MS, por Durban Thunder e Goodnight Loving (USA) (Gone West/USA), criação do Haras Ponta Porã e propriedade de Athalício Martins. Tr: L. Veríssimo. Sua mãe não correu. 13º produto. Irmã materna de 8 produtos estreados sendo 7 ganhadores: Ke Clackson (2 vitórias - Cidade Jardim e Gávea; 4º GP. Protetora do Turfe - G2, Cristal); Summer Hit (3 vitórias - 2 Cidade Jardim e Tarumã; 5ª Prova Especial Moysés Lupion). Campanha: Inédita.

DIAMOND LADY - Fêmea Tordilha, nascida em 30/08/2009 PR, por Amigoni (IRE) e Rubia Light (ARG) (Equalize/USA), criação do Haras Springfield e propriedade do Stud Nínives de Áquila. Tr: L. R. Feltran. Sua mãe ganhou 2 corridas na Argentina - Palermo e La Plata. 5º produto. Irmã materna de 3 produtos estreados: Caster Sugar (1º Seletiva e 2º Final do XIX GP. Turfe Paranaense, Tarumã). Campanha: Inédita.

FAST MAGIE - Fêmea Castanha, nascida em 04/07/2009 PR, por Senhor Latino e Keep The Magic (Magical Mile/USA), criação e propriedade do Haras Rio Iguassú. Tr: A. B. Pereira. Sua mãe ganhou 10 corridas - 6 em Cidade Jardim e 4 no Tarumã; 1ª Prova Especial Tiradentes; 2ª Prova Especial Taça Velocidade; 3ª Clássico Presidente Waldyr Prudente de Toledo - L; 4ª Clássico João Tobias de Aguiar - L. 4º produto. Irmã materna de 1 produto estreado: Estrela do Iguassú (3 vitórias - Cidade Jardim, Tarumã e Fazenda Rio Grande; 1ª II GP. Fazenda Rio Grande; 2ª Seletiva do XIX GP. Turfe Paranaense). Campanha: Inédita.

BLACK SNACK – Fêmea Castanha, nascida em 03/09/2009 SP, por Major Storm (USA) e Quetawa (Jules/USA), criação e propriedade de APG Thoroughbreds Stud. Tr: A. Menegolo Neto. Sua mãe obteve 1 vitória em Cidade Jardim. 1º produto. Campanha: Inédita.

2º PÁREO

LITURGY - Fêmea Castanha, nascida em 19/07/2009 PR, por Tiger Heart (USA) e Lily Pons (Roi Normand/USA), criação e propriedade de Carlos dos Santos. Tr: C. P. Gusso. Sua mãe colocou-se na Gávea em 2 apresentações. 5º produto. Irmã materna de 4 produtos estreados sendo 3 ganhadores. Campanha: Inédita.

DIVINA DO PARK - Fêmea Castanha, nascida em 08/08/2009 PR, por Bonapartiste (FR) e La Serenata (Jolly Quick), criação e propriedade do Haras Mineral Park. Tr: B. Corrêa. Sua mãe foi ganhadora em Cidade Jardim. 7º produto. Irmã materna de 4 produtos estreados sendo 2 ganhadores: Dish Dash (3 vitórias em Cidade Jardim; 1ª Clássico Edmundo Pires de Oliveira Dias - L; 2ª GP. Barão de Piracicaba - G1); Cache-Nez (5 vitórias - 4 na Gávea e Tarumã; 4ª Prova Especial Mário Jorge de Carvalho, Gávea). Campanha: Inédita.

CHAMP MY CHAMP - Macho Castanho, nascido em 19/08/2009 PR, por Tiger Heart (USA) e Facção (Choctaw Ridge/USA), criação e propriedade do Haras dos Girassóis. Tr: G. F. Santos. Sua mãe ganhou 2 corridas em Cidade Jardim e Tarumã. 5º produto. Irmão materno de 4 produtos estreados e ganhadores: Zarco (5 vitórias - 3 na Gávea e Tarumã; 1º Clássico Prefeito Municipal de Curitiba - L; 5º Clássico Breno Caldas - L, no Cristal); Abstrato (3 vitórias - 2 Tarumã e Cidade Jardim; 2º Clássico Criadores - L). Campanha: Inédito.

3º PÁREO

BEDUÍNO DO BRASIL - Macho Tordilho, nascido em 27/07/2009 PR, por Impression (ARG) e Delinquent Bird (Vuarnet), criação do Haras São José dos Pinhais e propriedade de Divonsir Hay. Tr: C. P. Gusso. Sua mãe obteve colocações em Cidade Jardim e Tarumã. 2º produto. Campanha: Inédito.

GUARDAVALLE - Macho Castanho, nascido em 26/09/2009 PR, por Redattore e Ottawa (ARG) (Sekari/ENG), criação e propriedade do Haras São Judas Tadeu do Iapó. Tr: M. F. Gusso. Sua mãe obteve colocações no Tarumã. 3º produto. Irmão materno de 1 produto estreado e ganhador. Campanha: Inédito.

AVIÓN - Macho Castanho, nascido em 05/11/2009 RS, por Wild Event (USA) e Slot-Machine (Roi Normand/USA), criação e propriedade do Haras Santa Maria de Araras. Tr: L. R. Feltran. Sua mãe obteve colocações na Gávea; 3ª Clássico Luiz Alves de Almeida - L; 5ª Clássico Ministério da Agricultura - L. 8º produto. Irmão materno de 6 produtos corridos sendo 4 ganhadores: Payador (6 vitórias em Cidade Jardim; 1º Clássico Cândido Egydio de Souza Aranha - L; 5º GP. John Aiscan - G3); Savage Instint (3 vitória na Gávea; 3ª GP. Presidente Hernani de Azevedo Silva - G2); Unit Price (1 vitória na Gávea; 5º Clássico Derby Club - L). Campanha: Inédito.

GET REAL - Macho Alazão, nascido em 08/09/2009 PR, por Setembro Chove e Lady Be Special (USA) (Bering/ENG), criação e propriedade do Stud Chesapeake. Tr: A. Menegolo Neto. Sua mãe ganhou 2 corridas na Gávea. 13º produto. Irmão materno de 8 produtos estreados sendo 4 ganhadores: Increasing Profits (3 vitórias na Gávea; 3º Prova Especial João Vieira; 5º Clássico Ernani de Freitas - L); Power Special (Colocações na Gávea; 4ª Prova Especial Moacyr de Carvalho); Quality Special (2 vitória - Chateaubriant/FR e Cidade Jardim; 2º Clássico Criadores - L; UAE Oaks - L, Dubai; 3º GP. Presidente Guilherme Ellis - G3; 4ª Prix de Bologne - L, Chantilly/FR). Campanha: Inédito.

6º PÁREO

DUTCHESS - Fêmea Castanha, 15/09/2008 SP, por Choctaw Ridge (USA) e Harem Lady (Royal Academy/USA), criação do Haras Figueira do Lago e propriedade da TBS. Tr: G. Vogado. Sua mãe ganhou 1 corrida na Gávea. 2º produto. Irmã materna de: Caribenho (1 vitória em Cidade Jardim). Campanha: 1 vitória em Cidade Jardim e 2 colocações (5ª) em 6 apresentações. Última atuação relatada: (5ª/5) em 04/02/2012 - 1200M/A para 1’:10”:6 a 15 e ¾ corpos em Cidade Jardim - Produtos de 3 anos até 1 vitória.

8º PÁREO

DIA AZUL - Macho Castanho, nascido em 17/09/2006 PR, por Booming (FR) e Estrela Brilhante (Exile King/USA), criação do Haras Dar-El-Salam e propriedade do Stud H. D.. Tr: D. Antunes. Sua mãe obteve 1 vitória na Gávea. 3º produto. Irmão materno de 2 produtos estreados sendo 1 ganhador. Campanha: Inédito.

ARTIC ICE - Macho Castanho, nascido em 23/08/2007 SP, por Choctaw Ridge (USA) e Anna Cisei (Shudanz/USA), criação do Haras San Francesco e propriedade do Stud Joaquin & Emiliano. Tr: D. Vieira. Sua mãe ganhou 5 corridas em Cidade Jardim; 1ª GP. Hernani Azevedo Silva - G2; GP. Luiz Fernando Cirne Lima - G3; 3ª GP. Presidente Fábio da Silva Prado - G3; 4ª GP. OSAF/PSC - G1. 1º produto. Irmão materno de 1 produto estreado. Campanha: 1 vitória na Gávea e 5 colocações (3º/4º-2 vezes/5º-2 vezes) em 15 apresentações; 4º Prova Especial Criolan. Última atuação relatada: (6º/9) em 18/02/2012 - 1400M/G para 1’:22”:7 a 6 e ½ corpos na Gávea - Produtos de 4 anos sem mais de 1 vitória na Gávea ou em Cidade Jardim - Claiming Cat. I.

KISOKO - Macho Castanho, nascido em 01/10/2007 SC, por Giant Gentleman (USA) e Pretty Dark (Baronius), criação do Haras Santarém e propriedade do Haras Lanza’s Land. Tr: M. V. Lanza. Sua mãe obteve 3 vitórias na Gávea; 1ª Clássico Mário Jorge de Carvalho; 2ª Clássico Independência - L; 4ª GP. Carlos Telles da Rocha Faria - G1; 5ª GP. Zélia Gonzaga Peixoto de Castro - G1. 10º produto. Irmão materno de 7 produtos estreados sendo 5 ganhadores: Beckett’s Godot (5 vitórias na Gávea; 1º GP. José Buarque de Macedo - G3; 2º GP. Jockey Club Brasileiro - G1; 3º GP. Copa ABCPCC/Milha - G3; 4º GP. Presidente da República - G1). Campanha: Inédito.

9º PÁREO

CAAPUÃ - Macho Castanho, nascido em 04/09/2008 PR, por Fahim (ENG) e Yekaterina (Fast Gold/USA), criação do Palmerini e propriedade do Stud Medalhão Persa. Tr: M. F. Gusso. Sua mãe ganhou 1 corrida em Cidade Jardim. 1º produto. Campanha: Inédito.

Hoje, Leilão de Treinamento e Reprodução Pro Turfe

Nesta quarta-feira, dia 29, será realizado o Leilão de Treinamento e Reprodução Pro Turfe, a partir das 18h (primeiro produto será leiloado às 19h em ponto!) no Tattersall do Hipódromo de Cidade Jardim, São Paulo. Com transmissão da TV Turfe (RJ, PR e RGS, incluindo NET) e TV Jockey, por parabólica digital e internet: www.jockeysp.com.br.

Serão ofertados, entre outras ótimas oportunidades:

-O potro Ugo Thunder, do Haras FMS, encheu os olhos dos turfistas ao tirar quatro corpos de filhos de Val Royal e etc, finalizando com um ótimo place, logo em sua estreia, quando foi prejudicado. Agora a caminho da campanha clássica, podendo ser um novo Desejado Thunder.

-O versátil Quick Step (areia e grama, dos 1.000m aos 2.000m) obteve um bom terceiro lugar para Vulcano Danz e Pimentinha Friend.

-A ligeiríssima potranca Sutache obteve bom place (o terceiro de sua campanha de atuações, inclusive para a líder Star Magic e para a clássica Xastrid Halo). NUNCA NINGUEM CORREU NA SUA FRENTE!

-Um grupo de cocheiras completa com 30 boxes, na Vila hípica, nº 76, no Jockey Club de São Paulo.

-O promissor potro Tambaqui; o corredor dos 1.300m aos 2.400m Céu da Guanabara; o raçudo Mouton, os lotes do líder Nova República, dentre os quais, Sutache, King Of Dream, Olympic Million e Espectro Solar (ARG), que finalizaram em segundo em suas últimas apresentações.

Logo após o Treinamento, entrarão os 111 produtos nascidos em 2011, filhos de Refuse To Bend, Shirocco, Macho Man, Linngari, Vettori, Durban Thunder, Redattore, First American, Holzmeister e Bonapartiste. E ainda 25 reprodutoras, inclusive importadas, de Aluizio Ribeiro, Eternamente Rio, Old Friends, Newton Birskis, e todo plantel do Haras FMS/Angelo Santos (ex-Rosa do Sul), constituído por 25 animais.

Mais informações: Pro Turfe (11) 9977-2512

Dividida entre Samba e Pastor, Luiza Almeida tem até 30 de junho para escolher qual cavalo vai montar em Londres


borges_luciano às 17:10

Samba está com Luiza Almeida desde que a amazona de 20 anos começou no esporte Foto: Eládio Machado/Terra
Por Luciano Borges

Uma amazona dividida entre dois cavalos. Luiza Almeida tem até o dia 30 de junho para comunicar à Federação Equestre Internacional se vai montar Samba ou Pastor nos Jogos Olímpicos de Londres. A brasileira de 20 anos anda com o coração balançando.

Samba é um cavalo com que Luiza forma conjunto desde que começou a carreira no adestramento. Foi com ele, que a jovem amazona conquistou a maioria dos pontos que lhe deram a vaga na Olimpíada de Londres. “Ele quer muito ir para Londres. Está muito mais competitivo”, disse.

O problema é que Pastor, um cavalo lusitano que foi dado de presente à Luiza pelo pai dela, o empresário Manuel Tavares de Almeida, tem um perfil mais favorável à prova. “O porte dele é mais adequado. É maior tem porte”, afirmou.

De um lado, o parceiro de longa data, que ajudou a amazona a ganhar bronze no Pan do Rio 2007 e foi com ela aos Jogos de Pequim em 2008. De outro, um animal tranquilo que vem sendo montado há um ano e já participou dos Jogos Panamericanos de Guadalajara, quando o conjunto Luiza/Pastor terminou em oitavo lugar.

No ultimo domingo, no Clube Hípico Santo Amaro, Luiza montou os dois animais, um em cada sessão do torneio. Pontuou o suficiente para conseguir a única vaga da América Latina nos Jogos de Londres. Desde o dia 1 de março de 2011, os cavaleiros participaram de seis provas, divividas em duas sessões que valiam pontos.


Com Pastor, que Luiza Almeida ganhou há um ano, o conjunto disputou os Jogos Panamericanos de Guadalajara Foto: Reinaldo Marques / Terra
Em São Paulo, Luiza brigou pela vaga contra o irmão Pedro Almeida. Levou a melhor. Em Pequim, ela se tornou na amazona mais jovem a disputer uma Olimpíada. Terminou na 40ª colocação. Agora, tem como objetivo chegar à semifinal num grupo de 25 conjuntos.

A partir de abril, ela viaja para Hamburgo, na Alemanha, e leva Samba e Pastor com ela. Serão treinos em tempo integral e competições na Europa, prioritariamente com o cavalo mais novo. “Preciso de mais tempo com ele”, afirmou.

Parece estranho para quem não vive no mundo hípico, mas esta relação quase pessoal entre Luiza Almeida e os cavalos é muito séria. Adestramento é conjunto. Com Samba, a amazona sabe até como anda o humor do cavalo. “Se ele está deitado na baia é porque está com muita preguiça. Quando chego perto da baia, ela já sai. Tenho um assobio que o Samba reconhece”, disse.

Com Pastor, Luiz já percebe algumas dicas: “Ele é um cavalo tranquilo. Mas quando relincha muito é porque ele quer se movimentar”, disse.

Hoje, o coração da amazona pende mais para Samba. “Me sinto meio traidora. Dói muito tomar esta decisão. Tadinho do Samba”, fala já dando a pista de que Pastor deverá mesmo ir com ela para a Inglaterra.

O treinador alemão Dolf Keller vai orientar a brasileira nesta etapa que começa em Hamburgo. Normalmente, ele vem ao Brasil a cada dois meses. Ele pode influenciar na escolha do cavalo que Luiza vai montar na Olimpíada.

Por enquanto, Samba e Pastor ficam em São Paulo, em baias vizinhas no Clube Hípico. Eles tem uma convivência quase tranquila. “De vez em quando o Samba fica invocado. Todo baixinho é mais bravo mesmo”, disse Luiz Almeida em tom de brincadeira.


transc. da Coluna O Boleiro por Luciano Borges
borgesluciano.blog.terra.com.br

Sobral, Sergio neves pagara premios


Estivemos hoje no ponto da pizza em companhia do presidente Sergio Neves(derby club), onde ouvimos declaracoes do mesmo que pagara todos os premios o mais rapido possivel, pois o mesmo so estaria aguardando o levantamento da divida pelo tesoureiro Regis Ibiapina, pois a subvençao oriunda da prefeitura em colaboraçao ao aniversario da nossa princeza do norte , ja estaria em caixa so aguardando tal feito.

Diante das suas declaraçoes o mesmo se sente ofendido pela falta de apoio a sua administraçao pois duvida da proxima administraçao na qual tornara muito dificil a obtençao de varios exemplares de puro sangue ingles para a proxima temporada turfistica.

Transcrito - enio10.blogspot.com

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Put it Back e Gilded Time em evidência na Flórida



Um resultado, em especial, envolveu dois garanhões com recentes passagens pela criação brasileira. O fato ocorreu no último sábado, no Davona Dale Stakes (Grupo II), em 1.700 metros, areia, para potrancas de 3 anos, em Gulfstream Park, na Flórida.

A vitória ficou com Yara, sob a tocada de Jesus Lopez Castanon, surpreendendo às mais visadas e cruzando o disco um pescoço à frente de Grace Hall. Captivating Lass foi a terceira colocada.

A defensora de Peras International, criada pela Brambly Lane Farm & Steve Dwoskin e treinada por Jose Garoffalo, assinalou 1:43.40.

Yara é filha de Put It Back (Honour And Glory) em mãe Gilded Time (Timeless Moment), ambos reprodutores de resultados clássicos na criação brasileira.

por Victor Corrêa


Australiana fica três horas na lama tentando salvar cavalo preso
Nicole tentava acalmar o cavalo Uma mulher ficou por trê horas na lama, tentando acalmar o cavalo que estava preso em uma praia em Melborne, na Austrália. Nicole Graham passou o tempo inteiro tentando manter a cabeça de Astro alta, para que ele não se afogasse. O animal de quase 500 quilos corria o risco de se afogar, já que a água do mar estava chegando ao local onde ele estava preso. Astro estava passeando com Nicole e a filha dela, quando caiu na lama de repente. Antes que a australiana pudesse alertar a filha, o pequeno cavalo da menina também ficou parcialmente preso. Nicole correu para ajudar a menina de 18 anos e o animal dela. Depois que levou os dois a um terreno firme, a australiana se arrastou na lama, para ajudar Astro. Mas todos os esforços livrar o animal daquela situação só o afundavam mais. Depois de três horas, uma equipe de resgate tirou o cavalo e Nicole da lama.
- Eu estava desesperada. Foi de cortar o coração, ver meu cavalo sofrendo e lutando para sair dali - disse a australiana, que possui mais de 10 cavalos e trabalha com odontologia equina. De acordo com informações do jornal “Daily Mail”, Nicole passeia por aquele local há 20 anos e nunca havia percebido que era tão pantanoso, antes do sufoco que passou com Astro. - Era como se fosse areia movediça. Eu fiquei tão aliviada quando vi os bombeiros chegando, porque estava começando a ficar muito cansada. Para puxar o cavalo, a equipe de resgate precisou de um trator, emprestado em uma fazenda perto da praia, assim como uma equipe de veterinários cedida pelo agricultor. Um helicóptero também estava à disposição, como último recurso para tirar Astro da lama. O cavalo foi sedado, antes de ser içado pelo trator. O animal escapou da situação um pouco desidratado, mais ainda assim bem de saúde. Transcrito do Site do Jornal Extra do dia 28/02/2012 Site Raia Leve
Mudança de data do GP Princesa do Sul
O G. P. Princesa do Sul, um dos maiores do interior do Brasil, teve de ser adiado. Este que seria realizado no dia 11 de março foi transferido para 1º de abril de 2012. Como de costume, as festividades começarão no dia anterior, 31 de março e se prolongarão até o domingo (01/04). Este ano, o Jockey Club de Pelotas terá o imenso prazer de ter o nome do G. P. Princesa do Sul em homenagem ao bicentenário da cidade de Pelotas. Diretoria do Jockey Club de Pelotas

Velocistas da América foi de Trinca Ferro


Trinca Ferro foi o Campeão do Grande Prêmio Velocistas da América 2012 corrido nesta segunda feira no Jockey Club Carazinhense.
Trinca Ferro um filho de Spring Halo em Capixaba, Criação do "espetacular" Haras Ponta Porã, Propriedade da Parceria Nelson Loures, Luiz Schneider, Fernando Triches e Jean Schneider. foi levado pelas mãos de A. Santos e apresentado "10" pela Dona Marlei Deleaste.
Parabéns a toda equipe da parceria.

Roberto Albert ganhador do Clássico Roberto Alberto 2011


O Clássico Câmara Municipal de São Paulo 2011, 1400 Metros - Pista de Areia - marcou facilima vitória de Roberto Alberto.

Filiação - First American em Louquinhaporti
Criador - Haras Fronteira Parceria Agro Pecuária
Proprietário - Sr. Carlos Alberto N. Platzeck.
Jockey - Vágner Leal
Treinador - Acedenir Gulart
Campanha - 9 vitórias em 34 carreiras.