Jeane Alves

Jeane Alves
Vitória de G 1 com Equitana

sábado, 5 de janeiro de 2013

Added: Pré-inscritos no GP Prefeitura da Cidade do RJ - Jockey Club Brasileiro

Added: Pré-inscritos no GP Prefeitura da Cidade do RJ - Jockey Club Brasileiro

Addeds confirmados para as preparatórias da I Etapa da Triplice Coroa - Jockey Club Brasileiro

Addeds confirmados para as preparatórias da I Etapa da Triplice Coroa - Jockey Club Brasileiro

SP: Viuva Rica estreia com vitória fácil na P.E. Eleutério Prado - Jockey Club Brasileiro

SP: Viuva Rica estreia com vitória fácil na P.E. Eleutério Prado - Jockey Club Brasileiro

Amazing Speed, do Stud TNT, brilha na P.E.Nuvem - Jockey Club Brasileiro

Amazing Speed, do Stud TNT, brilha na P.E.Nuvem - Jockey Club Brasileiro

Gary Stevens volta às pistas - Jockey Club Brasileiro

Gary Stevens volta às pistas - Jockey Club Brasileiro

Talvez! o primeiro Tríplice Coroado do turfe carioca - Jockey Club Brasileiro

Talvez! o primeiro Tríplice Coroado do turfe carioca - Jockey Club Brasileiro

O Festival Ramirez no domingo - Jockey Club Brasileiro

O Festival Ramirez no domingo - Jockey Club Brasileiro

Anunciados hoje os finalistas dos Eclipse Awards de 2012 - Jockey Club Brasileiro

Anunciados hoje os finalistas dos Eclipse Awards de 2012 - Jockey Club Brasileiro

Jockey Club Cearense

ai esta o novo Hipódromo do nosso querido Ceará, sensacional

Age Beautiful - H Fernandes - Grande Prêmio Salgado Filho - Grupo II

Age Beautiful - H Fernandes - Grande Prêmio Salgado Filho - Grupo I

Show de Criação

por Juan Lopez

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

LEILÃO DO HARAS PONTA PORÃ É DIA 26

IMPERDIVEL LEILAO DO HARAS PONTA PORÃ E CONVIDADOS DIA 26 DE JANEIRO DE 2013 JOCKEY CLUB DE PONTA PORA-MS

Arnaldo e Manacor, Grande Prêmio Paraná 1975, História do Turfe Brasileiro

Arnaldo e Manacor, Grande Prêmio Paraná 1975, História do Turfe Brasileiro

Show

por Iurie Belegurschi

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

O otimismo é o perfume da vida. Feliz Ano Novo.

Galopa a vida velozmente desde o amanhecer até o poente. Passa mais um ano no calendário dos mortais. Luzes no horizonte, fogos e festas. Vamos aproveitar o tempo que nos é concedido. Somos o bem que fazemos. A benção da vida é superar toda ferida. Ser mais forte do que as dificuldades, seguir em frente. O otimismo é o perfume da vida. Feliz Ano Novo. RG

Quarto de Milha, criador envolvido com Trabalho Escravo

...integrante da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha entrou na lista. Ademir Furuya, proprietário da Fazenda Araponga e admirador de cavalos, acabou responsabilizado pelo flagrante de escravidão na produção de carvão vegetal em sua fazenda no município de São Miguel do Araguaia (GO). Na fiscalização foram encontrados trabalhadores dormindo dentro dos fornos de produção de carvão. O auditor-fiscal Roberto Mendes, que coordenou a inspeção trabalhista resultante na inclusão de Ademir Furuya na lista suja, chamou a atenção para a gravidade das condições a que os trabalhadores estavam submetidos. “É, sem dúvida, a pior situação que eu já encontrei em vários anos de trabalho atuando nesse tipo de ação de combate ao trabalho escravo”. publicado em http://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br

Cavalo Show


WAR ADMIRAL, HISTÓRIA DO TURFE

WAR ADMIRAL, HISTÓRIA DO TURFE

Albenzio Barroso - Heracleon

História do Turfe - Albenzio Barroso - Heracleon.jpg

Jet Craque Brasileiro

Jet Craque Brasileiro em Haras Russo onde atua como reprodutor.

Os aprendizes e a Escola por Milton Lodi

Habitualmente aos sábados e domingos, os Jockeys Clubs do Rio e de São Paulo promovem pela televisão um programa de informações e palpites para os programas daqueles dias. O do Rio leva 45 minutos, e o de São Paulo, mais completo e com informações até do exterior e, ainda, recebendo contatos de telespectadores. Tem 1 hora de duração. Foi em um desses programas que uma telespectadora se manifestou, chamando de “machista” a Comissão de Corridas por ter ela diminuído de 2 para 1Kg a descarga das joquetas. Alguns minutos depois, um conhecido proprietário de cavalos se manifestou, dizendo que só no Brasil há essa anomalia das mulheres levarem vantagem de peso dos homens.
Muitos aspectos desse assunto suscitam diversos enfoques. Em todas as atividades hípicas, sejam corridas, saltos, adestramentos, a disputa é sempre entendida entre os animais, e homens e mulheres, isto é, jóqueis e joquetas, correm de igual para igual, de acordo com as suas qualidades e técnicas. Só no Brasil há essa diferença nos pesos, inventada em função promocional. Os 2Kg de diferença eram demasiados, e no meu entender, a ser mantida uma vantagem de 1Kg para as mulheres, ela só deveria haver depois da fase de aprendizado, isto é, como aprendiz zero de vantagem e quem sabe 1Kg para as joquetas a título promocional, e olhe lá. Está na memória de todos, a enorme vantagem que levava a joqueta carioca Marcelle Martins, 6Kg quando aprendiz de 4ª, chegando a levá-la, como aprendiz, a ganhar até 4 páreos em um só programa de corridas, montando em quase todos os páreos, e chegando até ao topo da estatística geral dos jóqueis, e chegou à realidade, agora só levando 2Kg ou 1Kg, chegou ao seu devido lugar, o de uma boa joqueta, mas longe das altas esperas, passando a lutar, como a maioria dos jóqueis que não os astros, para ganhar um ou outro páreo. A minha opinião, como simples turfista, é de que, se é para dar alguma vantagem para as mulheres a título publicitário, só 1Kg e só depois de passar de aprendiz a joqueta. E quanto às categorias de aprendizes, 4Kg para os de 4ª (de zero a 5 vitórias), de 3ª de 6 a 20 vitórias, de 2ª de 21 a 45 vitórias e de 1ª de 36 a 50 vitórias, isso a contar da primeira corrida, com prazo limite de 2 anos a partir daí como aprendiz. Quem em 2 anos de atividades não consegue 50 vitórias, mesmo levando as vantagens de peso, ou passa a jóquei, a redeador ou muda de profissão, pois a Escola de Jóqueis, mais conhecida como Escola de Aprendizes, dá estudos, casa, comida, professores, instrutores, amparo médico inclusive com controle de alimentação, enfim, coloca à disposição dos aprendizes uma assistência muito especial. E, os meninos têm que corresponder, isto é, têm que estudar sob pena de, não obtendo notas satisfatórias nos estudos, serem suspensos. O Jockey Club Brasileiro dá o que pode, mas além da técnica de montar, os meninos têm que aprender a serem homens de bem, com um possível padrão de instrução. A Escola de Jóqueis é, antes e mais nada, uma escola de formação de caráter e de profissão. Aqueles que não quiserem estudar, não são obrigados a ficar na Escola de Jóqueis gozando das vantagens, que além de gratuitas, são importantíssimas para a formação de meninos em bons homens e profissionais competentes. Para não se enquadrar nas normas e regulamentos, basta desligar-se espontaneamente da Escola, solicitar matrícula no Jockey Club Brasileiro ou em outro clube promotor de corridas e, passar a pagar do próprio bolso as suas despesas. Aluno da Escola tem que estudar, e se não alcançar, pelo menos, as notas mínimas determinadas, tem que ser impedido de montar até que se enquadre na realidade. Eu sei que não é fácil para um menino que apesar de ainda inculto e despreparado para a vida, mas que por seus pendores técnicos já está ganhando dinheiro na profissão, ter que se submeter aos ditames da Escola. Mas não há o que discutir em relevar deslizes regulamentares. Ou o menino se enquadra, estuda e tira notas adequadas, ou fica suspenso, impedido pela Escola da assinatura de compromissos de montaria, pelo prazo que for entendido como conveniente. Só assim, com o rigor de um bom colégio, é que os meninos-aprendizes podem se transformar em homens-jóqueis. A responsabilidade do Jockey Club Brasileiro e de outras eventuais Escolas de Jóqueis, é maior do que se pensa. Há uma obrigatoriedade de formar bons cidadãos e competentes jóqueis, e o dinheiro do clube nesse setor, assim como em todos os outros, tem que ser bem aplicado. Um menino ignorante e deseducado, vamos dizer assim, tem oportunidade ímpar de preparar-se para a profissão, mas não basta montar bem, a Escola de Jóqueis não é um simples curso profissionalizante, é um colégio instrutivo, educativo, formador de bons cidadãos, e que também custeia aqueles que podem vir a serem bons profissionais. A Escola tem que agir com rigor, quem por ignorância ou burrice não aceita os seus ditames, tem que ser impedido de montar e quem não estiver satisfeito que saia da Escola espontaneamente. A Escola não é uma prisão, mas tem regras e normas que têm que ser respeitadas. Um dia, aqueles jóqueis que se formaram pela Escola, certamente, vão agradecer o rigor a que tiveram que se submeter.

domingo, 30 de dezembro de 2012

Páreo do Pirú

nesta segunda, dia 31/12, as 10,30 horas no Jockey Club Pernambucano, Hioódromo da Madalena, o Turfe mais alegre do Brasil promove o PÁREO DO PIRÚ, imperdível

A R Napravnik

A R Napravnik

SECRETARIAT

SECRETARIAT

Show de Foto

por Prayer Of The Horse

O desejo

"O desejo que nós - seres humanos - temos de amar é infinito, precisamente pq amamos a nós mesmos com um amor sem limites. O ser vivo ama a si mesmo , jamais cessa de desejar para si o bem.E desejá-lo sem limites.Este bem não é outro senão o prazer.Mas, qualquer prazer,conquanto grande ou real, possui limites.O prazer verdadeiro é sempre inferior ao desejo.Quando os seres humanos conquistam algo, visto que, em essência, se amam sem limites,este algo mais igualmente não lhes basta.
O prazer é sempre passado ou futuro, jamais presente.Da mesma forma que a felicidade é sempre alheia. Não pertence a ninguém. Ou sempre é condicionada e jamais absoluta. A Felicidade ou é Lembrança ou é Esperança. " Leopardi

O Cavalo de Leonardo Da Vinci

San Siro, em Milão, é onde se disputa a carreira mais importante da Itália, o Gran Premio di Milano-Grupo 1, prova já vencida por Ribot e Nearco, para citarmos apenas dois “monstros sagrados”. O grande destaque do hipódromo é aquela que é a maior estátua equestre do mundo, o chamado “cavalo de Leonardo”, uma homenagem a Da Vinci concluída há pouco mais de 10 anos, a partir de um projeto dele de 1482. Com mais de 7 metros de altura, 9 de comprimento e 15 toneladas, é um monumento deveras impressionante, que faz jus à genialidade de seu autor.
O hipódromo de San Siro (nome de um santo cuja igreja ficava nos arredores) situa-se do outro lado da rua do estádio compartilhado pelos times da Inter de Milão e do A.C. Milan, 2 dos maiores clubes de futebol do mundo. Fica num bairro residencial, há cerca de 12 quilômetros dos muros medievais da cidade. por Mário Sérgio Silveira Márquez Jornmal do Turfe .......................