Jeane Alves

Jeane Alves
Vitória de G 1 com Equitana

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Sprinters Cup, entrevista do Veterinário Adriano Quadros



ENTREVISTA COM O VETERINÁRIO ADRIANO QUADROS, TITULAR DO HARAS SANTA TEREZA DO BOM RETIRO E COMANDANTE DA “SPRINTERS CUP”, A MAIS NOVA PROMOÇÃO DO TURFE NACIONAL.



JT- O que é exatamente a Sprinters Cup?
AQ- É uma espécie de Breeders’ Cup da velocidade. Um festival de 7 grandes leilões em 2012 e 4 provas envolvendo os potros destes leilões no 1º semestre de 2013, tudo aberto a todos os criadores das Américas, e que oferecerá a maior premiação do continente: 1 milhão de reais.

JT- Quem são os responsáveis pela realização da Sprinters Cup?
AQ- Um grupo de criadores e proprietários ligados as provas da cancha reta está unindo forças para levar adiante este audacioso e inovador projeto. Os agropecuaristas Gabriel Lottici (Haras Nijú), Paulo Vargas Marinho (Haras J.G.), Lauro Begrow Filho (Haras Evany), João Carlos “Chico” Vendruscolo (Agropecuária São Carlos Ltda), Joicemar Piegas e Rony Carvalho (Haras Fazenda Capeaty), eu e a Agência TBS.

JT- Quais são os objetivos da Sprinters Cup?
AQ- Primeiramente estimular criadores, proprietários e profissionais através de 4 provas com as mais altas dotações já disputadas na América do Sul em provas de velocidade. Com a realização da 4ª e última prova, na grama e em São Paulo ou Rio, também pretendemos criar uma identificação maior entre o turfe da cancha reta e o de prado. Achamos que esta união fará ambos mais fortes. Finalmente, um projeto de marketing agressivo e em 3 idiomas buscará atrair compradores de outros países para os nossos 7 leilões anuais.

JT- Por que o folder da Sprinters Cup é em 3 idiomas?
AQ- Porque iremos divulgar os leilões e as corridas não apenas no Brasil, mas na Argentina, Uruguai, Chile, Paraguai e Bolívia (um forte mercado da raça Quarto de Milha e que começa a se interessar pelos PSIs de velocidade), nos Estados Unidos e Canadá, e em diversos outros países.

JT- Você acha que criadores de fora poderão participar da Sprinters Cup?
AQ- Sim, com certeza, bem como proprietários e profissionais também. Estive na Argentina este ano e quando expus o projeto, ainda que apenas verbalmente, os criadores e proprietários com que falei me disseram que tinham interesse em vender e comprar nestes leilões. Também nos fortalece o fato de termos associados na Sprinters Cup alguns dos maiores compradores do mercado de velocidade, ou seja: é um grande congraçamento deste segmento.

JT- Como funciona a Sprinters Cup?
AQ- Funciona da seguinte maneira: realizaremos ao longo de 2012 um total de 7 leilões, todos com a chancela “Sprinters Cup”. Dois deles (Sprint Sales em Carazinho e Berço dos Velocistas em Curitiba) já existem e são os maios famosos leilões de velocidade do Brasil, tendo vendido campeões de todas as pencas nacionais e ganhadores de Grupo 1. Os outros 5 leilões serão realizados em Tupanciretã, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e São Borja. Nossa meta é reunir 250 potros nestes 7 leilões, e como ainda nem lançamos todo o material da Sprinters Cup no mercado e já temos 147 inscrições, acredito que a Sprinters Cup será um grande sucesso.

JT- Em leilões do tipo “penca fechada” a inscrição geralmente não é barata. Quanto custa participar da Sprinters Cup?
AQ- Este é um dos nossos pontos fortes, mais um diferencial que temos. Desenvolvemos um projeto onde por apenas 1 mil reais de “added” o criador inscreve seu potro no Festival, ganha direito de participar de 1 ou mais leilões e de todas as 4 provas milionárias no ano seguinte. E com um detalhe: pela primeira vez na história das pencas o criador receberá um prêmio, e a bolsa ao criador na Sprinters Cup é simplesmente a mais alta da América do Sul: R$ 100.000,00, o mesmo valor aliás - 100 mil reais - que será destinado aos treinadores na Sprinters Cup, e que também é um recorde no continente.

JT- Como assim “de 1 ou mais leilões”?
AQ- Ah, sim: se o criador inscreve seu potro, por exemplo, em Carazinho, no Leilão Sprint Sales/Sprinters Cup em Fevereiro, que é o evento que abre a série, e o potro é defendido, ele pode reapresentar o mesmo potro em um ou mais dos outros 6 leilões Sprinters Cup que virão a seguir. E o potro já estará credenciado a disputar as 4 provas milionárias no ano seguinte. São até 7 chances de vender e com o credenciamento garantido o potro já entra no mercado apto a disputar 1 milhão de reais já na 1ª campanha aos 2 anos. Claro que isso atrairá todos os compradores.

JT- E o custo de added para o comprador?
AQ- O comprador pagará 3 mil reais de “added único”, também com direito de disputar todas as 4 provas com este único pagamento. Em termos de custo x benefício de “added”, não existe nada mais competitivo, nem na cancha reta nem no prado.

JT- Como será a divulgação da Sprinters Cup?
AQ- Nosso folder em Português, Inglês e Espanhol já está sendo distribuído em larga escala. Estamos produzindo um cartaz muito bonito que será distribuído em todas as canchas retas. O festival terá ampla divulgação na TV, sites e outros veículos, e também será muito bem trabalhado fora do Brasil. Um de nossos objetivos mais importantes é atrair compradores estrangeiros, esta é uma das razões pelas quais a TBS está ao nosso lado neste grande projeto.

JT- A Adena Springs, maior criador americano, está com vocês neste festival?
AQ- Sim, eles acreditaram no projeto que a TBS enviou e irão participar do patrocínio do marketing e da mídia da Sprinters Cup. É sensacional termos ao nosso lado um parceiro internacional do porte da Adena Springs, e ainda possivelmente teremos outros patrocinadores, inclusive uma multinacional que deverá poderá agregar uma bolsa extra às provas em 2013, tornando-as ainda mais expressivas.

JT- Em síntese, são 7 leilões e 4 provas?
AQ- Exato. Os leilões serão em Fevereiro, Abril, Maio, Junho, Julho, Setembro e Novembro de 2012, e as provas em Fevereiro, Abril, Junho e Setembro de 2013. As carreiras são denominadas Sprinters Cup Gold, Silver, Bronze e Diamond - esta última em 800 metros na grama, em São Paulo e/ou no Rio. Estes espaçamentos possibilitam ao criador planejar melhor onde deve colocar seus potros. Os mais bem-nascidos podem ser leiloados mais cedo, e os mais tardios, depois. Nós e a TBS inclusive poderemos orientar os vendedores que assim desejem, sugerindo em que praça e em que época deve ser melhor para vender cada potro. Assim como os custos e as taxas, tudo é bem transparente na Sprinters Cup.

JT- Como um criador deve fazer para participar dos eventos ou ter mais informações sobre a Sprinters Cup?
AQ- Como eu disse, todos os criadores serão muito bem-vindos à Sprinters Cup. Basta entrar em contato conosco ou com a agência TBS, que lhes serão prestadas todas as informações. Aproveito a oportunidade para agradecer o importante apoio e para deixar o convite aberto a todos os criadores que possuam produtos de velocidade da Geração 2010 e que queiram vendê-los ou apenas credenciá-los a fazer parte deste festival.

JT- Você disse “apenas credenciá-los”?
AQ- Sim. Alguns criadores que não queiram vender seus potros, ou mesmo proprietários que os compraram desmamados ou recriaram, também podem credenciar seus produtos para disputar as 4 provas milionárias, bastando apresentá-los num dos nossos leilões e quitar o “added”. Assim, mesmo potros reservados ou cujos donos queiram mantê-los em corrida poderão participar das provas, desde que sejam apresentados num dos Leilões Sprinters Cup.

transc. Jornal do Turfe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário